sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Teimosinhos infantis


A imagem que espelha todos nós

Meu corpo voltou a ter 5 aninhos.
Como num passe de mágica, quando os jogadores do nosso time chegaram ao Aeroporto, me senti erguida pelos braços de meu pai.
Cantei, dancei, sorri e acreditei em tudo e todos ao meu redor.
Que privilégio ser torcedora, que feitiço encantador ser apaixonada por um Clube.
O sabor dessa paixão nos nivela em tudo. 
Na idade, na cor, na voz, na louca vontade de ser ridículo.
Como eu fui ridiculamente feliz hoje no sul da ilha.
Felizes os crentes, os “teimosinhos infantis”.
Que bom que eu me dei esse presente.
Fui, cantei, dancei e me senti nos braços de meu pai.
Essa atemporalidade ensandecida que a paixão pelo futebol cria.
Ser torcedora do Avaí é saborear o gosto de tudo que experimentamos na infância.
Basta ver o nosso escudo.
Não envelhecemos nunca.

3 comentários:

Serjão Jr disse...

Kk essa arrepiou. Depoimento que me levou as lagrimas. Esse Avai provoca emoções. Tamos juntos! Vai pra cima deles, Leão!

Anônimo disse...

Isto mesmo ! Meu Deus, como é bom ser avaiano. Eu iria de qualquer forma, mas o que me empurrou de uma vez por todas mesmo muito puto com o Avai foi ler alguns blogueiros me incentivando a nao ir. E como o Avai, tambem sou bem teimoso. rsrsrs.
Sempre vale a pena ! Sempre !
Ahhh, eu ja ia esquecendo ! Pela centesima vez eu fiz a simulacao no globoesporte.com e pela tabela dos outros times (Bahia/Ceara e Atleticos) com mais cinco vitorias e 03 empates nos nao caimos.
Vamos vencer o Bahia amanha e o torcedor avaiano vai voltar pra casa !

Abracos
Marcelo Alves

vilzete disse...

Somos avaianos e não desistimos jamais, ma alegria, na tristeza, em qualquer lugar AVAI AMOR INCONDICIONAL