quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Meu último post


Sempre deixei claro aqui que sou apaixonada pelo futebol. 
O jogo pelo jogo, a torcida, o campo, a alegria e a tristeza da vitória e da derrota. 
A paixão incondicional.
O futebol mudou, e eu não.
Sendo assim, a minha relação com o Clube Avaí vem me magoando muito.
Eu estou me deixando magoar.
E não quero e não vou deixar que a minha paixão, seja arrancada do peito.
Errei por duas vezes com relação a minha relação com o Clube: quando pensei que seria bom ajudar o Clube mais proximamente, sendo Conselheira. Deixei o Conselho no início de 2010 e retornei no meio de 2011.
Que grande e descomunal erro eu cometi comigo.
Outro erro meu: quando iniciei esse Blog, foi com a real intenção de escrever somente textos apaixonados, que refletissem a alma de todos nós torcedores.
Antes o Blog se chamava Matagato e Tullo. Uma homenagem ao meu pai goleiro avaiano e ao mestre dos blogueiros, o maestro Tullo Cavallazzi.
Escrever sobre os jogos, a torcida, a bola, o campo, as brincadeiras com o rival. 
Foi assim no começo.
Jogando a terceira, a segunda divisão do brasileiro, qualquer divisão meu orgulho de ser avaiana alicerça minha paixão. 
Eu amava escrever aqui, eu tinha prazer em encontrar os blogueiros antes dos jogos. Conversar abertamente sobre as coisas do nosso time.
Mas de repente... Meus textos se transformam em apontar problemas, buscar soluções e eu mesmo quase vesti uma cartola. 
Meus post deixaram de ser sobre o time, sobre o jogo e passaram a falar do Clube.
Volto a repetir, tudo isso por minha culpa.
Meti minha colher onde não tinha estrutura psicológica para meter.
Eu gosto é de ser torcedora, eu gosto é de ser avaiana, eu gosto é de gostar.
Estou me chateando, me incomodando, perdendo o sono, me stressando. Entregando um bom tempo de todos os meus dias por fazer parte de um Conselho, onde descobri que sou tão pequena. E este fazer parte, interferiu necessariamente no meu blog. Mi senti responsável por comunicar coisas do Clube ao torcedor e alguns dos meus leitores, passaram a me cobrar ser sempre A Conselheira. Não gosto e não quero! Eu quero ser somente torcedora.
Por isso afirmo em confissão: errei, errei sozinha! 
Estou me magoando também ao entregar um bom tempo dos meus dias para escrever textos nesse blog aonde não encontro mais paixão nas letras que vão pingando do teclado.
Como mudou o nosso Clube, como mudou a blog esfera avaiana.

Eu decidi manter a minha paixão pelo Avaí, pelo jogo de futebol.
Eu escolho a paixão do singular no meio de tantos plurais.
Vou ser o que gosto com relação ao futebol.
Eu escolho ser o que sempre fui desde pequenininha: Torcedora.
Com relação ao futebol não quero e não vou crescer.
Quero ter sempre 8 aninhos.
Eu preciso manter em meu coração, em meu DNA um pedacinho imaculado da minha infância.
Esse pedacinho que sempre que olho pra dentro de mim, descubro que sou eu inteira.
Hoje escrevo meu ultimo post no DNAzul.
Domingo, o mais tardar, saiu para sempre deste atual Conselho.
Não aprendi a conviver num mundo virtual.
Quando fui educada ele não existia.

Agradeço de coração, a todos(as) que compartilharam comigo esse Blog.
Saibam que aprendi muito com todos vocês.



terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sim sou muito louca..


Nada nem ninguém irá arrancar essa louca paixão infantil do meu peito. 
Eu sou torcedora do Avaí. 
Eu amo esse jogo.
"Sim sou muito louco, não vou me curar
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz."

Clássico é clássico, istepô!



Sem perder o bom humor e o amigo. Clássico é clássico!

DNAzul tem chapa sim!



Esta é a chapa do meu blog, da minha alma, do meu coração, do meu sangue: meu DNA.
As cores são sempre só duas: Azul e Branca
O Clube é nosso.
Os textos são meus.
A postura no Conselho é minha.
Respondo pelos dois.
Já o meu DNA é pura paixão. 
Não respondo por mim. Enlouqueço!

Documento entregue e Novos Planos

Na reunião encerrada agora do Conselho Deliberativo o Presidente Nereu acusou o recebimento do documento elaborado pelo André Tarnowsky e protocolado na secretaria do Clube. O Presidente Nereu vai encaminhar o documento a direção do Clube para que a mesma responda ao documento e disponibilize a documentação pedida no mesmo. Isso foi uma vitória do torcedor, que terá todos os esclarecimentos respondidos pela direção do seu Clube. Agora a resposta será oficial. 
Para ler o documento que cito acima e foi por mim assinado e mais 3 conselheiros, clique aqui.
Foi aprovado o novo Plano de Sócios.
Como sei que houve um "buxixo" na rede (e olha que ainda estava ocorrendo a reunião e já tinha "conselheiro" tuitando coisas sobre a minha postura na reunião), esclareço que primeiro votei para que o Plano não entrasse em votação antes que o Conselho pudesse estudar os novos valores. Mas foi aprovado a votação nessa reunião.
Elogiei sim, o trabalho feito pelos jovens que agora estão a frente do Marketing do Clube, o Cláudio Vicente, Carlos Bonatelli e o Thiago Pravatto pela apresentação dos novos valores e pelo trabalho desenvolvido por essa equipe, que a muito tempo estava tentando sensibilizar a direção do Clube por um novo Plano, e porque em 2010 o Plano Sócio Coração foi um erro e naquela reunião fui contra a sua aprovação.
Eu não votei a favor da Direção do Clube, eu votei a favor do novo Plano porque seus valores são mais reais do que o anterior, e também porque não sou contra por ser contra, sou contra quando acho que devo ser, e também por ser o último dia para se apreciar um novo plano. Se esse não fosse aprovado, permaneceria o anterior. 
Ser contra e polemizar só porque está na moda, só porque agora está fácil criticar o Clube, é muito comodo. 
Eu com certeza me incomodaria muito menos se fosse conselheira "modinha", só comparecer as reuniões quando a pauta está na mídia, ou ainda, quando há votação. 
Tipo assim: vou lá, voto contra tudo e saiu na boa. "Sou o Cara!" 
Para né, não sou irresponsável!
Os novos Planos com redução em todos os setores( menos no setor A) e com a criação do sócio estudante e infantil, e muitas outras vantagens, está totalmente detalhado no site oficial do Clube. Para conhecer o Plano na integra, clique aqui.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sem sintonia, by Roberto Costa


"O aluguete Vasel recomendava ao Avaí dispensar seus melhores jogadores e encerrar o campeonato com seu time de juniores, recomendava é termo light, insistia, embebido em adrenalina. 

Só um mentecapto não perceberia a sua real intenção, o seu esforço em assegurar vitória do time do Lodêtti no jogo final. 

O Avaí não chegou ao extremos de colocar seus juniores, mas levou um time misto a Curitiba e perdeu. Então, estranhamente o Sales, também da CBN, botou pra criticar severamente o Avaí após o jogo, por não ter comparecido com sua força máxima. 
É complicado satisfazer esse pessoal.

No fundo, o desejo era: força máxima em Curitiba e juniores no clássico. 

O Avaí parece que entendeu ao contrário. 

Esse Avaí faz 'cosa!"

Sempre pelo torcedor e com o torcedor

Esse ano incentivei e fui no treino do Mil e por duas vezes, incentivei a ida ao aeroporto. Fui nas duas.Viajei com a torcida para Porto Alegre para assistir Inter x Avai. 
E desde que voltei ao conselho esse ano, não faltei a nenhuma reunião. 
Acho legal o sócio se encontrar e ficar na Toca acompanhando de perto as coisas que seus representantes discutem na reunião. De forma ordeira, só pode fazer bem.
Sempre pelo Clube e com o Clube, porque o Clube somos nós. Sendo assim:


domingo, 27 de novembro de 2011

Em campo não temos novidade

Perdemos o jogo para o Coritiba.
Fabiano, Fernandinho e Neguinho foram expulsos.
No mais, vou me poupar e poupar vocês.
Nada de novo pra escrever.






Sem perguntas não há respostas


A reunião de amanhã tem na pauta um item de enorme importância para os torcedores avaianos, o novo Plano de Sócios.  Valor que espelhe a realidade sócio-econômica em todos os setores da Ressacada é o primeiro passo para um Avaí próximo da sua torcida.
Um importante e necessário primeiro passo.

O segundo passa necessariamente pela ligação do conselho com os clamores vindo da torcida avaiana. O conselho precisa é deve criar a ponte entre sócios e o Clube, levar questionamentos, pedir respostas e esclarecimentos aos dirigentes.
Independente do documento que será entregue ao Presidente Nereu pelos sócios, e que eu assinei, deve partir do Conselho o pedido dos esclarecimentos e dos motivos que trouxeram o Avaí de volta a segunda divisão, não pela queda, mas pelas sombras sem vulto que muitos acreditam existir dentro da Ressacada.

O Conselho questionando e exigindo respostas, deixa transparente todas as insinuações, fofocas e vazamentos. Vem daí a preocupação da torcida. 
Notícias sem respostas, insinuações sem provas e parcerias sem rostos. 
O Conselho deve permitir ao Clube a possibilidade de clarear tudo. 
Se não agir assim, não tem mais moral nem ética para Deliberar nada em nome dos sócios que representa. Se a direção não explicar todo esse disque-me-disque que ronda a Ressacada desde 2010, tudo e todos podem e devem pensar o que quiser. Fica instituído o caos. No caos só vale a lei do mais forte. Cria-se a barbárie.
Quem não deve não teme.
Não existe um motivo, nem um motivo que impeça o Conselho de perguntar para ouvir respostas. Isso é dar crédito ao Clube e respaldar os anseios de todos os torcedores.
Quando alguém coloca o dedo onde não há ferida não sentimos nenhuma dor.
Se não há “feridas” no Clube, o "dedo" do Conselho descobrirá, e partimos todos juntos, para construír o ano de 2012. 
Se não perguntar nada, 2010 não irá ter fim. 
Eu vou perguntar!

Mofamos com a pomba na balaia

Mô quirido avaiano desassistido, a que ponto nóix cheguemu.
Eu ti pergunto:
- Tu vaix assistir Coxa x Avaí ou Time doladelá x Curintias?
Ein, ixtepô????
Mofamos com a pomba na balaia nesse brasileiro.
Espero que eles mofem também.
Que quadro triste!

sábado, 26 de novembro de 2011

Santa Catarina Futebol Clube



Kadu Reis, estudante de Jornalismo na UFSC, lançou na rede um blog onde vai opinar sobre tudo que está acontecendo com os Clubes de Santa Catarina. Como acredito que para exercer a profissão jornalista o diploma deve ser uma condição exigida, e que se renove a mídia local, estou divulgado esse blog.
Segue abaixo um post do Kadu sobre o clássico que irá acontecer na última rodada desse brasileirão:

Clássico:
Ter o último jogo do ano já estando rebaixado, dentro de casa contra o maior rival provavelmente não era algo que o Avaí planejava. Neste jogo, vejo uma condição determinante para o resultado: a torcida.

Se a torcida do Avaí comparecer ao jogo em peso, o time jogará com mais vontade. Coisa do futebol, coisa do Brasileirão, um time rebaixado pode acabar com o sonho de um que está lá em cima. O Figueira pode chegar lá, dependendo do resultado do jogo contra o Corinthians, quase dentro da Libertadores. O Leão, de casa cheia, poderia fazer algo histórico para a rivalidade e para a alegria de sua torcida.

Tirar a vaga do Figueira seria uma motivação gigantesca para a volta avaiana, e já dando o tom de quem vem com tudo para o Catarinense.

Mas, se a torcida do Avaí não aparecer e a Ressacada ficar alvinegra, o Figueirense tem tudo pra conseguir a conquista dentro da casa do rival, e fazer a festa. De sua alegria e do rival chegando ao fundo do poço.

“Jamais estarás só” diz a torcida do Leão, e a confirmação dessa máxima será muito importante para que o time caia com dignidade.

Para acessar o blog Santa Catarina Futebol Clube, é só clicar aqui.

O Coxa do "eraNosso" Capitão

Emerson. Ele nunca precisou nos falar sobre dignidade
.
O que escrever sobre o jogo contra o Coxa?
Se já estava difícil escrever sobre o nosso time quando havia esperança, imagina agora quando já fomos rebaixados e que o único desejo que nos resta nesse campeonato é vencer o Clássico?
Escrever sobre escalação?
Mi poupe! 
Dignidade?
A da torcida está intacta, não  mudou nada desde 1923.
Do lado avaiano, o único com interesse é Mauro Ovelha. Esse jogo vai, com certeza, mostrar alguma coisa ao nosso futuro técnico.
Claro, tem o Emerson jogando. 
O "eraNosso" digno Capitão:
'"Senhor capitão
tirai este peso
do meu coração
não é de tristeza, 
não é de aflição:
é só esperança, 
senhor capitão!
a leve esperança,
a área esperança...
área, pois não!
peso mais pesado
não existe não."
 Em 2010 Ele não deixou tirar a nossa esperança. Em 2011 Ele nos foi tirado.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Que se responda logo


Esta semana tenho lido diversas notícias na impressa sobre o nosso Clube.
Arini, Presidente Zunino, Lincoln, William, Fernandinho, Diogo Orlando, Romano e mais alguns estão na mídia. 
Uns desmentindo fatos, outros se transformando em bomba de uma Hiroshima cercada de água por todos os lados. E mais uns tantos, dizendo que irão jogar os dois últimos jogos com dignidade.
Diante de tantas notícias bombásticas; de declarações de dignidade; de travestidos desmentidos e convertidos; de vazamentos e mentiras que sangram num buraco negro; de palavras proferidas por falastrões e de alguns silêncios, respondo com duas frases (ambas servem tanto aos falastrões quanto aos silenciosos ou silenciados):
"A verdade se corrompe tanto com a mentira como com o silêncio."                             
"A honestidade é uma cor delicada, que teme o ar."

Até que ponto permitir que se escreva e fale por nós e sobre nós, e em silêncio nos deixar manipular, manusear?
Que se responda logo. 
Não se pode calar!
(88 anos nos espia e aponta seu dedo em riste para nós)

De encontro marcado

Tem coisa mais chata do que o brasileirão rolando e a gente não ter o que escrever sobre os jogos do nosso time?
Deprimente!
Porque antes do findar da competição nos arrancaram do peito a nossa condição de torcedor e  porque desde 2010, estamos avisando que o Clube perdeu o rumo.
Ficamos assim...esperando pelo Clássico e lutando por um rumo certo.
"De encontro marcado com nossos dias de glória."

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Romeu e Julieta

"O que há num simples nome? O que chamamos rosa com outro nome não teria igual perfume?"


Novo e singular blog na rede.
Romeu e Julieta.
Ele avaiano. Ela figueirense.
Adorei!!!



quarta-feira, 23 de novembro de 2011

"As Senhoras" e o dia vinte e oito


Quase não se fala mais sobre as virtudes. E acho sensato, principalmente nos momentos difíceis, lembrar sempre dessas "senhoras". 
Adoro ler. Tem um livro que considero o mais importante que já li.
Chama-se "Pequeno Tratado Das Grandes Virtudes", escrito pelo filósofo francês André Comte Sponville.  

“Ora, que livro é mais urgente, para cada um de nós, do que um tratado de moral? E o que é mais digno de interesse, na moral, do que as virtudes? O que é uma virtude? É uma força que age, ou que pode agir. Assim a virtude de uma planta e de um remédio, que é tratar, de uma faca, que é cortar, ou de um homem, que é querer e agir humanamente. Esses exemplos, que vêm dos gregos, dizem suficientemente o essencial: virtude é poder, mas poder específico.”

André Comte escreve sobre: a polidez, a fidelidade, a prudência, a temperança, a coragem, a justiça, a generosidade, a compaixão, a misericórdia, a gratidão, a humildade, a simplicidade, a tolerância, a pureza, a doçura, a boa-fé, o humor e o amor.

Como seria importante se todos tivessem acesso a esse livro. Ainda mais quando se vive tempos conturbados. Onde se faz necessário agir. 
O agir constrói a história dos homens, mas esse construir só será positivo se o homem que agiu é virtuoso. Basta ver na história do mundo o que acontece quando o agir vem de homens desprovidos das virtudes.
Prudência, temperança e humildade no agir, tornam o corajoso justo. Tudo isso precisa necessariamente ter na base a boa-fé e o amor, porque o generoso não se afasta dos seus e nem quer pra si. Quer e agi pelo outro. Por todos. Pela humanidade.

Dia 28, que nenhum de nós esqueça dessas 'Senhoras'.

Bola com os Conselhos - by Tarnowsky



"No Bom dia, Azurras! de terça-feira, havia comentado sobre uma "Visitinha ao CD", bem como em protocolar um requerimento expresso dirigido ao presidente do Conselho Deliberativo.
Pois bem..."

Para ler todo o post do Blog do Tarnoswsky, clica aqui.

"Lanterna na popa"


No dia 12 de janeiro de 2010 eu publiquei o post abaixo:

Estou almoçando ao lado da minha mãe, ela esta me dizendo muitas coisas sobre essa reunião de ontem, então pedi a ela que ela mesma digite o que está me falando, vou passar meu noteboock pra ela. Quem escreve a partir daqui é minha mãe:
- "Que tristeza no meu coração, depois de eu rezar tanto, para o Avaí subir para série A, ver essa desfaçatez com os torcedores mais simples e que são os verdadeiros apaixonados pelo Clube. Eu e meu marido, Jaime Goleiro Avaiano, somos de famílias simples e cristãos, portanto, não posso aceitar a maneira que as pessoas que pagam com o suor do seu trabalho, um aumento que está além do admissível, além das possibilidades dos assalariados, grande maioria dos torcedores. Estou nesse momento aconselhando minha filha Kátia e meu filho Jaime Jr. a deixarem o Conselho Deliberativo do Avaí. Meu filho só é conselheiro a pedido da minha filha, ele não gosta de futebol, e além disso, como ele está profissionalmente bem, porque trabalha muito, comprou a dois anos e já renovou, um camarote para 14 pessoas e deu de presente para Kátia, é ali que ela assiste aos jogos com seus amigos e primos. A Kátia é funcionária da UFSC e desconta direto no banco sua mensalidade de Conselheira, mais duas cadeiras femininas na arquibanca e ainda uma cadeira masculina no setor A, pessoas que ela ajuda porque não podem pagar o Clube mais são avaianos apaixonados. Essas mensalidades vou ajuda-la a continuar pagando, mais estou pedindo que ela deixe o conselho. Obrigada pela atençao, Odette Pinto de Paula".

Bom, estou deixando o Conselho do Avaí e comigo meu irmão Jaime de Paula Júnior, amanhã estarei indo a secretaria do Clube me desvincular.

No dia 13 de janeiro de 2010 eu publiquei esse post:


Melô dos xaxás
Quantas balinhas xaxá tinham no saquinho em 2007?
Quantas balinhas xaxá tinham no saquinho em 2008?
Quantas balinhas xaxá tinham no saquinho em 2009?
Quantas balinhas xaxá terão no saquinho em 2010?
Saco cheio!
Credo, quanta gente olho grande!!!!
Quantas balinhas xaxá sobrarão no saquinho em 2011?


Nota 1: o título desse post "Lanterna na popa" é um Livro de memórias do economista Roberto Campos, que traça um panorama da política, do poder e da economia mundial nos últimos 50 anos
Nota 2: se desejar ler os post originais e os comentários dos leitores na época, é só clicar no título dos mesmos, tem um link que o levará aos posts originais.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Hora de corrigir a rota


Dia 28 haverá nova reunião do Conselho.
Na pauta aparece um novo plano de Sócios.
Já escrevi várias vezes sobre isso desde 2010 e estou acreditando que a Direção do Clube irá nos apresentar valores que estejam dentro da realidade do nosso torcedor.
Torcedor que foi afugentado quando o clube viveu seu momento maior: a série A.
Realmente foi um erro histórico cometido pela direção e pelos conselheiros no início de 2010. Ano que insiste em não ter fim. Quem sabe com relação ás mensalidades termine nessa reunião.
Vai ser preciso paixão, amor e muito perdão para que a torcida abrace "esse clube" novamente. Quando digo “esse clube” com letra minúscula, me refiro ao Clube que foi descaracterizado por sua direção em 2010. Ao Clube que não permitiu ao seu torcedor assistir, se associar nos anos em que seu time do coração participou da Elite do futebol brasileiro.

Outros questionamentos com certeza serão levantados durante a reunião.
Tem mais coisas entre o céu e a terra do que aviões de carreira.
Cabe a nós conselheiros buscar não só as respostas para o fracasso desse ano, como também junto com o nosso Clube afastar, solucionar e renovar nas áreas que se faz necessário intervir. Só assim a aprovação de novos valores vai trazer de volta o nosso maior e melhor patrimônio: o torcedor.
A hora é de corrigir a rota (tem muito avião no ar).

Um recado ao sócio: Se realmente é possível o sócio estar presente na reunião do Conselho, acho que seria muito positivo

Resistência, Avaianos!


Avaianos, em pé, chegou a nossa hora.

Fomos fragilizados, quem pode negar?
No vento forte, as árvores mais leves se deixam curvar
Mas não se quebram e nem se deixam arrancar
Isso é resistir
Somos muitos, somos uma nação
Fincados em terra nativa por uma só paixão
Resistência, Avaianos!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

"Sagrado vestiário"


No site Infoesporte o Gerente de futebol do Avaí, Carlito Arini confirma o desentendimento entre Diogo Orlando e Lincoln . 
Declarações de Arini: 

- "Foi uma agressão do Lincoln no Diogo. Vamos tomar uma atitude. Antes de tomar uma atitude, quarta-feira vou me reunir com o Lincoln e vamos passar à imprensa nossa decisão. Foi público o que aconteceu entre os dois."

- "Dentro do vestiário eu nunca vou passar pra imprensa e nem pra ninguém o que acontece. O vestiário é sagrado. Vestiário é vestiário. Agora uma atitude fora do vestiário, dentro de campo, eu vou tomar uma atitude. Vou conversar com o Lincoln, depois com o grupo e depois passar para a imprensa o que vamos decidir - disse o dirigente."

Nota da Blogueira: Sendo assim Senhor Arini, novo Gerente de Futebol do Avaí, cabe encontrar rapidamente e demitir, a pessoa de dentro do Clube que passou informações do "sagrado vestiário" para a imprensa. 
Tomar uma atitude não apenas com relação ao jogador Lincoln, mas também ao 'rei do vazamento' que está instalado dentro da Ressacada. Demissão sumária.


Adendo: O Gerente de Futebol avaiano respondeu rapidamente ao vazamento.



- É simples. Como aconteceu dentro do vestiário e passaram, vamos detectar rapidamente e essa pessoa vai estar fora do Avaí, você pode ter certeza. O Avaí vai voltar aos trilhos. Pode ter certeza. Atitudes vão ser tomadas. Se existe indisciplina isso vai acabar. O que acontece no vestiário é sagrado". 
(Declaração de Arini ao Infoesporte.)


Ponto final


Segundo o comentarista Roberto Alves, o pau quebrou no vestiário avaiano no intervalo do jogo contra o Vasco.

Tudo começou, segundo o mesmo comentarista, durante o jogo. 
Diogo Orlando pediu para o Lincoln se dedicar um pouco mais na partida. O meia não gostou e deu uma cabeçada no volante.
No vestiário o pau comeu. Ainda segundo o comentarista, Lincoln não joga mais esse ano no Avaí. 

Socorro!!!
A que ponto chegou esse elenco de 2011.
A que ponto chegou nosso Clube.
A que ponto chegou o vazamento pra imprensa.
Realmente o ponto tem que ser final.
Ponto final nos responsáveis pela contratação desse elenco, ponto final em algumas figuras decorativas desse elenco, e nos que estão dentro do Clube e não sabem lavar a roupa suja dentro de casa.
(como perguntar não ofende: quem é o #*%#  que vaza coisas de dentro do clube e até de dentro do vestiário pra imprensa?)


Se manter em movimento

Recebi e.mail de uma amiga muito querida, reproduzo abaixo, porque uma frase me chamou a atenção:


"E lá se foi nosso Avaí...que tristeza, mas...
Como tudo na vida, 
uma hora a gente está por cima, 
outra hora está por baixo...
Uma hora a gente sobe, outra desce...
O importante é se manter em movimento...
Bj em todas as Avaianas e Forças prá aguentar a Figueirada chata no pé!"


Nota da blogueira: " O importante é se manter em movimento..." Pura verdade. 
E esse movimento é urgente começar na direção da rota, do rumo e dos caminhos que elevem o nosso Avaí.
Cada avaiano precisa sim, movimentar-se pelo Clube e para o Clube. Eu estou em movimento...
(o nome da amiga que e enviou esse e.mail eu vou preservar, já que ele enviado pra Kk de Paula, não para o blog)

Fred, eu te amo!!!!




A gozação faz parte do futebol e eu adoro.
Não é porque o nosso Avaí vai ter que reconquistar em campo o acesso, que vou me privar de tirar um “sarrinho” do time doladelá.
Mas não é que tem “avaiano” que buscou uma goleada de 4  que nós tomamos alguns meses atrás e resolveu publicar logo hoje, depois da goleada de 4 que os nossos rivais tomaram?
Se me privarem das alegrias do futebol, desisto de ser torcedora. E até de lutar por um Clube melhor. Credo, como diz minha amiga Jamira: - está faltando gardenal.
Para tudo que eu quero descer. 
Tem coisas sérias no futebol, claro. Mas tem o momento de relaxar. Ou futebol não é momento????

- Fred, eu te amo! Ass: Wilma  Flintstone
(Dá licença de eu fazer brincadeira com os nossos rivais. Afinal, esse blog é avaiano)

domingo, 20 de novembro de 2011

Reunião do CD tem hora pra começar, mas pra acabar...


Dia 28 deve ser a próxima reunião do CD.
De positivo a notícia vinda do Clube de que será apresentando um novo plano de sócios. Com valores mais de acordo com a realidade. 

Mas tem muita coisa que a presidência e a direção do Clube precisa responder ao Conselho.

Essa notícia que trouxe o Site Infoesportes sobre o Gabriel Zunino, onde diz que ele  tem na "cartilha" como empresário, jogadores da base do clube, precisa ser respondida urgentemente. 
Na reunião em que esteve presente a pedido dos conselheiros, o Presidente Zunino foi questionado e negou qualquer participação do seu filho nas coisas do Clube.

A parceria com a L.A também precisa ser esclarecida e clareada. Principalmente o porque da saída antes do final do campeonato. Porque na mesma reportagem Gabriel afirma ter participação direta em alguns jogadores da L.A.

Outra coisa, no estatuto do Clube consta que o conselheiro que falta 4 reuniões seguidas ou seis alternadas, deixa de ser conselheiro. Desde que voltei ao conselho esse ano de 2011, em todas as reuniões que compareci foram no máximo 30 conselheiros. Só não posso dizer o número de conselheiros que foram na reunião que homenageou o Clube por seu aniversário. Essa era festiva e não compareci. O conselho tem quase 250 conselheiros. Sei que isso em matéria de valores monetários é bom para o Clube, a mensalidade é salgada. Mas em matéria de valores morais e éticos é um desserviço ao Avaí Futebol Clube. O Conselho precisa necessariamente ser participativo, ativo e presente para poder conhecer como o Clube está se estruturando, planejando e conhecer as ações da presidência, das parcerias e das diretorias, principalmente a do futebol.

Acho que dia 28 a reunião tem hora pra começar, mas não tem hora pra acabar
Vou levar um lanche, porque tem tanta pergunta que o Conselho precisa fazer...
Muita coisa a ser esclarecida. Espero que não seja a última reunião do ano, porque perguntas serão feitas e espero obter respostas ainda esse ano.

Recado do Emerson 4ever aos avaianos



Recado deixado pelo nosso zagueiro Emerson em seu Facebook:

"AO TORCEDOR AVAIANO MEUS PARABENS PELO APOIO QUE DERAM AO TIME AO LONGO DO ANO, VCS SAO DIFERENTES PODE TER CERTEZA, O AMOR QUE VCS MOSTRARAM PELO AVAI E UNICO, QUANDO UM TIME CAI DE DIVISAO PARECE QUE O MUNDO CAI EM NOSSAS CABECAS, MAS COMO EU DIGO SEMPRE ''DEUS SABE DE TUDO'' E PODE TER CERTEZA QUE DEUS NAO DEIXARA A MAIOR E MELHOR TORCIDA DE SC TRISTE POR MUITO TEMPO CREIA VC AVAIANO... UM GRANDE ABRACO DO AMIGO EMERSON E TAMBEM DA TORCIDA COXA BRANCA!!!"

Nota da blogueira: Depois dizem que jogador é tudo igual, não tem amor a camisa, não tem amor a torcida.  Quando Ele foi pro coxa, eu disse num vídeo que postei: "Feliz a torcida por qual vestes a camisa". És um privilégio!

Triumvirate maldito


Confesso que não pude ver o jogo como deveria.
Estava num jantar entre amigos e foi com um olho no padre e outro na missa que  assisti a expulsão do Júnior Urso;  o empate em zero a zero do primeiro tempo e as peripécias do eterno Neguinho no segundo tempo.
Parece um triumvirate maldito. Gallo, Cecílio e Neguinho. Viu um, viu todos.
Por favor, o que este Senhor ainda faz no nosso Clube?
Valeu mesmo ver pela primeira vez nesse brasileiro, um goleiro defendendo a nossa meta. Que fique Moretto. Esse conhece do riscado.
Agora restam apenas dois jogos.
Um é o Clássico. Que se limpe um pouco mais a casa. Por favor!
Porque esse ano foi neguinho, neguinho. Quem está no banco nos últimos jogos representa cruelmente todos os erros, desmandos e contra censos que precisam encerrar em 2011 no nosso Clube.
Estamos cheios de “neguinhos” dentro e fora de campo. Medrosos incompetentes que precisam ser extirpados de todas as pequenas e grandes áreas da nossa Ressacada.
E nós não merecemos isso. Só isso me entristece. 
Porque conheço e faço parte da alma avaiana.

sábado, 19 de novembro de 2011

O misticismo da nossa Raça


E lá vamos nós o time da raça, enfrentar o navegador Vasco da Gama. O campeão da Copa do Brasil 2011, o Clube brasileiro com chances ao  título da Sul Americana e brigando pelo título de campeão brasileiro. Lá vamos nós, o primeiro Clube rebaixado para a segunda divisão, com um número de gols tomados assustador enfrentar o time sensação desse ano.
Lá vamos nós, torcedores avaianos torcer pelo Avaí.
Pra esse jogo quase me calo. Quase. Chamo então Pessoa, o Fernando:

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:    
"Navegar é preciso;  viver não é preciso".  

Quero para mim o espírito [d]esta frase,    
transformada a forma para a casar como eu sou:  

Viver não é necessário;  o que é necessário é criar.   
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.   
Só quero torná-la grande,    
ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo.  

Só quero torná-la de toda a humanidade;    
ainda que para isso tenha de a perder como minha.   
Cada vez mais assim penso.  

Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue    
o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir   
para a evolução da humanidade.  

É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça.  
(Poesia Navegar é preciso de Fernando Pessoa)
  



sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Moretto e Léo


Claro que ainda é preciso fazer uma boa limpeza nesse elenco.
Mas graças a Deus Moretto assumi o gol, e vamos ver um garoto da categoria de base jogando.
Léo Campos lateral esquerdo entra no lugar de Fernandinho.
Sei que o barco já afundou, que essas e outras mudanças passaram da hora (ou melhor, do ano) mas...vamos esperar então pela barca que deve sair do carianos.
E torcer por esse dois jogadores que vestirão a nossa camisa contra o Vasco.
O braço de jacaré deve voltar pro Santos... e outros do elenco devem...sei lá, por mim nem tô!

Procura-se


Recebi essa foto e o seguinte e.mail da nossa querida fotógrafa Avaiana Jamira Furlani:


"Estava eu, sentada em meu banco do avião voltando para Floripa, quando ao ler uma matéria com um artista da Globo sobre os parques de Orlando na revista da TAM de novembro de 2011, me deparo com essa foto....

Olha que massa!!!!!

O guri matou a pau na camisa e no brinquedo. Deus me livre!!! Tô com a revista aqui. 
Vou achar ele pra entregar." Jamira Furlani (#SouFã)

Clássico sem camisas dos clubes?


O jornalista Jean Balbinotti  disse eu seu twitter que a Federação Catarinense de Futebol deve formalizar ainda hoje a descaracterização das torcidas para o clássico na Ressacada.  Não pode usar as cores azuis brancas e pretas.
Mas que palhaçada é essa?
Pra que serve essa medida?
E a Constituição Nacional será mais uma vez rasgada, como já foi quando os clássicos são na ressacada?
Quer dizer que se eu for sem a camisa vou mudar meu caráter, minha condição de torcedora do Avaí, vou mudar meio jeito de agir no estádio? 
Proibir os torcedores de usarem a camisa oficial de um Clube vai além da insanidade.

Quem sabe proibi os dois times também? 
Aproveita FCF, e exige que eles joguem descaracterizados.


Eu vou te contar uma coisa, se o Avaí aceitar essa palhaçada, eu que estava me preparando para fazer uma campanha para que a nossa torcida lotasse a ressacada, não vou ao jogo. Não sou palhaça, não sou babaca e não sou burra.


Meu poupe Doutores.
Que fase!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ninguém cala esse nosso Amor


Imagem: Facebook de Marcela Nascimento

A escolha certa - by Felipe Silva


O post que reproduzo abaixo é de Felipe Silva do Blog Solta o Leão:

"Depois de tantas e tantas burradas, acho que finalmente a diretoria do Avaí acertou com a contratação de Mauro Ovelha. É um treinador que conhece bem o futebol catarinense, tem bons trabalhos realizados dentro do nosso estado e certamente vê nessa chegada ao Leão uma oportunidade de crescimento na carreira. Acho que, nesse momento, é de alguém assim que o Avaí precisa, não de um treinador medalhão, em fim de carreira ou um desses “professô” da nova geração que andam enganando por aí.

Claro que muitos não aprovaram. Queriam Geninho, Renê Simões, Adílson Batista… Eu também adoraria ver o Muricy Ramalho na casamata avaiana, mas temos que entender o tamanho do nosso clube hoje. Além disso, sou bairrista e acho que às vezes a solução pode estar aqui, do lado, dentro de Santa Catarina.

Crescer. Esse é o verbo que Avaí e Mauro Ovelha conjugam juntos. O Avaí precisa voltar a ser um respeitável clube de futebol, de títulos, de resultados. Mauro Ovelha quer evoluir na carreira, e certamente é mais fácil de isso ocorrer fazendo um grande trabalho no Leão, por questões de visibilidade, que na Chapecoense.

Visibilidade que também tem um preço. Ser duas vezes vice-campeão com o Atlético de Ibirama é um feito e tanto. Ganhar títulos com o Marcílio Dias (Copa SC e Recopa Sul-Brasileira), um clube que renova sua sala de troféus de século em século, é sensacional. Chegar a duas finais e ganhar um título com a Chapecoense é demais. Mas agora é que o trabalho de Ovelha vai realmente ser visto nacionalmente e cobrado por uma torcida que exige conquistas. Vai ter que lidar também com várias cobras criadas dentro do clube (são muitas) e ser firme, impôr-se, para não ser engolido por elas, afinal ainda é visto e certamente será tratado por alguns como um treinador de clube pequeno.


Tomara que estejas preparado, Mauro Grasel, porque eu boto fé em ti. Que siga o caminho de Rubão, Zenon, Roberto Cavalo, Itá, Altair, Grizzo, Luiz Gonzaga Millioli e outros que vieram do interior de Santa Catarina para conquistar títulos e fazer história no Avaí."


Assino embaixo Felipe: Kk De Paula

A queda: como cair do céu foi tão simples

A queda tem velocidades terríveis
A alma se eleva em pesadelos noturnos
Numa loucura soturna do futuro passado
Diante da morte final a vertigem
Antes de atingir o chão uma descoberta surge
Que a lógica violenta tinge tudo de cores fúnebres
Até o azul do céu tão distante
Si transtorna e transforma
Cair do céu é tão simples


Não pra nós, avaianos
A nós não foi permitido
Nem a sensação da perda que ao ver se exagera
Perceber a velocidade terrível da queda


Hoje fomos almas em câimbras de uma tristeza incompleta
Dessa queda em velocidade terrivelmente lenta
Que nos deixou apenas com um semblante de loucos paranoicos
Por não sentir a velocidade terrível da queda


Assim, saímos hoje da Ressacada
Torcedores resvalando diante do abismo 
Por nos ocultarem terrivelmente a velocidade da queda
Não se ouviu nem viu nem um de nós chorar
Nem um som estrondoso


Arrancamos nossas asas 
E despidos delas
Caímos num silêncio ensurdecedor.
(como cair do céu foi tão simples)




(Esse texto é uma adaptação livre que eu fiz da letra da música “A queda” do Lobão)
Imagem: Montagem de Larissa Poeta

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ovelhas e Ovelha

Ovelha é o novo técnico


O Avaí Futebol Clube já projeta o ano de 2012 e os profissionais já estão contratados e serão apresentados nos próximos dias. O professor Enio Gomes, Diretor de Planejamento do Clube, será o Superintendente de Esportes. Carlos Arini será o Gerente de Futebol. Com ele, chega também Júlio Rondinelli que exercerá o cargo de coordenador de futebol.

O novo técnico do Avaí é Mauro Ovelha. Ele será apresentado nesta quinta-feira, dia 17, no estádio da Ressacada. Mauro Ovelha foi o treinador que levou a Chapecoense ao título do Campeonato Catarinense deste ano.


Fonte: Site Oficial do Avaí Futebol Clube

Como o amanhã vai contar o hoje?


Ontem a nossa Ressacada ficou mais "velha".
Mas ainda é tão jovem.
E mesmo assim quantas histórias ela já pode nos contar. 
Vitórias, derrotas, títulos, ascensão.
E seus habitantes desconhecem a infidelidade, não conjugam o verbo desistir.
O que essa jovem senhora nos reserva pra hoje?
Que sentimentos serão manifestados e quais sensações, viveremos em nossa casa nessa noite onde tudo está à flor da pele?
Como o amanhã vai contar o hoje?
O hoje também será escrito em nossa história.
Essa linda jovem não merece ser arranhada, machucada. 
Que não se quebre nenhum de seus ossos. 
Aqui falamos alto qualquer palavra, penduramos nossas faixas, bandeiras e nosso cantar é um coral afinadíssimo.
Vamos jogar na nossa Ressacada. 
Vamos pro jogo, estamos em casa.
Não esqueça isso.