segunda-feira, 14 de maio de 2012

A avenida que se fez mar Azul




Eis que vindos do continente, milhares vestidos de azul,
Espalham-se por sobre o escuro asfalto e pintam uma longa avenida
Na cor do mar que a beija todos os dias.

Eis que vindos de todos os cantos, marejados manés de olhos molhados, salgam um pouco mais esse mesmo mar. O mar que espelha todos os dias a cor da bandeira que por dezesseis vezes, sobe ao lugar mais alto por  conquistar todo o estado.
Em estado de estase;
estado de graça;
Ouve-se o berro da sirene que rasga sem corte, a avenida que se fez mar azul.
E a música que avisa a chegada da conquista e seu conquistador, em coro com vozes vindas do céu que em cor não se difere da pele dos conquistadores, é cântico que diz:
- Avaianos, chegou a nossa hora. Amém, Amém!

6 comentários:

Serjão Jr disse...

Esse é o teu Avai, o nosso Avai e nossa torcida.
Acabou!
Avai, Campeao 2012!

José Antônio disse...

E a cabeceira insular da ponte terá bandeira do mais vezes campeão ?

vilzete disse...

Foi pra cabá Campeãoooooooo

GutoAtherino disse...

e a água beira o mar azul.

KK, lindas palavras. Parabéns para todos os avainaos.

Cristiane disse...

Lindas suas palavras Kátia!! Vc sabe descrever com poesia o que sente o coração avaiano... parabéns!!

George disse...

Parabéns, Campeã!