sábado, 8 de setembro de 2012

Nem Jesus salva!


Quando será que os nossos atacantes vão fazer um gol, um golzinho?
Chega a ser chato, desgastante, irritante escrever sobre o quanto o nosso time perde gols.
O quanto nosso técnico já tentou, nesse campeonato, achar um atacante que saiba chutar a bola fora do alcance do goleiro.
Estamos fazendo o “nome” dos goleiros que jogam contra nós.
Porque quando conseguimos não errar o chute ou a cabeçada, chutamos ou cabeceamos exatamente onde o goleiro adversário está.
Quando será que vamos fazer um gol de escanteio?

Os deuses do futebol quando não punem times, com a quantidade de chance que se apresentou como hoje para nós, com uma bola desviada ou mesmo um gol contra, sopram no ouvido do árbitro e ele sopra o apito marcando pênalti inexistente.
Mas é claro que não perdemos o jogo por isso. 
Perdemos porque não fizemos novamente, outra vez, um gol.
E porque quando Wagner Diniz começou a crescer no jogo, o técnico joinvilense colocou um atacante caindo por ali e nos neutralizou.
E porque quando o nosso técnico resolveu mudar os atacantes para ver se os do banco acertavam o gol adversário, ele chamou Nunes e depois Felipe Alves.
E porque... Credo tem tantos por quês que esse post se tornaria uma bíblia.

É no futebol pra ganhar precisa ter competência e ás vezes está tão fácil, que é só acertar os fundamentos primários pra fazer a rede balançar.
Seis pontos entregues ao JEC.

Pirão deu conta do recado. Protegeu a avenida 'Inoperante Julinho'; roubou bolas; matou contra ataques e ainda saiu jogando muitas vezes com qualidade. Coisa que Diogo Orlando não sabe fazer.




9 comentários:

Wilson de Almeida disse...

Continuem pagando suas mensalidades, que a diretoria Avaiana continua fazendo grandes contratações.

Kaká De Paula disse...

Verdade!

Anônimo disse...

Faltou dizer que o Cléber Santana perdeu um gol na cara do goleiro que o Acosto colocou na cabeça dele.
Paulinho

GabinhaFloripa disse...

O que será que acontece, que faz o nosso técnico achar que o Diogo Orlando joga mais que o Rodrigo Thirsen? Pq será que o cara vinha fazendo grandes partidas e de uma hora pra outra os maravilhosos reservas parecem render mais que ele???? Alguém tem explicação????

Eron disse...

Que atacantes?, este ano, ainda, não vi um sequer e acho que não vou ver!.
Obrigado Zunino, obrigado Arroz.
Eron

roberto rivelino felisbino disse...

nos precisamos éde um capeta pra infernizar a zaga adversaria,de um lateral direito q chute a gol e de um gerente de futebol q conheça o mercado da bola.e não um q serve só de acopanhamento.né seu ARROZ.

Anônimo disse...

Amanhã o Zunino estará no Bate Bola da TVCOM às 21h30, vamos ver se ele dirá que ainda pensa no acesso (sendo que está em 10º lugar) e se anuncia o nome da parceria para 2013, porque a coisa está feia.

Teve a proeza de demitir o gerente de futebol após o título estadual para acatar a ordem de terceiros, que até agora não investiram um tostão no clube. E pior, trouxe um incompetente para realizar as contratações para a competição que deveria ser o foco do clube em 2012.

Ano que vem o orçamento estará ainda menor, pois a tendência é a torcida abandonar de vez, patrocínios não acreditarem mais nessa administração falida e a diminuição da cota de tv. O Avaí perdeu o bonde, deveria ter subido esse ano. Agora é aguardar por um novo presidente, que saiba valorizar a torcida, seja competente e tenha uma visão melhor do futebol, com investimentos nas catagorias de base, manutenção do elenco, planejamento para o futuro, etc.

Parece até um pouco de oportunismo criticar o presidente após um insucesso, mas a verdade é que essa administração é falida e ninguém dá mais crédito. A dívida do clube está em R$ 30 milhões e tudo de bom que foi feito neste período de 11 anos de poder, não foi mais que obrigação devido ao crescimento do futebol catarinense, estes que dizem ser o melhor presidente da história só podem estar de brincadeira, pois planejamento é algo que não existe na Diretoria, conseguiu uma brilhareco graças ao LA Sports, senão estaríamos até hoje sem título estadual e Série A, pois se depender do presidente, estamos ferrados.

Por isso que não sou mais sócio do Avaí, por mais que ame o clube. Enquanto não fizer uma oxigenação na Diretoria, ficará essa palhaçada aí. Quero investir meu tempo e dinheiro em algo confiável, enquanto não explicarem as negociações obscuras que são feitas, fornecedora de materais de 5ª categoria onde o presidente é sócio-proprietário e o clube ganha muito pouco pelo elevado preço dos produtos e outras coisas "estranhas' que vemos por aí, o Avaí nunca conseguirá evoluir.

Li ainda que estão montando escolinhas do clube em Rondônia. Agora eu pergunto: por que Rondônia? Não seria melhor investir em cidades de SC? Sinceramente, cansei de tudo isso, muitas vezes os resultados de campo não refletem bem como é a Diretoria, mas neste momento, é o retrato perfeito.

Obrigado Zunino e se manda do Avaí, não quero alguém que se ache o propritário do clube e não está nem aí para a opinião dos torcedores.

Tiago Medeiros

Anônimo disse...

Triste mas ainda acredito.
Pirao entro bem mas rende muito mais na lateral, acho que ele caindo pelo lado e o mika voltando ao time ainda temos chance.
pelo amor de deus, calibrem os chutes! abraco!

Anônimo disse...

Tiago Medeiros foi muito feliz em seu comentário e traduziu exatamente o que penso.

A volta do Mika irá agregar valor em nosso meio de campo porém o problema está no ataque. O nosso é fantasma, pois nao existe. A propósito, desde o campeonato catarinense!