sexta-feira, 26 de março de 2010

A ilha dos casos e ocasos raros


Aconteceram coisas estranhas no Clássico, mas duas são no mínimo sinistras e devemos bater pesado contra elas, não deixar que sejam esquecidas no tempo:
1) A súmula do ex-árbitro conter relatos sobre pseudos acontecimentos fora do campo de jogo. Uma "queixa" feita por um Major para o árbitro no vestiário. Coisa mais bizarra, o cara foi fazer queixa pro juíz?
Parece coisa de guri pequeno: - Papai, o fulano bateu no meu amiguinho.
2) As declarações de um Coronel na rádio sobre a torcida avaiana. Só faltou chamar a todos nós de marginais.

Vampiros, lobisomens, mula sem cabeça, ET de Varginha, Saci-pererê, Bruxas do Cascaes...
Na próxima súmula vão relatar que eles invadiram o gramado da Ressacada.

2 comentários:

julio disse...

ATÉ ESCUTO, PORÉM NÃO COM MUITA FREQUÊNCIA AS RÁDIOS (CBN, GUARUJÁ E BAND/FM)QUE EM FLORIPA FALAM E TRANSMITEM O NOSSO FUTEBOL. PORTANTO NÃO TOMEI CONHECIMENTO DO FATO RELATADO POR VOCÊ. VAMOS AS MINHAS CONSIDERAÇÕES:
QUANTO AO "MANJOR" MENININHO DE RECADO, FOFOQUEIRINHO, DAQUELES MANCEBOS CHEIOS DE FRICOTES, TIPO: AÍ MEU DEUS JOGARAM UM PEDRINHA NO PEZINHO DO MEGANHA. PIOR, O ORDINÁRIO (ASSOPRADOR DE LATINHA), ALÉM DE TUDO RELATA COISAS EXTRA-CAMPO,EVENTUALMENTE ACONTECIDAS NAS CERCANIAS DO ESTÁDIO! TRAZIDOS DE ENCOMENDA!!! SE CONSIDERA O QUÊ UM SEMI-DEUS OU UM SEMI-MERDA!!!
QUANTO AO "CORONÉ" SEI MUITO BEM QUEM SÃO MEUS PAÍS, MINHA FORMAÇÃO FAMILIAR, PROFISSIONAL, E NA SOCIEDADE, ENFIM... NEM DE PERTO, NEM POR HIPÓTESE ENQUADRO-ME NA CATEGORIA-MARGINAL- TENHO 61 ANOS (NÃO PELA IDADE), MINHA VIDA É UM LIVRO -ABERTÍSSIMO- SE O SENHOR DE FARDA-OTORIDADE- GENERALIZOU, COMIGO TOMOU O BONDE ERRADO, POIS NÃO FAÇO PARTE DE SUA FAMÍLIA. UM ABRAÇO - JÚLIO RICHARD CÂMARA.

Anônimo disse...

Acho que vai ser por aí a defesa do Avaí. Ele tem que relatar na súmula aquilo que ele vê.
Mas esse cidadão já entrou com a encomenda pronta.
Já tinha abandonado o apito e já estava na folha de pagamento do Tombense pra dar palestras de como burlar a arbitragem.
O Avaí não tinha conhecimento desta
" Aceçoria" do nobre letrado?
Nessas pequenas coisas que depois viram grandes mérdas é que o Avaí peca.
Com essa turma tem que ficar de olho no padre, na missa, no coroinha e no cachorro que entra na igreja!!!
Sem falar na turma da boca alugada, que pega pesado.
Leo Leão