quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

"Se todos fossem iguais a você"


E vamos nós pra terra do Marinheiro, Itajaí.
Cidade do meu grande amigo Otávio.
Marinheiro de muitas viagens, mas um pedacinho do seu coração é  azul.

Amo o Avaí, todos sabem.
Nasci avaiana e o privilégio de assistir os jogos ao lado do meu pai, transformou-me numa apaixonada incondicional.
Depois ainda pequena, uma das amizades da minha mãe me ensinou a ser ainda mais, muito mais avaiana.
Dona Nesi deixou um comentário aqui no blog que faço questão de reproduzir.


São palavras de uma avaiana que faz, age e atua; que sabe arregimentar como poucos novos guerreiros para as nossas fileiras.
Ela é concebida avaiana e transforma isso em ações em prol do nosso Clube.
Hoje nós jogamos. Mas não esqueçam que esse “nós” é um conjunto de apaixonados e dele faz parte uma mulher que tem muito a nos ensinar.
Hoje ela nos dá uma aula com suas palavras, mas todos os dias ela atua com ações dentro do nosso Clube.

Nesi Brina Furlani disse...
“Minha sogra dizia que na separação de 2 quem se divertia era o 3ª. Assim com torcedores avaianos. Quando 2 torcedores malham o Avai o 3º inimigo se diverte. Vamos acreditar gente.”

Meu desejo é que os nossos jogadores joguem com o espírito dessa mulher. 
Daix um banho, Nesi!

4 comentários:

Serjão Jr disse...

Sabias palavras da sogra de Dna Nesi.
Pura realidade.
Assim como meu avo sempre dizia ao encontrar uma pessoas sempre mau humorada.
Penha pena dele, coitado não deve ter vida sexual, seria querer demais que tenha vida social.

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Dona Nesi é um ícone da avaianidade.

Jamira Furlani disse...

Minha Nona tinha umas filosofias que eu de vez em quando descubro uma. kkkkkkk

Na boa, a Nesi gosta mais do Avaí do que de mim... e é verdade! kkk

Kk de Paula disse...

Jamira, tu és uma figura.
Hoje já usei a sandália mais linda do mundo. Presente da tua mamãe.
#Adoro