segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Dona Baratinha

Falando em Conto de Fadas, da Carochinha e Fábulas
Dona Baratinha:
Dona Baratinha (aquela que tem dinheiro da caixinha) queria se casar, e escolhe seu noivo de acordo com o barulho que o cara faz ao roncar. Acabou escolhendo o ratinho que fazia menos barulho. Mas o tal ratinho não compareceu ao casamento, escondido, foi direto pra festa comer os quitutes e as guloseimas preparadas pela noiva. Dona Baratinha mesmo estando entristecida pelo abandono, começa a procurar outro noivo.
Toda fábula tem uma moral, essa termina assim:
“Desta vez iria prestar mais atenção em tudo o que era importante para ela, além do barulho"
‘ FIM ’
Moral da história: A BARATA É BURRA (mesmo com dinheiro na caixinha), SE DEIXA LEVAR PELO MENOR “BARULHO” E NÃO CONFIE NOS RATINHOS.

Sou mais o Juca

Enquanto os daqui falam em final do Conto de Fadas e soberba, o melhor comentarista esportivo do Brasil, Juca Kfoury, escreve o seguinte sobre a derrota do Avaí para o Coritiba:
"Mas a vitória que merece mais aplausos mesmo foi a do Coritiba, diante do Avaí, no Couto Pereira (15.040 pagantes), com mais um gol de Marcelinho Paraíba, em bobeada da defesa, aos 20 do primeiro tempo, e outro de Pereira, logo no começo do segundo tempo, para impedir qualquer reação do time do Guga, e do Silas."
Por que será que ele diz que essa vitória é a que merece mais aplausos? Responde Castiel.

domingo, 30 de agosto de 2009

Muito cuidado nessa hora


Queridos avaianos, vamos ter pela frente jogos duros, tabela cruel nas próximas rodadas, portanto, cuidado com o clima que tentarão criar, a nossa posição incomoda muita gente e nossos 11 jogos invictos vão ser cobrados de maneira cruel pela imprensa marron, rosa, verde e o diabo a quatro. Precisamos continuar acreditando na força do nosso grupo, é preciso continuar focado no que diz o Silas desde o início do campeonato, que o planejamento do Clube é permanecer na séria A.

Assim como não nos deixamos enganar pela oba-oba criado pela imprensa quando da série invicta, não vamos deixar nos enganar por intrigas e invejas que vão começar a aparecer em jornais, blogs e TVs. Estamos disputando um campeonato super dificil e agora teremos pela frente dois jogos encardidos, contra bons times, times que lutam pelo campeonato. Que o resultado das próximas partidas não desloque nosso foco, não pertube nosso planejamento, fomos maduros na vitória, sejamos maduros na derrota. Incentivar e apoiar o nosso Avaí, esse é nosso papel, não se deixe contaminar por venenos encomendados que estão prontos para nos aplicar, já tem mãos na seringa. Mente inteligente, não se deixe levar por pseudos-jornalistas que são pagos para incentivar a discordia entre nós. Ouse saber !

Quanta inveja, Castiel

O post do Senhor Castiel em seu blog, mostra toda a sua antipatia pelo nosso Clube, numa análise apaixonada e invejosa, coloca todo o seu veneno contra a atual boa fase do Avaí, como se a derrota em Coritiba apagasse da história as 11 partidas invictas. Chama nossas vitórias de "Conto de Fadas", e nos manda "descer da soberba". Leia um trecho escrito por essa mente doentia:
"A humildade com que o Coritiba se postou diante do Avaí. O respeito do Coxa para com o rival catarinense. O espírito dos paranaenses em campo. São estes alguns dos fatores determinantes para esta vitória do time da casa, por 2 a 0, interrompendo o conto de fadas que vivia o Avaí.Alguém, em algum momento, teria que descer da soberba, aceitar o Avaí como um time ajustado, forte e não como um mero sortudo que faz ótima campanha ninguém sabe como. "
Impressionante a falta de competência jornalística desse Senhor dos Pampas. Onde será que ele viu soberba em nosso time, em nosso técnico? A imprensa durante esses jogos de vitória tentou arrancar dos nossos atletas e do nosso Silas, alguma declaração de soberba, não conseguiu, o discurso foi sempre o mesmo, pés no chão para assegurar os pontos necessários para permanecer na série A. Mas quando um time mostra a sua força por 11 jogos, isso não pode ser real, só pode ser um Conto de Fadas na cabeça desse jornalista frustrado e sem o menor carinho pelo azul. Vai tomar banho no guaíba e engolir cocô, porque a única soberba vista nisso tudo é a do teu post, ridicularmente imbecil. Nenhum time fica 11 jogos sem perder de mentirinha, por intervenções de fadas e duendes, foi com trabalho, raça e competência que conquistamos a nossa posição na tabela, ou tu vais dizer também que a excelente posição do Avaí no brasileiro é uma ficção, somos todos ET's?

sábado, 29 de agosto de 2009

A zaga titular fez falta

Num jogo onde o nosso time sentiu muito a falta da sua zaga titular, o Avaí perdeu para o Curitiba. A falta da zaga titular ficou evidente desde o início do jogo, proporcionamos dois erros que foram convertidos em gols e além disso, ficou muito comprometida a nossa saída de bola, nossos homens da retarguarda não conseguiram uma saída qualificada para o contra ataque. Marcelinho Paraíba ficou sem uma marcação mais qualificada e deu ritmo ao jogo do coxa, tocando bem a bola e com ótima movimentação. Quando um time joga num esquema como o nosso, a saída de bola necessita ser qualificada, hoje não houve isso, os nossos laterais também não conseguiram aparecer na frente para as jogadas de linha de fundo. Tivemos dois bons chutes do Ferdinando com boa defesa do goleiro Edson Bastos, duas bolas bem metidas para o Roberto que não conseguiu dominá-la. William fez falta com sua presença na área. Silas tentou mudar o jogo a nosso favor, mas hoje a nossa equipe não conseguiu achar o gol adversário. Uma derrota normal, que em nada deve modificar o jeito de atuar do Avaí nesse campeonato.

Ele caiu

E não é que o cara caiu! Disse ao povo que philco mas não resistiu, a simpática torcida das barbies pediu a cabeça do homem e ganhou. Ontem fizeram tanto barulho, não pelo gol (em impedimento), mas pela fraco desempenho do timinho que as vaias foram ouvidas aqui na Ilha.
Jamais te esqueceremos, Roberto Fernandes, desse um banho!!!!

Lá vai a torcida avaiana

Lá vai a nossa torcida, numa visita ao vizinho de coxa branca; lá vai a torcida manezinha de pele bronzeada, com a cara do pescador que esperar pelo grande lance de tainha; lá vai o comedor de sirí e berbigão, o apaixonado amante do pirão d'aguá com peixe frito; lá vai o avaiano orgulhoso e fiel escudeiro, a torcer por seus guerreiros; lá vai o Leão esfomeado por anos ferido, hoje desperto a espreitar o menor perigo.
Minha alma vai com todos vocês que tem a pele salgada pela maresia azul da nossa ilha!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

No jogo das letras

Grande vitória do cocô irmão, com dois homens a mais e um público pagante de 4.400 barbies, venceu as três letras (ABC) de um a zero. Vitória fantástica, incrível, fenomenal, coisa de outro mundo, inesquecível, absolutamente acima de qualquer expectativa.

O Dia Azul


"São tantas emoções", diz o Rei Roberto Carlos e essa expressão cabe muito bem para o atual momento do nosso Rei Leão. Bem colocado na tabela, bem falado por toda a mídia brasileira, torcida mobilizada para o jogo de sábado e dia 1 de setembro, a comemoração dos 86 anos de glórias e conquista do nosso Clube. Então se estamos na moda, vamos nos vestir na moda, azul e branco é a roupa indicada por todos os grandes estilistas para o dia mais importante da nossa história, proporcionaremos um desfile que contará com modelos de todas as raças, tamanhos e credos na passarela mais azul do universo, o Mundo. Já somos cosmopolitas!
1 de setembro, o dia onde todos teremos somente uma cor: Azul.
Porque a alma de todos nós tem somente uma cor e só pode ser a do céu.

Movendo o mundo azul


Quando penso no ano passado, nos sonhos que sonhei e que esse ano se tornam realidade, como ver o poderoso São Paulo na ressacada, o italianíssimo Palmeiras, o popular Flamengo, o elegante Fluminense, o incansável Grêmio e tantos outros grande clubes do Brasil, percebo que os jogos que sonhei não só assiste realmente como muitos até vencí. Essa nova realidade nos permite acreditar e projetar novos sonhos, novas realizações . Tudo começa com um sonho, um desejo e quando o Clube se prepara corretamente e se estrutura, a vida segue determinada na busca de uma nova realidade. Que o universo girou numa conspiração a nosso favor, é fato! Que a força que o fez girar nesse sentido veio de homens determinados e de uma torcida que soube sonhar, é fato! Que a alavanca capaz de mover o mundo foi acionada pelas mãos, cabeças e pés de um grupo vencedor, é fato! Que esse alavanca tem como apoio a alma azul de todos nós, é fato!

Sendo assim avaianos, todos unidos na busca da realização de um novo sonho, a permanência do Avaí na série A, sábado vamos continuar sendo a alavanca que move esse mundo do azul.

"Dêem-me uma alavanca e um ponto de apoio e eu moverei o mundo". (Arquimedes)

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Silas, alma azul

O Dia 'A'


Já vimos na História do mundo a invasão de Tróia; a invasão dos aliados na Normandia o famoso Dia D; a dos soviéticos em Berlim; da China no Tibet; a invasão no Iraque e a invasão dos 5 mil na ressacada no treino do Leão esse ano, agora prepare-se, sábado em Curitiba mais uma invasão vai entrar para a história mundial, o Dia 'A", invasão dos avaianos no Couto Pereira.

Nada bélica, apenas levaremos nossa voz, nossa bandeira e nossa camisa, o Dia A de Avaí, de Azul, de Avaianos.
(banner: Lucas Pires)

Coelhos do estreito

O estreito não aprende mesmo, quer exportar carne com validade vencida, sem o carimbo da Sunab, pensa que Holandes é tanso, os galegos sabem que antigamente os moradores do estreito eram conhecidos como "tripeiros". Minhã mãe conta essa história sempre. Diz ela, que no estreito ficavam os matadouros e que a carne vinha para ser consumida na Ilha, eles ficavam com as tripas. Bem, se alguém acha que é mentira, vai valar com a Odette, mas a mulher é brava, já vou adiantando, sabe como é, mulher de goleiro sabe se defender como poucas.
(Imagem: Blog Manja Tempo, do incrível Mausé)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O bicho pega




Na coletiva à imprensa após a partida contra o Vitória, o jogador do Coritiba zagueiro Jeci falou do jogo conta o Avaí, no sábado, no Alto da Glória e ressaltou a importântia do fator mando de campo. “É um jogo importante, pricipalmente pela circunstância. Mas o grupo provou que tem qualidade, é forte e quer crescer na competição, e aqui dentro do Couto Pereira quem manda é o Coriitiba. Vários times vieram aqui esentiram o peso da nossa torcida, e com o Avaí não vai ser diferente. Aqui o bicho pega”. (fonte: Blog do Torcedor-Globo.com)
Se o "bicho pega" no Couto Pereira então vamos soltar o Leão !!!

Amor da Minha Vida


Adorei a frase vencedora da promoção De Virada e Resistência Avaiana, "Amor da Minha Vida."

Claro que ela nos remete a linda música do Cazuza, onde ele poeticamente declara seu amor, um amor daqui até a eternidade, onde os destinos foram traçados na maternidade, e daí surge uma paixão cruel desenfreada, exagerada, onde o cara larga tudo, a carreira, o dinheiro e até o canudo, e mesmos nas coisas mais banais do dia a dia pra ele esse amor é tudo ou nunca mais.

Na realidade esse amor tem tudo a ver com os amantes do futebol, somos todos Exagerados. Nos jogamos aos pés e mais ainda, jogamos com os pés, jogamos juntos, sofremos juntos, comemoramos juntos, vivemos juntos para sempre, onde nem a morte nos separa, assim é o amor pelo nosso Avaí, Exagerado. O verdadeiro amor da nossa vida, concebido na maternidade, Dnazul, totalmente exagerado.
(Imagem: a linda filha do Fábio Machado, irmã do Flávio, concebida avaiana. )

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Maricota frangueira


Empatinga empatou!

O goleiro-maricota tomou um peru pelo alto, mais um gigante adormecido (na ressacada domingo também o gigante golias-imperador dormiu, não viu a bola, o nosso Davi-Emerson não deixou).

Os Comentaristas Babacas do Nosso café de todas as manhãs, reclamam da expulsão de um barbie, como não podem ficar criticando esse timinho, ficam falando durante a análise do jogo em como se ordenha uma vaca, eu mereço! Mas como já tão pastando, vou dar um desconto.

O técnico tatu-bolinha também, só falou da expulsão (credo, que homem stressado parece um surtado na beira do gramado, coloquem uma camisa de força nesse cara).´

São tantos dementes e bichados, que tá na hora de transformar o estádio do estreito em hospital com ala psiquiatrica.


Cautela e caldo de galinha

Avaí em todas as mídias do esporte nacional e matéria no Jornal Nacional. A mídia em poucos segundos eleva ou destroi qualquer mito, portanto, as patas do Leão tem que estar fincadas no chão e sua mordida bem afiada para enfrentar qualquer oba-oba. Ter a imagem vinculada na imprensa nacional é bom para o Clube, para o marketing, para os negócios, mas o time deve estar blindado, protegido dos elogios do momento. Tenho certeza de que o Silas como jogador que foi deve estar cuidado bem disso, deve estar conversando ao pé do ouvido com cada um do grupo, deve estar avisando que ainda não alcançamos o nosso objetivo maior, os pontos que nos farão permanecer na Elite. Claro que estou orgulhosa pela campanha do Avaí, claro que acredito no nosso time, mas somos todos vacinados e caudela e caldo de galinha não faz mal a ninguém. Nesse friozinho chuvosa de inverno, vamos todos continuar tomando nosso caldinho de galinha e cuidando com carinho e humildade do nosso Leão.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Feijoada do Leão


Na batuta do Silas

Nossa posição na tabela é fruto de muito trabalho e muita disciplina, buscamos os pontos necessários para nos consolidar na Elite e o foco tem sido mantido, nada de oba-oba, nada de cair em "armadilhas" que serão colocadas pela mídia, Silas tem sido mestre em detectá-las e os nossos jogadores precisam manter o mesmo passo do Comandante. A festa ontem na ressacada foi pela linda vitória diante do Flamengo, foi por mais três pontos na tabela, foi pelo orgulho dessa linda campanha que nosso Avaí vem fazendo no Brasileirão mas que está em sua metade. Os avaianos sabem disso e como um orquestra, tocam e cantam sob a batuta desse maestro que nos comanda de fora das quatro linhas. Vamos com Silas, a batuta é dele e o ritmo ele saberá mudar na hora certa, por enquanto ele está tocando para ficar na A, se tudo der certo, os 46 pontos da escala forem alcançados, ele saberá acelerar e orquestrar novo ritmo para os seus "músicos", a torcida vai junto, na batuta do Leão.

Agora, dá licença que vou desfilar na UFSC... na ilha formosa cheia de graça ...

domingo, 23 de agosto de 2009

Ô Adriano

Essa camisa desfilou na Ressacada nessa linda noite de domingo. Com certeza o Adriano ouviu, ouviu o cantar da torcida avaiana os noventa minutos que durou o passeio do Leão por sobre os urubus. Imperador? Na ressacada tem Rei, o Leão!
"O novo integrante do G4 do bem é o Avaí (34), após o inapelável 3 a 0 em cima do Flamengo, na Ressacada. Já são 11 jogos de invencibilidade, com oito vitórias e três empates. E aí, alguém ainda não acredita no Avaí? Gente teimosa!" Lédio Carmona

Fui, vi e venci

Quem pagou para ver o Avaí viu, quem pagou para ver o Flamengo não viu. Sobramos em campo, e nas arquibancadas da ressacada ouvi muito a torcida urubu cantando antes do jogo, porque quando o árbitro soou o apito, só escutei a torcida do Leão, essa torcida linda que fez a festa na feijoada e no jogo. Eu falei no post anterior que estava saindo de casa para ver o Avaí, porque o futebol de hoje, quando bem apitado, não tem espaço para "força da camisa". Belchior diz em uma de suas letras: "porque o novo sempre vem" e veio, veio pra ficar. Para fincar sua bandeira no Brasileirão, com determinação e raça, com vontade e com consciência de que o planejamento é conseguir os pontos necessários para essa conquista, vamos assim, lutando cada batalha na busca da nossa permanência na Elite.
Silas novamente soube armar muito bem nosso time e com a perda do William fez a mudança correta, manteve o esquema e deu chance para o Luis Ricardo jogar na sua posição, Léo Gago jogou muita bola e Ferdinando dá outro ritmo para a saida de bola do Leão. Grande jogo, grande grupo, grande vitória, fui ver o Avaí , vi e venci!

Vou ver o Avaí

Domingo de futebol, de feijoada, de Avaí. Estou indo para a ressacada participar da feijoada da ASSTA, sempre nota 10 e claro, ver o meu time jogar, sim, eu vou para a ver o Avaí, vou para ver o seguro Martini, o endiabrado Muriquí, o maestro Marquinhos e o trobador William, ver os nossos "mosqueteiros" da zaga, os nossos volantes e laterais, o incrível Eltinho que a cada jogo nos tem premiado com belas jogadas, vou ver o time azul, o Leão da Ilha.
Nosso Leão tem pedigree, tem raça e vai se fazer senhor do jogo!
Vou para ver um grande jogo, para ver a nossa linda torcida vestida de azul e branco; vou porque sou avaixonada, sou da Elite Azul e Branca, uma Nobre azurra, que faz parte da Resistência Avaiana; vou para ver uma vitória, de Virada ou não, o que me move é participar da torcida junto aos simpáticos Corneteiros que não faltam a nenhum jogo, não ficam a manjar o tempo , não se importam se faz chuva ou sol; vou porque Sou Avaí, vou porque conheço a Garra do Leão e sei que ele chuta de direita e de Canhota, e que o Avaí vai balançar a Rede adversária, pois confio no seu esquema tático. Vou de carro mas sei que muitos vão de Bike para fortalecer seu Coração de Leão , vou me maravilhar com a festa do Setor D da Ressacada e ver esse Avaí que faz coisa a sacudir a ressacada . Mas se tu não podes ir, então assiste a TV Blogueiro e canta com a gente: Avaí meu Avaí da Ilha és o Leão .

sábado, 22 de agosto de 2009

Xuxa


Xuxa com uma tiara adornando seus lindos cabelos, se apresentou ontem no estreito por apenas cinco minutos e deu números finais ao espetáculo:
Tá na hora, tá na hora
Tá na hora de brincar
Pula, pula bole, bole
Se embolando sem parar
Dá um pulo vai pra frente
De peixinho vai pra trás
Quem quiser brincar com a gente
Pode vir nunca é demais

Azul


Sábado azul na ilha, sábado que antecede o jogão da ressacada, sábado de concentração total contra os urubus que com certeza não combinam com o céu da ilha, aqui nós temos é gaviotas, curios, culeiras e canários e claro, o alado Leão do sul da ilha.

Nesse céu para onde se eleva nossos olhos, nossa alma azul, nossa fé azul, aguardamos o fim desse sábado para o início do domingo, que há de vir tão azul quanto o mar que nos cerca e esse céu que nos cobre, a combinar com a vestimenta de nossas peles, para nos fazer vencer as outras cores diversas que tentam se infiltrar nesse azul tão nosso, tão mané, tão feliz!

E no domingo, o mar, a ilha, a pele mané e a alma terão somente a mesmaa cor AZUL desse sábado. Seremos todos ícaros com asas fortes a nos elevar ao mais alto azul, o céu!

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

São Caetano


Um santinho que se fez presente no estreito, o querido São Caetano!

Os urubus,os aviões e o Leão

O urubus que voam por esse céu azul buscando carniças, adoram se complicar e colidir com aviões, até dão uns sustos mas tadinhos não sobra nada deles, domingo estarão por aqui esses "asados" feiosos, o jogo será na ressacada, sul da ilha e o aeroporto fica bem ao lado. Cuidado com os aviões, urubus e claro cuidado com o Leão, tem um rugindo forte sobre o verde gramado ilhéu. Solta os aviões Hercílio Luz, solta o Leão Aderbal Ramos da Silva.

Sem descansar

O galo já foi, agora o Leão encara outro bicho "asado", um urubu carioca encardido que vem de derrota no Maracanã, o Clube com a maior torcida do Brasil e que já revelou ao futebol brasileiro grandes jogadores, a torcida do Flamengo será bem recebida na ressacada e pode até degustar uma feijoada maravilhosa que a ASSTA está promovendo para o domingo com início as 11 horas , é só chegar mais cedo e degustar ao lado da simpática e linda torcida avaiana um feijão com cervejinha, esperando pelo jogão de bola das 18:30.
Ao nosso time resta tomar folego, porque a maratona de jogos dessa semana é dura, sem tempo para recuperação e treinos, é respirar fundo e manter a concentração os noventa minutos do jogo. Venho escrevendo aqui que o Avaí precisa jogar no seu limite máximo, isso ficou comprovado ontem, foi só jogar abaixo do máximo e desconcentrar que tomamos dois gols bobos.
Silas sabe disso, pois foi o recado que deu na entrevista pós jogo, e com certeza já deu aquele puxãozinho de orelha no Leão.
A nossa massa azul vai com certeza lotar a ressacada e ser a bomba de gás que dará ao Leão o folego necessário para que no voo baixo do urubu, ele abocanhe mais 3 pontos na tabela.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O galo tremeu

Num jogo onde tivemos algumas desatenções e bobeiras que não costumamos ter; num jogo onde não foi marcado um penalti claro a nosso favor (a bola ia na direção do gol e bateu no braço do jogador atleticano); num jogo onde o Martíni fez milagres no primeiro tempo, devolvemos para o Galo os 2 a 2 da ressacada, aqui nos venciamos por dois a zero, e hoje eles nos venciam pelo mesmo placar, mas o Leão não desiste nunca, não cansa, não sossega, apenas deu duas cochiladas no jogo, mas o nosso técnico já vai puxar a orelha dele.
Roberto qualifica o nosso ataca, Muríqui sempre o melhor, Capixaba pedindo passagem, Eltinho fez mais um golaço,Odair entrou perdeu bolas e fez o gol, pura magia. Jogo complicado por nós mesmos, mas desamarrado por nós mesmos também, conseguimos buscar o empate com valentia e raça, deu pra sentir o Galo tremer quando o Avaí fez o primeiro gol, os caras ficaram com medo de nós, que loucura, temos mais time que eles, podem apostar.

O "Pelé" do surf


Como a ilha é o paraiso para os surfistas, uma foto do super campeão mundial de surf, Kelly Slater. Claro, só poderia torcer para o nosso Avaí, o cara é o Leão das ondas.

Começam os reencontros

Reencontros, hoje começam! Nosso primeiro é com o Galo mineiro, que ao nos visitar no turno conseguiu um empate na ressacada, após estar perdendo por dois a zero. Então não preciso nem dizer que esse "galo" está entalado na minha garganta, e adoraria terminar de mastigá-lo nesse novo encontro, só cuspir os ossinhos.
Brincadeiras a parte, hoje é noite para se ver o Leão, esse Leão temido e determinado a buscar suas vitórias, não é fácil jogar no mineirão, não é fácil jogar o brasileirão, se fosse fácil não era pra nós, o Avaí sempre batalhou com suor e sangue suas lutas, o fácil nunca fez parte da nossa história. Sendo assim, a série 'A' tem tudo a ver conosco, grandes batalhas, longa guerra!
Hoje em Belo Horizonte, estarão os guerreiros da Bela e Santa Catarina, e o coração azul de todos os avaianos estará lá também, pulsando dentro de todo peito onde se vê um escudo em azul e branco.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Lutar quando é fácil ceder


Hoje começa o returno e a cobra vai fumar (mesmo com a nova lei anti-fumo). Agora todos vão querer subir na tabela, os pontos não serão somente disputados, serão batalhados, pois a guerra já está na sua metade e quem perdeu terreno vai querer recuperar e os que estão para se sagrarem vitoriosos, vão fazer de tudo para que a sua bandeira seja cravada no chão ao final da luta futebolística.

Nós entramos na luta amanhã na busca por um lugar ao sol, por um lugar iluminado, por uma conquista consciente dos pontos necessários para que a luz avaiana se faça presente em 2010, essa luz azul que vem surpreendendo o Brasil e os amantes do futebol, cravar nossa bandeira no chão desse país, sonhar ...


Sonhar Mais um sonho impossível

Lutar Quando é fácil ceder

Vencer O inimigo invencível

Negar Quando a regra é vender

Sofrer A tortura implacável

Romper A incabível prisão

Voar Num limite improvável

Tocar O inacessível chão

É minha lei, é minha questão

Virar esse mundo

Cravar esse chão

(Chico Buarque)

A Zebra está solta




in Deutschland, wie hier!


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Silas Eterno


"Também não estou preparado para certas críticas destrutivas, mas estou aprendendo com o Zunino (presidente do Avaí), que é muito bom nisso", admitiu o treinador. "Infelizmente, o treinador tem que ser como muro de bronze, venha elogio ou venha crítica e o técnico precisa continuar frio". Declaração do Silas.


Em matéria de professor Silas está bem calçado, se tem um homem que sabe absorver e transformar críticas em crescimento pessoal e profissional, esse homem se chama João Nilson Zunino. Dois homens um novo Avaí, basta ser sério e contar com uma boa equipe fora e dentro do gramado.

Quanto a ser um "muro de bronze", esse homem já está é quase ganhando uma Estátua de bronze na Ressacada: Silas Eterno!

Reportagem do DC

No Diário Catarinense de hoje, mais uma excelente matéria do Maurício Friguetto, nessa eu estou dando a minha opinião:
Reportagem: Diário Catarinense
Até onde vai o Avaí?
O Avaí começou o campeonato com a meta de não voltar para a Série B. Ao final do primeiro turno, está a 12 pontos da zona do rebaixamento. A chance de cair para a Segundona é de 1%, segundo o matemático Tristão Garcia, do site Infobola. Diante do desempenho até aqui, alguns torcedores podem projetar um futuro melhor. E como há todo um segundo turno pela frente, a pergunta é óbvia: até onde vai este time?
O Avaí tem 30 pontos. Segundo Tristão Garcia, com mais 17, há 98% de chances de o time permanecer na Série A. Talvez nem precise de tanto. Nas últimas temporadas, 45 pontos têm livrado as equipes do rebaixamento. Mas, assim como os jogadores e a comissão técnica, os avaianos estão cautelosos.– O primeiro passo é não cair. Mas acho que o Avaí chega à Sul-Americana. E o que vier a mais é lucro – opinou o comerciante Lourival Dutra, o Louro, de 55 anos, que assiste aos jogos no Setor A da Ressacada. Para o torcedores dos outros setores do estádio, a perspectiva é parecida.
A blogueira Kátia de Paula (dnazul.blogspot.com) vê os jogos nos camarotes do Setor B.– O Avaí está muito bem. Acho que, no final do campeonato, fica entre o 8º e o 12º lugar. Mas a zona de rebaixamento sempre assusta. O torcedor avaiano está vacinado – observou.
Tanto Kátia como o avaiano Eduardo Roberge Goedert, de 22 anos, integrante da Vanguarda Alviceleste, a nova torcida do Avaí, que fica no Setor H, fizeram um alerta.– No ano em que caiu (2004), o Criciúma fez um bom primeiro turno e até liderou o campeonato. Mas, no final, acabou sendo rebaixado – lembrou Eduardo, que acha improvável o Avaí chegar à Libertadores.– Mas, na atual conjuntura, por quê não acreditar?
O presidente da Mancha Azul, torcida organizada que fica no Setor B, Fabrício Amorim, acha que o Avaí brigará para entrar na Libertadores.– Penso que o Avaí permanecerá na Série A e que irá lutar pela Libertadores. Se mantiver esta pegada do turno, vai lutar por isso.
mauricio.frighetto@diario.com.br - MAURÍCIO FRIGHETTO

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O Santo(s)


Como denominou Nelson Rodrigues e como bem lembrou Sérgio da Costa Ramos em sua coluna, a visita do Sobrenatural de Almeida nesse sábado a ressacada foi assombrosa mas foi derrotada. O homem nos fez fazer um gol para o Náutico e depois sentou na trave contrária impedindo que a nossa bola entrasse, três bolas na trave é muita sacanagem. Mas o que ninguém sabia é que aos 43 do segundo tempo, ressurgi na ressacada o Anjo Loiro e com a simplicidade dos craques, da asas a bola até então enfeitiçada pelo Almeida derrotando aos 44 minutos esse penetra, vitória do angelical Leão Alado, Santos é seu sobrenome, o Sobrenatural Santos, o nosso Santo!

AvaSiLASdor


Semana para entrar nela vestindo o manto sagrado, a camisa azul e branca do nosso abusado Leão mané, nada como desfilar na UFSC onde trabalho, com o escudo do Avaí no peito. Ontem à tarde fui dar uma volta no Shopping Iguatemí, impressionante a quantidade de pessoas vestindo a nossa linda camisa, não foi uma nem duas, foram muitas mesmos.

Fechamos o turno com o time bem postando em campo e com a raça necessária para se disputar esse campeonato nacional, o returno será difícil, a corda no pescoço de muitos, o desejo pela libertadores de outros, a conquista de uma vaga para a Sul Americana dos demais faz dos últimos dezenove jogos uma guerra e cada partida uma batalha a ser vencida. Nossos guerreiros precisam manter a postura em campo no nível máximo, o foco e a união de todo o grupo pode se transformar no diferencial do nosso Clube e nisso o Silas vem trabalhando, todos os dias desde o ano passado, notem que em todas as entrevista ele fala do grupo e sempre elogia jogadores que ficaram fora da partida, assim ele nos faz vencedores.
Por isso no turno o grupo foi AvaSiLASdor!

A filosofia do nosso técnico aproxima-se muito de uma frase do Nelson Rodrigues:

"Há momentos em que um Clube deixa de ser uma coisa impessoal, associativa, recreativa, estatutária e passa a reagir como gente." Silas está conseguindo isso do Avaí Futebol Clube.
(Foto: Edu Cavalcanti)

domingo, 16 de agosto de 2009

Gol do Eltinho

Foto: Lucas Sampaio

Desempenho dos jogadores

Ao final do primeiro turno, esses 19 jogos que apresentaram o Avaí na mídia nacional, o nosso cartão de visitas terminaram, agora vacinados que somos, vamos entrar na parte determinante do campeonato com a mesma concentração, disciplina e raça, os nossos guerreiros estão focados nessa guerra e nós torcedores, mais do que nunca, precisamos lutar juntos, marcar terrítório e nos fazer ouvir cada vez mais alto, lotar a ressacada no segundo turno é a nossa meta. O fator casa tem sido determinante para o nosso time, foi assim na B e tem sido assim na A, não vamos esquecer disso. Nos avaianos fomos vacinados pelo suor das lutas anteriores, estamos com os pés no chão, e vamos fincar o pés nesse gramado verde da ressacada, vamos multiplicar a força e o número dos jogadores em nossa casa, vamos estar com eles no gramado, vamos vestir a camisa não importa o número nas costas, cada um de nós vai ser um deles, esses nossos guerreiros que no turno souberam encarnar o espírito do Leão.
Vamos então avaliar os jogadores avaianos que mais entraram em campo, pelo desempenho nesse primeiro turno, vou ser muito criteriosa nessa avaliação:
Martini: 10
Augusto: dez
Rafael: conceito A
Eltinho: Ótimo
Luiz Ricardo: ten
Ferdinando: diez
Emerson: dix
Marcos Winícius: dieci
Léo Gago: great
Muriquí: excelente
Marquinhos: o Cara
William: 10 (com estrelinhas)
Anderson Luiz: muito bom
Caio: very good
Roberto: 10 com louvor

Aos 44 o Maestro ...

Ganhamos! Somamos! Já estamos balzaquianos (30) e agora vamos buscar os números que nós farão entrar na idade do Lobo (40 pra cima), vai começar o returno.
Num jogo como previamos, murrinha, com o pior árbitro que vi na ressacada, e só vou tocar nesse ponto, o da arbitragem, porque ganhamos, passei o tempo todo dizendo pra mim mesma que não falaria do árbitro se o jogo fosse empate, poderia parecer choro, mas como vencemos, vou postar sim. Depois dos primeiros quinze minutos iniciais eu falei para os amigos que estavam ao meu lado: - "Esse árbitro vai atrabalhar, ele é muito ruim !" Ele foi horrível, péssimo e parecia apito encomendado, um desastre.
Quanto ao jogo quase empatamos com nós mesmos, só deu Avaí e 3 bolas na trave me deixaram de cabelo em pé, pensei: - Puts! Será que hoje não vai entrar mais nenhuma bola nossa?" Mas a batuta do maestro deu números finais ao espetáculo, num lindo gol, num gol que estará para sempre na minha memória azul, Marquinhos orquestrou mais uma obra de arte na Ressacada.
Já temos um lateral de ofício e lateral muito bom, deu outro ritmo ao jogo a entrada do Capixaba; nossa zaga continua bem postada, com seus três mosqueteiros: Augusto, Rafael e Emerson. Muriquí nos brindou com uma jogada belíssima em tabelinha com Marquinhos, seria um gol de placa e depois o mesmo Muriquí perdeu o gol mais feito do jogo, faz parte de quem tenta. Ainda tivemos o lindo gol do Eltinho, numa cobrança de falta perfeita. Como disse acima, só deu nós, até o gol do Náutico fomos nos que fizemos. O adversário nos marcou, nos marcou e nos marcou, amarrou o jogo e ainda teve a ajuda de um árbitro totalmente despreparado para apitar um jogo de futebol, credo, quem mandou esse cara para cá?
Ganhamos, somamos e vai começar o returno, força Avaí!!!!

sábado, 15 de agosto de 2009

A derradeira do turno


Sábado lindo e que pode nos deixar ainda mais felizes, nós orgulhosos avaianos de todo o mundo, daqui a pouco o nosso Avaí entra em campo e vamos em busca de mais uma vitória. Todos sabem que não tem jogo fácil, ainda mais contra um time que vem brigando para escapar da zona da degola. Concentração total no limite máximo, assim deve entrar nosso time em campo, como vem entrando nos últimos jogos e conseguindo resultados positivos. O Avaí vem jogando com uma disciplina tática que merece nota dez e hoje, tem no banco um lateral direito, com essa "peça" o Silas agora tem como modificar a maneira de jogar do Avaí quando se fizer necessário, isso é importante, porque todos estão estudando o time do Silas e o Silas sabe disso. Até então, as mudanças que poderiam ser feitas no modo de jogar, não no esquema, eram poucas, com essa contratação o leque aumentou, Silas pode com uma simples mudança de jogador, fazer o seu time completamente diferente e surpreender o adversário. Ele sabe disso! Podem apostar que essa contração do lateral vai nos ajudar e muito durante esse longo campeonato, que por incrível que pareça, depois de hoje já entrará em sua metade.

Jogo de hoje depende só dos nossos guerreiros, se jogarem como vem jogando, conquistaremos mais três pontos na tabela, então torcida, vamos lá, vamos fazer o Leão morder forte, a casa é nossa e "o time vem quente , de encontro marcado com seus dias de glória, pois a ordem é vitória, vencer, vencer."

Encontro marcado


Hoje o nosso time pode nos levar a casa dos 30 pontos, mas o jogo é encardido de novo, provavelmente vai ser um jogo murrinha, com o Náutico jogando com toda a calma do mundo, tentando nos irritar, nos aflingir. A nós torcedores, cabe ter a força do leão e a paciência de Jô, saber confiar no time que vem nos orgulhando nacionalmente. Os nossos guerreiros saberão encontrar o caminho que leva ao gol inimigo. Novamente irei cedo para a Ressacada e quero dizer a todos que estão colecionando o albúm de figurinhas do Brasileirão que levarei minha duplas para trocas, tenho muitas. Estarei novamente na Toca do Leão, passem por lá, pago uma cervejinha e ficamos trocando figurinhas e jogando conversa fora, coisa mais gostosa do mundo, um privilégio que poucas pessoas tem nesse mundo. A alegria de estar com amigos esperando pelo jogo do nosso time no brasileirão é a própria essência da felicidade, podem apostar que ela sempre nos encontra numa roda descontraida de amigos. Então meus queridos, encontro marcado, se Deus quiser, nessa tarde de sábado nos arredores da ressacada, depois todos juntos uniremos nossas vozes dentro da nossa casa e levaremos o Leão para mais uma vitória.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Essa moda vai pegar no estreito

Como tem goleiro tomando frango no continente, mas é considerado o melhor do estado, acredito que a culpa dos frangos sofridos deve ser da zaga do timinho, então dá uma olhada no video onde o goleiro que tomou um gol no final da partida reage contra seu próprio zagueiro. Essa moda deve pegar logo, logo no estreito.

Nós temos média (sem leite)


Excelente notícia esse resultado do levantamento feito pela Globo.com levando em consideração o melhor aproveitamento quando se calcula a porcentagem de torcedores conforme a capacidade total do estádio como mandante no Brasileirão. Podemos elevar essa média, temos todo o segundo turno e ainda o jogo de sábado contra o Naútico.
Com certeza a turma do estreito vai convocar a imprensa para um Café com Brócolis (com leitinho para as crianças da mídia) uma reunião extraordinária, mas antes é melhor pintar as paredes pichadas do Scarpelixo. Será? Acho que não precisa, a imprensa não noticia essas coisas que fazem do lado de lá. Vão fazer de conta que as paredes estão branquinhas, branquinhas, efeito de beber muito leitinho. Estreito: A terra do faz de conta, lá tudo é fantasia.

Podemos ser qualquer coisa, menos ...


O Blog VidAvai reproduz um texto do Cosme Rimoli sobre o preconceito no futebol, nesse caso sobre o jogador Richarlyson do São Paulo. A muito eu venho notando o comportamento da torcida com relação a esse jogador, incrível e desconcertante. Perceber o que somos capazes de fazer em nome do preconceito é desolador e preocupante e nesse caso, uma oportunidade para nos fazer pensar. Um homem jogador que descoberto homossexual é tratado de maneira singular por uma torcida apaixonada, e esse comportamento é puro preconceito e nesse caso, é tão violento que nem a paixão o desculpa, o cara pode ser qualquer coisa: corrupto, ladrão, criminoso, mau filho, mau pai, tudo, menos gay, é como se um rótulo fosse tatuado na sua testa escrito: Bicha! O cara passa a ser só aquilo, só sua opção sexual, se ele é um bom filho, um bom amigo, um bom trabalhar ou no pais do futebol, um bom jogador, nada disso conta, o cara é bicha, é deve ser mal tratado. Muito se discute e se condena o racismo, quando será que o preconceito será condenado e rechaçado como é o da cor? Como a cor da pele não diz nada, é apenas uma cor a colorir lindamente a raça humana, as opções e escolhas de com quem se dorme, também não deveriam dizer nada sobre o caráter de qualquer pessoa. Parabéns ao blogueiro que trouxe a tona essa discussão.

Eu vou!

Eu já estou com o meu ingresso garantido, até hoje não perdi uma, fui em todas as feijoadas promovidas pela ASSTA e valeu, todas nota 10 com estrelinha e claro, a ajuda que essa Associação vem dando ao Clube é visível na Ressacada. Essa além de tudo é antes do jogo do Leão com o Urubú. Imperdível. Eio, eio, eio o urubú é muito feio!!!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Cuidado com as faixas





Os Blogs De Virada e Resistência Avaiana estão com essa promoção aberta até essa sexta-feira, mas cuidado galera, escolham bem a frase, não vão pisar na bola como fizeram os gaúchos torcedores do Grêmio nessa faixa estendida no estádio:




Depois quando a galera grita na Ressacada: - "Gaúcho via..., gaúcho via...!" a turma do chimarrão fica brava, mas dando sopa pro azar não tem como escapar do trocadilho.



Os meus Sócrates




Em 1981 eu desistia do meu curso de Pedagogia na UFSC, não tinha como continuar porque não gostava do curso. Por dez anos minha mãe insistiu comigo para que eu voltasse a estudar, em 1991 pedi retorno para o Curso de Filosofia, era o que tinha mais vagas abertas e como eu não aguentava mais a Odete (minha mãe) buzinando no meu ouvido, fiz o pedido. Consegui o retorno e voltei a estudar na UFSC. Sentei no banco da "escola" depois de 10 anos e num curso onde eu não havia me preparado para ele, nunca havia lido um livro de filosofia. No primeiro dia de aula, a primeira disciplina era Ética I, sentei na terceira cadeira da primeira fileira, a que ficava ao lado das janelas, claro eu pretendia apreciar o movimento. Entrou a professora muito séria, cara de brava mesmo, escreveu no quadro o nome de um Livro que pra mim mais parecia grego: "Fundamentação da Metafísica dos Costume" de Emmanuel Kant. Pensei: - Meu Deus do que será que trata esse livro? Bem, a professora continuou dizendo: - vamos trabalhar esse livro em sala de aula, mas para o final do semetre cada um vai escolher um filósofo clássico para apresentar um seminário. E começou apontando para o primeiro aluno da minha fila. O cara falou: - "Platão!" Ela apontou para o segundo da fila e o cara disse: - "Aristóteles". Bom antes de chegar a minha vez eu fiquei pensando, os clássicos devem ser Sócrates, Platão e Aristóteles, já tinha ouvido falar desse gregos, e com a resposta dos dois na minha frente me senti segura para escolher o meu. Quando a professora me apontou e disse: - "Tu aí galega!" Eu respondi prontamente: - "Sócrates!"

Ela no mesmo instante disse: - "Depois te dou um prêmio!" Xi, pensei, por que será? Cutuquei o cara da frente e perguntei: - Por que será que ela disse isso? O aluno respondeu: - "porque Sócrates nunca escreveu nada, tu vais ter que ler Platão!"

Ora, ora, professora Alvaci e não é que eu escolhi mesmo o certo! Sócrates está escrevendo e veja só um trecho do texto escrito por ele: -"É o caso do Avaí, que demonstra ter uma administração como poucas...mesmo quando os resultados não correspondiam, manteve o técnico Silas. Um pequeno gesto diz tudo. É por isso que os grandes se apequenam, e os pequenos se agigantam.”

Grande filósofo esse Sócrates paulista, hoje eu poderia escolher meu seminário nele e escrever uma tese sobre esse Clube que fez esse inteligente homem filosofar em pleno século XXI.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Cardápio dessa quarta-feira


A vaca tá indo pro brejo e o brejo fica no continente!

O goleiro do brejo tomou mais um frango (ou seria uma linguiça?) e ainda tem bundão na imprensa que abriu uma comparação entre ele e o nosso Martini, o café com brócolis nesse friozinho matinal deve estar aquecendo muitas gargantas mas aqui na ilha nós preferimos um martini seco, aquece melhor a alma dos avaianos.

Na segunda passei o dia todo cantado Soy loco por ti América e nessa quarta vou mesmo é sentar num boteco e desgustar a especialidade de Bragança Paulista, uma linguicinha, depois um frango a passarinho, bebericando um martini com azeitona.
Dá uma lida no final do post que um dos tomadores de café publicou em seu blog:
"Como Wilson estava seguro e os atacantes do Bragantino sem inspiração, o 0 a 0 até seria um resumo perfeito para o jogo.
Mas como disse, o Figueira estava satisfeito e este tipo de postura a bola pune.
Aí, Wilson fraquejou num lancezinho, a bola entrou e ficou comprovado que surpresas como vencer retrancado não são a regra, mas a triste exceção" (Blog do Castiel)
Acho que o blogueiro quis dizer: Wílson frangueou num lancezinho. Deve ter sido um erro de digitação, ou será que ele precisa ser delicado mesmo?

A galera do café, é tudo farinha do mesmo (puxa) saco, deixa pra lá!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sincronicidade

"Seria muita arrogância da nossa parte pensar em Libertadores e até mesmo na Sul-Americana". (Marquinhos, capitão do Avaí Futebol Clube)
Essa declaração repercurtiu em toda mídia nacional numa sincronia que revela positivamente a imagem do nosso Clube, ela vem de encontro as colocações sempre ponderadas do nosso comandante Silas e de todos os seus comandados. Grupo unido, conquistas possíveis. Sempre foi assim no futebol.
O mais incrivel em tudo isso é que essa sincronicidade se estende a torcida avaiana, o discurso dos torcedores é o mesmo do comandante, do capitão e dos comandados: "Queremos os pontos que nos farão permanecer na elite!". Sincronicidade, assim se constroi o melhor na história de um Clube ou de qualquer outra instituição feita por humanos, sincronicidade sincera.
Palavras que lembram a palavra "sim", simbolo maior dos Homens positivos: sincronicidade, sinceridade, simpatia e simetria. Essas são as qualidades do Avaí 2009.
(Sincronicidade é um conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung para definir acontecimentos que se relacionam não por relação causal e sim por relação de significado)

Entrevisa do Silas para o Estadão




Entrevista do Silas para o Estado de São Paulo no dia 2 de agosto, clique na imagem para ampliar, vale a leitura, mostra porque estamos no caminho certo.


Os melhores são os nossos

Semana de preparação para o último jogo do turno e seria chover no molhado dizer que esse é um jogo encardido. A torcida avaiana não é tansa, sabe muito bem que para jogar contra um time que está na zona do rebaixamento é necessário muita paciência e disciplina tática.
A um jogo do turno nossa classificação é saudável, podemos inciar o returno com 30 pontos computados na nossa conta, pra isso temos que vencer o Naútico no sábado.
Muito tenho ouvido falar e lido sobre possível "desmanche" do nosso time, não sei qual a intenção desses "jornalistas" mas com certeza não é colaborar com o bom ambiente do nosso Clube, um time que está na sétima posição, sendo elogiado e citado como exemplo em todo o Brasil merece outro tipo de notícias em sua própria cidade. As "qualidades" do time do estreito eles berram as quatro ventos, as nossas são ditas de boca pequena e em pequenos espaços dos jornais, mas a gente agora tem os blogs e pode escrever em letras garrafais:
MARTINI É O MELHOR GOLEIRO DO ESTADO, MARQUINHOS É O MELHOR MEIA ESQUERDA DO BRASIL E SILAS O MELHOR TÉCNICO.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Nova música

Recebi do meu amigo Inácio Bustamante(mineiro avaiano) por e.mail, essa nova música para o Avaí, não tenho detalhes de quem é o autor e o cantor. Alguém sabe?

Esclarecimento: Meu amigo e Blogueiro Fábio Machado me mandou um e.mail com o nome do autor dessa música, segue o texto:

"KÁTIA QUERIDA

A musica que vc colocou no seu blog com montagens de fotos foi composta pelo Juarez Di Oliveira. Um gaúcho cantor e compositor tradicionalista gaúcho, que ao chegar na cidade se apaixonou pelo AVAI. Aqui esta o orkut dele: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?origin=is&uid=12812999151674557525"

domingo, 9 de agosto de 2009

Humildade dos sábios

Além da ótima campanha que estamos fazendo para que possamos continuar na série A do ano que vem, as entrevistas do Silas nos dão a certeza de que nosso técnico com sua competencia, sabe exatamente onde está pisando, sempre muito ponderado e consciente, Silas insiste em afirmar que o foco do Avaí é a permanência na elite do futebol brasileiro. Isso se estende para toda a nossa torcida, que sabe todas as dificuldades que ainda teremos nesse campeonato, a série A não permite desconcentração nem oba-oba, e se tem uma torcida que tem na fidelidade e na humildade orgulhosa a sua bandeira, essa torcida é a nossa, a torcida avaiana.
Continuar aumentando o número de sócios e aumentar a presença da torcida nos jogos na ressacada é prioridade e necessidade para que o Clube possa subir degrau por degrau e ir conquistando um novo e permanente espaço no Brasileirão. Vamos assim, com a consciente humildade dos sábios, porque só a quem conhece seus limites e continua trabalhando, é dada a chance de ultrapassá-los com segurança e maestria.
Grande Silas, grande avaianos!

Papai azul


Num domingo totalmente azul, só posso estar feliz por torcer para esse nosso Avaí, por ter sido concebida com o DNA azul da cor do nosso mar e por ser filha de goleiro avaiano, um homem integro que me ensinou a viver eticamente e a ter como paixão esse time que combina em tudo com todos os bons pais: é um Clube sério e apaixonante.

Nesse domingo dia dos pais, meu sincero abraço a todos os pais avaianos e minha recordação, que é diária, do amor que meu pai sempre teve por mim, por seu exemplo de humanidade e de lealdade, por seu carater e sua indole e por ter vestido a camisa número 1 do Avaí.

Ser filha é um privilégio, ter um pai que sabe amar os seus é inesquecível e uma graça divina, por tudo isso, sou uma mulher feliz e realizada, mesmo na ausência meu pai é sempre muito presente, é sempre um presente de Deus.

Aos que tem pai vivo, desejo a linda sensação de um forte abraço e aos que já sentem a falta do seu, a certeza de que ele corre em nosso sangue e pulsa nossos corações.

Um beijo especial para o Matagato e para o Tullo Cavallazzi, nesse dia que tem a cara deles.

sábado, 8 de agosto de 2009

Peixe frito

Quem ainda duvidava, quem ainda não acreditava, quem ainda não conhecia, quem ainda não sabia que na ilha tem um time que joga com a raça de um Leão, descobriu tudo isso hoje na Vila Belmiro, arranhamos o Santos ao buscar um empate num jogo de times grandes.
Apenas não suportamos os primeiros 10 minutos do primeiro e do segundo tempo, depois todo o tempo que restou foi nosso, foi do Marquinhos que jogou muito, foi do Muriquí que continua só sendo parado com faltas, foi de um time bem estruturado em campo, de um time que continua jogando no limite máximo de seus jogadores, de um grupo que Silas conhece e que sabe tirar o melhor de cada um, foi do William que conhece o caminho das pedrinhas da Vila e foi do lindo, do meu fofo zagueiro Emerson.
Ouvi foguetes no 2 x 0 para o Santos, com certeza de santistas que moram na ilha, porque não posso acreditar que o pessoal do continente que perdeu para o América em casa, tinha forças para acender um foguete contra o time que está na série A e na posição da tabela em que estamos, esse Avaí faz coisa.
Quem soltou foguetes no gol do Santos com certeza já foi dormir com a cabeça inchada, peixe aqui na ilha a gente come frito, bem fritinho e com pirão d'água.

Hoje é contigo, Marquinhos

Mais um jogo fora de casa, mais um jogo para entrar com concentração total e no limite máximo, Santos na Vila não é fácil mas não é imbatível. A pegada do Leão tem que ser a mesmas dos últimos jogos, marcação cerrada e displina tática, assim estamos conquistando nosso espaço na tabela do Brasileirão 2009.
Como disse no post abaixo, essa Vila é a do camisa 10 e tem a magia das jogadas do Pelé em seu gramado, no seu ar. Que essa magia invada o coração de leão do nosso craque e ele mostre todo o seu futebol, porque já tem gente querendo compará-lo com jogadores da segunda. Aproveita o clima do estádio onde o maior do mundo brilhou e deixa a tua marca na Vila, Marquinhos, nosso camisa 10.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A Vila do camisa 10


Amanhã o nosso Leão irá se apresentar na Vila mais famosa do mundo, a Vila que nos deu o maior jogador de todos os tempos, o homem que elevou o Brasil a ser e ter o melhor futebol do Planeta, e sempre que eu penso num símbolo para o futebol, a minha mente produz rapidamente a imagem do Pelé com a camisa 10 do Santos.

Sábado nos apresentaremos nesse templo histórico do futebol e vamos como deve ser, com nosso lindo trage de gala nas cores azul e branco, assim se vestia o Santos no início, você sabia?

"O Santos Futebol Clube foi fundado em 14 de abril de 1912 na sede do Clube Concórdia. A agremiação, em seu primeiro ano de existência, adotou o modelo do escudo do Concórdia e suas cores: azul, branco e dourado." (Site oficial do Santos)


Jogar na Vila não é fácil, a torcida Santistas "funga no cangote", se o Avaí conseguir desempenhar o seu bom e competitivo futebol, com certeza vai deixar essa fiel torcida irritada e isso pode contar muito a nosso favor. Jogo de iguais podem apostar, dificil, mas bem como o Leão gosta, portanto, vestidos nas cores que fazem parte da história desse Clube praieiro, vamos mostrar que praia por praia e azul por azul, agora quem lança a rede somos nós e futebol é uma das nossas praias, com sede no sul da Ilha de Santa Catarina

Quem vai brilhar com a camisa 10 na Vila de hoje?

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A caça

Quantos são necessários para parar o Muriquí? O cara está sendo caçado dentro de campo, dá uma contada e vê quantos estão caçando o nosso Leão atacante, e o de amarelo só espiando, é um istepô!!

(a foto recebi do Rafael Bustamante, do Site Manto Avaiano)

Suspensão do Ferdi e mais um pouco do jogo de ontem

Tribunal de Justiça Desportiva mais realista que o Rei: deu 3 jogos de suspensão para o nosso Ferdinando, que exagero, que o jogador é faltoso isso é, mas desleal nunca, não foi uma agressão, foi uma falta de jogo e os caras do tribunal nos tiram o jogador por mais dois jogos, ele já cumpriu um. Ontem no jogo contra o Santo André, 'Ferdi' jogou quase sozinho na proteção da zaga, junto como Augusto foi um dos melhores em campo, num jogo com muitos erros de passe e sem muita inspiração dos meias, ele soube se impor e ajudou o time a conquistar essa importante e dificil vitória.
Senti falta do Caio, acho que ele poderia ter entrado no jogo de ontem, Odair jogando sozinho como meia de ligação não rende muito, ele tem que ter a compainha do Marquinhos ou do Caio, isso com certeza prejudicou o desempenho do atacante Roberto, que quando entrou em campo não pode contar com uma bola enfiada corretamente para ele. Marquinhos não vinha muito bem no jogo mas deu pra notar o que eu já sabia, mesmo não estando num bom dia, quando ele sai o time fica menos inspirado, e o adversário avança ainda mais sobre nós, por isso pra manter um nível mais elevado no meio de campo, acredito que o substituto ideal para o Marquinhos é mesmo o Caio. O nosso Capitão Caverna deve ocupar o lugar ou do Muriquí ou de um voltante, quando for o caso dessas substituições, porque o time titular do Avaí está certinho, certinho! Vamos ter ainda muitas alegrias.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Ave Augusto's


Como já era esperado, foi um jogo encardido, dificil, de forte marcação e poucos lances de gol, mas o nosso time mostrou que tem personalidade e soube marcar um lindo gol numa bela jogado do Muriquí que William não desperdiçou. Augusto foi o nome do jogo, que zagueiro regular, joga na bola, não faz falta e sabe se antecipar como poucos. Num jogo truncado saber aproveitar uma chance de gol e fazer dessa chance a vitória que nos dá três pontos e para se comemorar e muito. Ninguém mas vai jogar contra o Avaí na Ressacada sem antes estudar bem o nosso time, sem cuidados defensivos e sem marcar os nossos meias, vai ser assim, saber variar as jogadas e mesmo mudar os meias na hora certa, será sempre necessário. Muriquí foi o de sempre no primeiro tempo, no segundo teve uma queda normal de rendimento, os jogos de Avaí não tem sido faceís e claro, nossos jogadores vão sentir o ritmo do jogo. Agora é saber jogar com inteligência e ter peças que possam entrar e manter o ritmo da nossa equipe. Estamos no caminho certo, estamos pontuando e dando uma encorpada no todo, o grupo tem que estar sempre preparado, porque pode apostar, todos vão ser utilizados nesse campeonato, excelente vitória, belo gol e três pontos na tabela.

Pé de Chumbo X Pé de Anjo


Com o retorno no jogo de hoje, contra o Santo André, do jogador Ferdinando e com a presença do Marcelinho (bobinho) Carioca, teremos na ressacada um duelo particular entre o Pé de Chumbo e o Pé de Anjo, tô apostando minhas fixas no Pé de Chumbo, com esse "cocoroeste" sobrando forte, é só o nosso Ferdi acerta o passo e meter um míssel contra o adversário.

Hoje em dia o time a ser visto é o nosso, o time a ser vencido é o nosso, o time a ser imitado é o nosso, o craque é nosso, portanto, chumbo grosso pra cima dos caras, porque eles vem para tentar parar a nossa sequência vitoriosa e nós não vamos deixar, quem está com asas e voando alto é o nosso Leão, anjo sobre a Ressacada.

Vamos mostrar as nossas garras


Imperdível! Assim é o jogo de hoje a noite na ressacada. Um jogo que com certeza será "encardido" e como tal, decidido na garra e na concentração que a série A exige. Nós podemos e devemos fazer a diferença, a nossa casa precisa estar mais azul do que nunca, daqui pra frente vai ser assim, todos querendo nos vencer. Temos que mostrar pra que viemos e isso se faz com determinação tática, disciplina na postura em campo e muita, muita luta. Nosso guerreiros tem tido essa postura todos os jogos e nossa torcida sempre foi singular, nessa quarta vamos mostrar nossas "garras", seremos leões ferozes a defender nossos domínios.

Que todos saibam que recebemos bem a torcida adversária, mas que todos saibam também, que nos vencer na ressacada é muito difícil, sabemos suportar com bravura leonina os invasores e quem se atrever a não respeitar os nossos domínios, será sempre punido com a derrota. Diante do adversário, polegar para baixo, vamos derrubar todos eles.

A ressacada nos espera, o time conta conosco e nós seremos ouvidos os noventa minutos do jogo, vai pra cima deles, Leão!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Albúm de figurinhas


Desde pequena gosto de fazer albúm de figurinhas, do Campeonato Brasileiro já fiz alguns, o do ano passado é histórico para nós avaianos, nosso acesso e claro que eu fiz, agora esse ano mais um albúm que eu não deixaria de fazer por nada desse mundo, já comecei e que delícia ver nosso Clube entre os vinte da Elite e nosso co-irmão nos times da segunda. Imperdível essa coleção. E como é gostoso abrir os pacotinhos e torcer para que não seja uma figurinha dupla, trocar figurinhas com os amigos então é tudo de bom, hoje estou indo na casa de uma amiga avaiana para trocar figurinhas com ela, me sinto com dez aninhos, isso não tem preço.

Mostre seu amor Azul

Então, passado o jogo contra o Corinthians e os bandeiras, o excelente desempenho do Martini e o ponto conquistado no pacaembu, vamos mirar nossos refletores para o jogo de quarta contra o Santo André. Mais uma batalha que vai exigir concentração total do nosso time e da nossa torcida, devemos lotar a ressacada, a hora presente é nossa e deixar de apoiar o Clube nesse bom momento seria um erro irrecuperável no futuro, todos nós sabemos das dificuldades crônicas do acesso ao estádio, do frio que bate forte no sul da ilha mas, todos nós também sabemos o quanto lutamos para chegar nessa série A e hoje ela é uma realidade que pode e deve nos qualificar para permanecer crescendo como Clube e como time.
Participar esse ano indo ao campo é lei para todos os verdadeiros avaianos. O que o nosso time tem demonstrado dentro das quatro linhas é mais um motivo real para que o nosso estádio esteja lotado na quarta e nos demais jogos do brasileirão. Tudo o que pedimos no início do campeonato estamos vendo acontecer dentro do campo e as mudanças no estádio já são vistas a alguns meses, estamos crescendo sim, e cabe a nós torcedores acreditar que esse crescimento passa necessariamente pela nossa participação efetiva nos jogos em casa, ser sócio é prioridade total e ir ao campo é avalisar esse crescimento que apenas começou.
Fica o convite, seja sócio do Avaí e faça do presente a certeza de um futuro azul e branco. Demostre que seu amor é azul!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Silas no Arena Sportv

Sportv X RBS


Análise do Lédio Carmona, comentarista do Sportv:


"Qual é o limite do Avaí? Acho precipitado dizer que pode ir à lua, mas é leviano jurar que o time uma hora voltará a despencar. São seis jogos invictos, com cinco vitórias e um empate. No Pacaembu, o Avaí encarou o Corinthians, jogou de igual para igual, teve Eduardo Martini fazendo defesas excepcionais (goleiro da rodada) e cinco impedimentos mal marcados contra o time. Como é medonha a maioria da arbitragem/assistentes do Brasil! Aposto que o Avaí ainda tem lenha para queimar. O time pegou, a torcida está animada e comprou o barulho, Paulo Silas retormou o comando. Contra todas as previsões de lugar-comum, duvido que o Avaí despenque e volte a ser ameaçado de queda."
Esse viu o jogo, já os "profissionais" da RBS ...deram faniquito pedindo um pseudo-pênalti a favor do Corinthians, sim a favor do time paulista, é... a rede de comunicação não tem só gaúchos não como a gente imaginava, tem manezinho-paulista também, só não tem profissionais isentos. Credo, que secação contra o time do nosso estado, por essas e outras que confesso aqui pra vocês: eu sabia que a RBS ia passar o jogo, mas comprei o PPV só pra não ouvir besteiras, não tenho mais idade, "mais vale um bem do que um vintém", como diz a minha Mãe)

Foto da semana


Como não posso ficar escrevendo nome feio aqui no blog, nada melhor do que essa foto da Jamira Furlani, nosso capitão fala por todos nós, avaianos.
A foto merece um prêmio, diz tudo sobre os bandeirinhas, que vestem as cores do Coringão.


domingo, 2 de agosto de 2009

Resumo da ópera(da) em Sampa




O RESUMO DA ÓPERA(da) EM SÃO PAULO

No Pacaembu as defesas se destacaram:

1) Pelo lado do Avaí o nosso trio de zagueiros e o nosso goleiro Martiní souberam parar os atacantes corinthianos;

2) Pelo lado do Corinthians os dois bandeiras foram perfeitos em parar os atacantes Avaianos.

Silas e o Avaí

Não podemos deixar de elogiar o nosso técnico, a nova personalidade do Avaí em campo é mérito do Silas, que mesmo teimosinho, soube mudar o nosso esquema tático e a postura do time, dando ao nosso elenco as qualidades para disputar a série A. O jogo de hoje contra o Corinthians é prova disso. Quando que um time com a estrutura do Avaí, perde três titulares e encara o elenco do Corinthians com a força e a tática com que jogamos no Pacaembu? Com certeza habilidade e competência do nosso técnico, que está conseguindo com esse grupo resultados que supreende a todos nós. Time é técnico estão novamente alinhados, focados no mesmo objetivo e Silas consegue ter uma disciplina tática de seus jogadores que é invejável por qualquer time do Brasil.
Claro que um técnico com essa capacidade sabe exatamente o que ainda precisamos para continuar lutando nesse longo campeonato, mas tem garra para tirar dos seus comandados o máximo de cada um, essa é a qualidade maior para que Silas se torne um dos melhores técnicos do Brasil e ele sabe disso, seu trabalho tem sido responsável pelo nosso crescimento como Clube e o Avaí crescendo pelas mãos do Silas, vai leva-lo onde ele quer, ao topo.

Grande jogo, mas os bandeiras ...

Com uma atuação irrepreensível do nosso goleiro Eduardo Martini, com uma atuação desastrosa dos dois bandeiras, que interroperam erroneamente cinco contra ataques do Avaí, saimos do Pacaembu com a moral ainda mais elevada, e mostramos para todo o Brasil um dos melhores goleiros desse campeonato e com certeza, o melhor goleiro do estado.
Jogamos sem três titulares e no primeiro tempo foi fácil perceber a falta de entrosamento, mas no segundo tempo o nosso time se acertou em campo e se os dois abobados com a bandeira na mão deixam os lances de contra ataque prosseguir, poderiamos ter saído com a vitória. Um time que se propõe a jogar no contra ataque, se vê muito prejudicado quando os bandeiras erram por cinco vezes e impedem a jogada de prosseguir.
Grande jogo, grande Martiní, grande zaga e grande time, assim somos nós, o Avaí Futebol Clube.
Apenas uma pergunta: Será que a Comissão de Arbitragem vai colocar os dois bandeiras na geladeira? Se os erros absurdos (cinco impedimentos errados) dos dois no jogo fosse contra o Corinthians com certeza, mas como foi contra o Avaí ...

Jogão no Pacaembu

E nesse domingo nossos corações azuis estarão no Pacaembu, muitos de nós presentes fisicamente, sei que muitos torcedores do Avaí viajaram para Sampa, mas com certeza todos os que estiverem de olho na telinha ou com o ouvido no rádio, jogarão com o nosso time. Já nos fizemos ouvir no Maracanã, no Beira-Rio, na Arena da Baixada e com certeza não será diferente em São Paulo, sei da força da torcida corinthiana mas os avaianos nunca se deixam intimidar e ouviremos sim, nossa voz empurrando o nosso time.
Jogo bom, jogo difícil, vitória de quem conseguir concentração total durante os noventa minutos, hoje em nada ficamos devendo para o elenco corinthiano, estamos desfalcados mas eles também, no futebol sempre se diz que são onze contra onze, mas as vezes o "sobrenatural de almeida" entra em campo sem assinar a súmula e escolhe uma camisa, tenho um intuição de que esse "penetra" das quatro linhas admira a cor azul e se o nosso time fizer por merecer, ele saberá o momento de decidir o jogo a nosso favor.
Corinthias X Avaí, jogão de bola e esperado desde o ano passado, ainda tenho entalado na garganta o último jogo que fizemos lá, só espero que o de hoje seja vencido pelo time que merecer, não pelo apito.

sábado, 1 de agosto de 2009

A nossa camisa


Conversei com meu amigo Fernando Botelho antes do jogo contra o Vitória e ele me contou da sua viagem para os Estados Unidos, disse que pegou o voo em São Paulo vestindo a camisa do Avaí, durante a viagem a aeromoça se identificou para ele como torcedora fanática do Leão, adivinha? Ele e a esposa foram comendo e bebendo do bom e do melhor até New York, a moça não cansou de agradar o casal azul. Me contou ainda que em Miami estava com a camisa do Avaí caminhando juntamente com um amigo que vestia a camisa do Palmeiras, e por duas vezes eles ouviram chamar: - AVAIANO! O torcedor do Palmeiras não acreditou, os caras paravam eles porque queriam a camisa do Avaí.

Essa camisa está em alta e é ela quem veste a nossa pele, que orgulho!

Marquinhos, vamos vestir sua camisa


A Dona Otilia Pagani está fazendo história no Avaí, o que essa mulher já conquistou em tão pouco tempo dentro do Clube é de se admirar. A nova coleção que foi lançada ontem é linda e claro, mais uma ação inteligente da área de licenciamento do Clube, a coleção Marquinhos valoriza o ídolo avaiano e incentiva que outros sigam seus passos, o Galego da Ressacada é atualmente o craque avaiano e merece essa coleção com seu nome. Que depois dele virão outros e mais outros disso eu não duvido, todos os Clubes lançam produtos valorizando o craque, agora temos o nosso numa coleção bonita para vestir com orgulho e desfilar por esse mundão afora, afinal a nossa torcida não tem limite de fronteiras. Segunda feira já está nas lojas esse lançamento e mais outras novidades, vamos vestir azul todos os dias.

Jogo de totó


Helton Luiz, da rádio CBN, falou antes da partida do time do estreito contra o Campinense, que na entrada da cidade tem um placa dizendo: "Venha a Campina Grande e leve três pontos."

Ops! O nosso vizinho do continente esteve por lá ontem e não levou nada, trouxe sim quatro gols na bagagem e um banho de bola com direito a olé nos últimos 10 minutos.

O super-power-ranger goleiro Wilson saiu "catando" borboleta no primeiro gol e no final se deu ao luxo de marcar um gol de pênalti que o seu árbitro deu de presente para os goleados, pura camaradagem. Já estou fazendo a campanha "Fica Roberto Fernandes!". O que foi aquele esquema tático que o cara usou ontem? Pura inovação, coisa mais querida, adorei. Quando se joga com Totó ou totó é assim mesmo, é só olhar na mesa do jogo a disposição dos jogadores, tô falando do joguinho de totó, aquele, com os jogadores de mandeirinha e que a gente movimenta com as mãos, qualquer semelhança com o time do estreito e pura coincidência.