sábado, 7 de janeiro de 2012

Leão! Leão! Leão!


"Leão! Leão! Leão!
Rugindo como um trovão
Deu um pulo, e era uma vez
Um cabritinho montês
Leão! Leão! Leão!
És o rei da criação
Tua goela é uma fornalha
Teu salto, uma labareda
Tua garra, uma navalha
Cortando a presa na queda
Leão longe, leão perto(...)
...O salto do tigre é rápido
Como o raio, mas não há
Tigre no mundo que escape
Do salto que o leão dá
Não conheço quem defronte
O feroz rinoceronte
Pois bem, se ele vê o leão
Foge como um furacão
Leão! Leão! Leão!
És o rei da criação..."
(O Leão de Vinícius de Moraes - O poeta sempre soube tudo)

Te queremos bem perto de nós, Leão!

4 comentários:

Anônimo disse...

SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B SERIE B

Anônimo disse...

Arrego

Dinho L V disse...

Esse é o Leão, Rei da Ilha, O Mais Vezes Campeão, sempre na raça, e sempre dentro de campo!
Orgulho!!!


E ao anônimo cagão, oriundo das profundezas do lixão do Itacorubi:

"A inveja dos medíocres nos torna cada vez mais fortes!" (....)

Kk de Paula disse...

Dinho, tô deixando ele "arregar" a vontade. kkkkkkkkkkkkkkk