quarta-feira, 1 de julho de 2015

Conseguimos perder para o Vasco

O Avaí começou jogando muito mal e por um milagre não tomou gols nos primeiros dez minutos de jogo: Um time sem qualidade na meia e com muitos erros de passe não foi páreo nem para o fraco time do Vasco no início da partida.  
Após os vinte minutos o Avaí conseguiu se arrumar o suficiente em campo para enfrentar um time como o Vasco e começou a jogar menos mal. Mas levou apenas uma jogada de perigo ao gol Vascaino.
No segundo tempo, sem mexer no time, o Avaí continuou sem qualidade na meia e sem criar jogadas para o gol.  Numa saída pro jogo errada do Eduardo Neto o Vasco ficou com a bola e num chute de fora da área chegou ao seu gol (Vagner estava muito adiantado e nada pode fazer).
Kleina fez algumas mexidas tardias e erradas. 
Mas também não podemos esquecer que o nosso elenco é limitado.
Juninho, que hoje foi o camisa dez, não mostrou nada e cada vez que tocou na bola rolou ela pra trás; André Lima não jogou nada (William entrou e o pouco tempo que esteve em campo fez mais que o titular); Eduardo Neto é limitado; Romário é fraco e Antonio Carlos conseguiu ser expulso no final do jogo. Pablo joga com raça e disposição, não compromete mas não pode se esperar criatividade desse jogador. Nino Paraíba leva a bola muito bem ao ataque, mas não hora de tirar nota dez... Nada acontece!
Perdemos mais um jogo onde a falta de qualidade do adversário nos dava condições de buscar um resultado melhor. Jogamos mal e conseguimos perder para o Vasco.
Marquinhos a  cada jogo sem ele faz mais falta ao time Avaiano, e hoje ainda sentimos a falta de Anderson Lopes no ataque.

4 comentários:

João Guimaraes disse...

O Goleiro do Avaí estava muito mal colocado no lance do gol, e não é a primeira vez.

Kk De Paula disse...

Concordo contigo. Está jogando muito adiantado e tem dificuldades também quando precisa sair do gol. Reposição de bola também precisa ser aprimorada.

ney.lf disse...

E tem gente ainda que abre a boca para criticar o Marquinhos, sem ele nada acontece, não existe criação, somente transpiração.
Se está ruim com ele muito pior sem ele. Enquanto não trouxerem um outro meia de criação para jogar com ele ou no seu lugar a torcida deveria rezar para que não fique fora dos jogos.
Já trouxeram Renan Oliveira e agora Juninho, os dois juntos servem para engraxar as chuteiras dele, um pé para cada.
A hora que sair do clube vão malhar ele, é sempre assim, tem alguns que o tiraram para cristo, se joga criticam que está lento, sem vontade, gordo, etc... Se fica de fora dizem que não quer mais jogar no Avai, está desmotivado, só pensa em dinheiro e não liga para o clube, está se solidarizando com o Eduardo Costa, etc...
Ainda vou ver muita gente sentir saudades quando pendurar as chuteiras. Se hoje criticam o futebol Brasileiro como um todo pela falta de qualidade, deveriam observar e enaltecer a qualidade do galego que, com a bola nos pés, tem o passe diferenciado, a visão antecipada de jogadas e a inteligência que falta a quase todos os boleiros. Enfim, ruim com ele, pior sem ele, no estadual ficou claro mas, tem alguns que vão na onda e gostam de sofrer, aguardem...

Ney Lúcio Félix

Kk De Paula disse...

Assino embaixo, Ney!