sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O remo, meu pai, eu e Fabiana Beltrame



Duas paixões meu pai cravou em meu peito.
O Avaí e o Remo.
A minha paixão sobre o Avaí todos já conhecem. Mas o remo...
Aos domingos, eu na garupa da bicicleta pedalada por meu pai, saia de casa para assistir lindas provas de remo.
Na Praça XV ao lado do Miramar eu sentava numa mureta para ver os barcos largando para regada de baixo da ponte Hercílio Luz.  A chegada era ali, onde ficavamos com as águas do mar respingando em nossos pés. Meu pai tomava um Faixa Azul e eu, um guaraná.
Torcedores do Riachuelo, azul e branco, tivemos a felicidade de viver essa Florianópolis. Sem aterros, sem violência, sem tumulto e com muita, muitas provas de remo.
Em uma dessas inesquecíveis regadas, havia pego fogo no galpão que armazenava os barcos do Riachuelo. Quando da prova do oito/com, o barco de remos azuis e brancos, venceu mesmo com vários buracos e com água entrando no barco.
Esses domingos em que a felicidade sempre me encontrou, estão todos desenhados com traços fortes e coloridos em azul e branco, em meu coração.
A ilha azul, o mar azul, o céu azul, meu pai ao  meu lado, os remos  azuis entrando e saindo da água, a beleza de uma prova no mar.
Hoje, Fabiana Beltrame, torcedora do nosso Avaí, doura esse esporte com um título mundial e que nos tempos de meu pai, dourava meus olhos encantados por esse esporte e pelo homem ao meu lado.
Fabiana, obrigada por conquistar com garra de leoa, esse título para todos os brasileiros.
Ah, se o Jaime meu pai estivesse vivo... ele me abraçaria como o fazia com a maresia salgando nosso beijo da vitória.
 Fotos:Revista Oficial do Avai

3 comentários:

Carlos Galdino disse...

KK, falar de Remo me emociona. Eu remei no Riachuelo por 5 anos, participei da equipe, regatas, viagens, enfim, ainda que por pouco tempo, me considero um atleta amador e com orgulho.
Eu amo o Riachuelo, ali aprendi muito para o resto da minha vida. Remar na Seleção é coisa para poucos. O remo exige talento genético, além de RAÇA e muito treinamento. Fabiana merece ser EXALTADA ao máximo. O remo é um esporte maravilhoso, mas caro em seu alto nível, e no Brasil o investimento é pequeno, em Fpolis, é ridículo!
Parabéns pelo post, também fiz um a ela.

Abraços

Serjão Jr disse...

Parabens, Fabiana Beltrame!
É mais um Catarinense mais alto no podio. Sucesso!

Serjão Jr disse...

Sinalizadores.
Tem coisa que não entendo, essa é uma delas. O estadio é nosso, mas quem tem liberdade para fazer o que bem quer e com a complacência da PM é sempre os visitantes. Nosso PM é um exemplo em vários setores, mas no futebol o coração alvinegro bate mais forte que a responsabilidade.
Lincoln X Felipão?
Lincoln entrou na pilha dos jornalista e nessa onda ninguém ganha. Lincoln perdeu a oportunidade de ficar calado e Felipão não tem nada a perder. Estão tentando desestatizar nosso jogador. Para o bem do Avaí espero que não tenha replica. O jogador esta feliz no Avaí e o técnico apesar de ultrapassado se acha o dono do mundo. É bom lembrar, o cara insinuou que em breve saberemos o lado negativo Lincoln. Esse rico homem pobre é um infeliz e guarda veneno na geladeira. Nunca é bom dar corda para pessoas desse nível. Vamos focar no futebol e o resto deixar acontecer naturalmente. Vamos vamos Leão!