quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Os leões da retaguarda no ataque


Um primeiro tempo regular, e um belo gol com um passe inteligente de Diogo Orlando.
Continuamos com deficiência na meia cancha, quem vem aparecendo por ali é Bruno e no  hoje de hoje, Diogo Orlando. 
Robinho na companhia desses dois volantes,  joga muito atrás e os homens da frente não estão aproveitando as poucas bolas que o nosso camisa 10 consegue distribuir com alguma qualidade.
Mas esse tempo foi "dominado" pelo nosso time.

O segundo tempo foi sofrível.
Não criamos, usamos poucos as laterais, chutões, chutões, chutões.
Nosso ataque continua devendo, e muito.
E o Brusque veio pra cima, veio sem qualidade mais veio.
Ovelha demorou pra fazer as substituições.
Palhinha teve pouco tempo no jogo; Cleverson sem ritmo ou desligado. Não sei.
Valeu a vontade, o suor. Porque inspiração faltou.
Com alguma transpiração e uma inspiração do Orlando que Renato soube aproveitar, vencemos o jogo contra o fraco time do Brusque.
Três pontos importantes.
Muita coisa pro Ovelha arrumar e ás vezes, se arriscar mais.
Quando a gente pensa que o comandante vai passar ao menos a quarta marchar, ele não o faz.

Foto: ClickRBS

Um comentário:

Serjão Jr disse...

A la Felipão, futebol/resultado e o torcedor com o coração na mão.
O que importa é que vencemos.
Urra Leão!