domingo, 29 de janeiro de 2012

Paixão. Basta!


Vamos “entrar em campo” daqui a pouco.
A paixão vem misturada no inicio desse ano com desconfiança de muitos; irritação de alguns; descontrole dos descontrolados; ironia das minorias sarcásticas; dedo em riste de meia dúzia barulhenta de acusadores; esperança dos crentes e a prudência dos mansos.
Mas nenhum deles está habilitado a desistir.
Os desconfiados querem confiar; os irritados se abraçar na comemoração do gol; os acusadores vão roer os dedos antes da comemoração; os crentes vão olhar para o céu em agradecimento pela vitória.
E os sarcásticos?
Precisam encontrar os prudentes antes de qualquer ironia.

"A prudência supõe a incerteza, o risco, o acaso, o desconhecido.
A prudência não é nem o medo nem a covardia. Sem a coragem, ela seria fraca, assim como a coragem sem a prudência seria temeridade ou loucura.
A prudência não reina, mas governa. O que seria de um reino sem governo?"

Vamos pra Ressacada, Torcida demasiadamente humana.
A paixão nos sustenta, e basta!

(O texto entre aspa é de André Comte Sponville)

2 comentários:

Anônimo disse...

Quanto sofrimento para o Bvai. Ano que vem é série C de certeza!! kkkk

Dinho L V disse...

Tivemos uma pequena evolução desde o 1º jogo, mas, acredito que vamos melhorar ainda mais. Uma arrumada na zaga aqui, na lateral lá, e um matador (Nunes ?)e estaremos habilitados a buscar o título.

Vai Prá Cima Deles Leão!