domingo, 7 de agosto de 2011

Porque tomamos a virada

Do jogo no primeiro tempo não precisamos falar.
Apenas lamentar a saída por contusão do zagueiro Caçapa.
E a entrada equivocada do Caique.

No segundo tempo o Avaí aos quinze marcou o seu gol com William e foi só.
Envolvido pelo São Paulo, o nosso time não teve qualidade para segurar o resultado.
A entrada do lateral Daniel desmanchou o que ainda faltava desmanchar na nossa defesa.
Como fez falta o Bruno nesse segundo tempo. Ao menos ele saberia proteger o lado direito avaiano.
Como faz falta um meia inteligente, um camisa dez.
Como erramos passes.
O São Paulo tem muita qualidade e por isso venceu o jogo
O Avaí continua sendo montado.
Ainda não tem seus onze.

Como é complicado jogar contra bons times, sem ao menos ter repetido uma única escalação.
Sem conseguir mudar o  jogo com as  substituições.
Sem ter um jogador que saiba cadência o jogo com inteligência.
E com um lateral direito que ainda não disse ao que veio.

Mas aviso aos navegantes: Perdi o jogo, mas o meu DNA continua Azul e o do Leão também!


2 comentários:

LUGO disse...

Só o Gallo ainda não viu que o Batista só joga um tempo, no outro se arrasta atras dos adversários.
Perdemos o poder de marcação quando o mais precisavamos.
Precisamos da volta de Jorge Lucas, que quando estava começando a engrenar foi sacado por vaidade do treinador.
Nossos laterais não passam da intermediária adversária e sem alas não se é feliz no futebol, hoje em dia, pois o meio de campo é muito congestionado por todos os treinadores.
Precisamos de um meia de armação.
Estão querendo justificar a derrota dizendo que o São Paulo é muito superior, não é nada disso.
Perdemos por erro do Gallo que não sacou o Batista no intervalo, recuando o Pedro Ken (como teve que fazer para colocar o Cleverson) colocando o Fabiano, que vem fazendo a diferença, pois aparece para receber e toca rápido o que envolve o adversário.
No mais o segundo gol saiu por falha dos zagueiros que ficaram esperando pelo goleiro e vice versa, como o besouro do protugues.

Serjão Jr disse...

ASSTA, Márcio Moacir Borges e sua equipe estao de parabéns. Como as anteriores essa foi um sucesso. Só o Avaí destoou, como ocorreu em outras festas e feijoadas, dessa vez não ganhou e deixou o torcedor aflito. Diogo Orlando,Batista, Daniel e Romano acabam com meu figado. Gallo quando mexe ressuscita até defunto. Gallo já tem elenco, mas não tem time definido. Quem joga bem hoje, não sabe se sera titular na próxima. Assim desestabiliza qualquer torcedor e qualquer jogador. Esta na hora do Avai aprender a segurar resultados. Pra mim o Sao Paulo não jogou nada, nos que facilitamos para eles. Que começe contra o Cruzeiro ou a coisa começar a ficar preta. Posso ser chato, mas precisamos com urgência um "volantão". Tomar viradas em menos de 5 minutos é dose! Que saudades de Marcinho Guerreiro. Mesmo quando não jogava bem era raçudo. Outra, não temos nenhum zagueiro que saia jogando e nossos alas são uma piada. Falta um líder em campo. Quem se habilita?