quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Um dia de fúria

"Eu sou o comandante", "se for preciso, eu vou mudar", "não admito isso"

3 comentários:

Serjão Jr disse...

Muitos não gostaram, pessoalmente acho que tem certas horas que so no berro se consegue acordar uma turma tão sonolenta (sem tesão). Sacode Avai!

renato prates disse...

ele deveria ter dado esses berros era na frente do espelho,pois o responsável pela escalação é dele;e sua teimosia ja passou dos limites.MEio campo sem marcação com batista e pedro ken ninguem ,mais engole!

Paulo disse...

Realmente, é coisa para a gente rir....agora vai, pois ele entendeu que é o comandante, e explicou isto para a cacalhad...sera que agora o romano corre atras do adversario ?, o batista irá jogar ? o robinho mostrará que é jogador de futebol ? a cabeça de área ira proteger a zaga ? a zaga irá parar de tomar gol ? !!!

ta dificil ....e a cariocada fugida ? e o principe ? ... bem, se tudo isto ai em cima funcionar, o Zunino dará uma entrevista para a torcida com certeza !!!!