sábado, 25 de fevereiro de 2012

Que barulho, Felipe


O post abaixo me fez pensar, refletir e voltar pra realidade transformada. 
Felipe Silva me "obrigou" a reproduzir seu texto. 
Como estou feliz por ter um jornalista desse naipe que torce pelo nosso Avaí. 
Foi mesmo um "barulho" que ele provocou em minha atenção, e consequentemente em minha consciência.

Post originalmente publicado no blog Solta o Leão.

Muito Barulho por pouco:

"Pelo que li e ouvi nos últimos dias, parece que, se o Avaí tropeçar no domingo, está eliminado do campeonato. “Meu Deus, não vai vencer o turno, tá tudo perdido!”, é mais ou menos o que dizem. Acho que falta conhecer melhor o regulamento do campeonato.

Se o Figueirense vencer o turno – e ele deve vencer -, isso não garante que ele estará na final. Ainda tem semifinal, que envolve o campeão do turno, o campeão do returno e mais dois do índice técnico, ou três, se o mesmo time ganhar os dois turnos. Ou seja, vou repetir pela milésima vez: o importante é chegar entre os quatro. Ganhar turno é legal, dá vantagens, pode ser importante, mas não garante nada. Dos últimos sete campeonatos, três (2005, 2007 e 2008) foram vencidos por times que decidiram fora de casa.

A campanha do Avaí não é ruim. São 15 pontos em oito jogos, um aproveitamento de 62,5%. É melhor que o aproveitamento do primeiro turno de 2009, quando fomos campeões, e de 2011, quando estávamos na Série A. Ruim foi a atuação contra o Joinville, quando o time se arrastou em campo e, pra completar, o treinador deu uma entrevista pós-jogo que nos deixou ainda mais confusos: afinal, o que aconteceu que ele e a comissão técnica não podem interferir? Nas demais partidas, as que ganhamos e as que perdemos, não vimos nada que não fosse esperado, para bem e para o mal.

“Ah, mas o Avaí só ganhou dos fracos e perdeu pros mais fortes”. Ganhou do Criciúma. “Ah, mas o Criciúma é ruim”. É ruim e tem dois pontos a mais que o “forte” JEC. Além disso, jogamos contra Joinville e Chapecoense fora (igual ao Figueirense, o da Série A, que somou apenas um ponto contra esses dois rivais) e ganhamos do Atlético de Ibirama, que chega à última rodada brigando pelo título do turno. Faltou dizer que estamos atrás apenas do time mais rico do estado e da atual campeã.  Mas claro, isso ninguém fala, a campanha é ridícula, estamos sendo humilhados, é uma vergonha, e por aí vai.

Marcinho Guerreiro, o grande capitão injustiçado que o malvado Gallo mandou embora, hoje não presta pra nada. Moretto, a muralha da Série A, virou um frangueiro. Mauro Ovelha, o treinador que disputou cinco finais em oito anos, é uma besta quadrada que não entende nada de futebol. Claro, que, sentando no sofá vendo jogo e tomando meu uísque (ZUNINO, 2012) é que entendo.

Gostaria de ver esse mesmo empenho em reclamar de tudo quando o presidente diz que pretende fatiar os guris da base entre os diretores que “emprestaram” dinheiro ao clube ano passado. Não, não esqueci das entrevistas do presidente ao InfoEsporte. Vou comentá-las em breve. Se houvesse um décimo de empenho em cobrar o extracampo como há em reclamar de tudo que ocorre dentro das quatro linhas, garanto que estaríamos bem melhor do que hoje." Felipe Silva do Blog Solta o Leão.



4 comentários:

RODRIGO disse...

Kk a minha crítica não é em cima dos resultados que até podem ser considerados bons, o problema é a produção do time e até aonde esse time pode chegar. Pelo menos nesse time que jogou domingo temos 5 jogadores sem a mínima condição de jogar no AVAI (quero deixar claro que é minha opinião). Quanto a parte do presidente penso que o grande Felipe esta correto, infelizmente não é só no AVAI que isso acontece. Aliás para tirar o rei do poder só com muuuuita vontade mesmo, um grande beijo!

E M Í D I O J R. disse...

Não precisa comentar, elogiar ou criticar o presidente em um próximo post. A defesa do Zunino foi feita nas linhas anteriores ao ultimo parágrafo. O jogo contra o JEC foi a cereja que faltava no bolo. Aceitar esse futebolzinho medíocre só porque tem 15 pontos e está em terceiro é digno de quem não enxerga ou entende de futebol. O clube hoje é uma caricatura e os culpados, sabem quem são?? Estes que se contentam com migalhas e através de palavras tentam o imponderável...

RODRIGO disse...

Só para deixar claro acho que o presidente e sua diretoria são os grandes culpados por esse time R$ 1,99. Talvez eu não tenha sido claro, mas minha crítica em cima desse time e dessa administração são grande. Acho que o Emídio resumiu tudo, esse AVAI é uma caricatura de time!

Anônimo disse...

Assino embaixo Emidio. Assino embaixo !
Quando vc tem um passado tao glorioso, nunca vai se contentar com isso dai que TODO MUNDO esta vendo.
A mais de dois anos que as "coisas" vem acontecendo, que a mente ja fica esperando qual será a proxima. Precisamos perder este mal costume urgente, sobre pena de baixar de 4 para 2 mil no estadio.
... e isto é o presidente e sua diretoria que tem de resolver. Sao eles que ganham para isso e nós pagamos para que eles facam isso !
O melhor para o Avai !

Abracos
Marcelo Alves