quarta-feira, 6 de julho de 2011

Jogo dos sete (+ um) erros chatos

Muito chato ter que escrever sobre o jogo de hoje.
Primeiro porque nada mudou. 
Segundo porque em mais uma noite gelada a torcida avaiana levou seu apoio para um time ainda desarrumado e que toma no mínimo dois gols por jogo.
Terceiro porque Fabio Santos e Maurício Alves não podem vestir a nossa camisa.
Quarto porque o nosso lateral direito não joga nada.
Quinto porque estou com pena do Pedro Ken e do Cleverson.
Sexto porque continuamos tomando gol de bola parada.
Sétimo porque ainda estamos sem um padrão de jogo na oitava rodada.

Oitavo e essa chatice é em dose dupla: 
William não está jogando nada. Que coisa chata Sr. William!
Nós te conhecemos, nós sabemos como tu jogas. Nós conhecemos a tua força e sabemos que pra ti não tem bola perdida, nem "quadrada. Nós sabemos. Portanto, fica fácil, muito fácil perceber que tu estais te escondendo do jogo. Que estais te fazendo de "João Bobo" durante noventa minutos. Até um escanteio tu fosse cobrar hoje, pra não disputar a bola na área adversária.
Claro que não és o culpado pelas derrotas e empates do nosso time. 
Tem tudo isso que escrevi acima também. 
Mas como é chato te ver em campo te conhecendo como nós torcedores do Avaí, te conhecemos.

9 comentários:

eduabreu disse...

Perfeito comentário.
Em tempo, o GALLO é um maluco! Não é treinador de futebol. Hoje o time foi desorganizado, estabanado, um bando em campo.
Enfim, um vergonha.
Tirando o William, que não está jogando nada também, estes jogadores que descrevestes não tem condições de jogar no Avaí. Acorda Zunino!!!!!!!!

Beto_Gabira disse...

Tens toda razão eu diria 1 erro, nos termos ido ao estadio pensando que a coisa mudaria, o Galo não tem esquema de jogo,tirou nossos guerreiros pra colocar esse time mediocre em campo com o aval do Sr ZUNINO E FILHO+L A, ta na hora de eles sairem, porque enquanto o galo cantar na ressacada não vou mais sentar. abrçs

Rute disse...

Gostaria de estar errada, comentei na hora do jogo, mas William está pedindo pra ser dispensado. Lembra muito Zé Carlos quando não tava mais afim de jogar no Avaí. Uma pena.

Anônimo disse...

E o Willian em entrevista teve a petulância de dizer que "Estávamos acostumados a atropelar em casa", digo que últimamente (nesse semestre)estamos sendo atropelados, alias, falta ambulância para tanto atropelamento.
O que está faltando é transparência, coragem para dizer que está tudo errado, é um remendo atras do outro.
Eron

Rodrigo Buch disse...

KK

Como disse o amigo ai em cima NÓS ESTAMOS ERRADOS acreditamos no inacreditável, na luz no fim do tunel e etc..

Nada mudou e o pior se o time está sem confiança e parece que sem palavras ou discurso para justificar as derrotas e empates, nós torcedores estamos sem qualquer esperança, não da pra visualizar o que esse time tem de bom ou o que ele pode produzir mais pra frente.

Sinceramente a diretoria está se apoiando em campanhas passadas esperando que o time vá reagir como fez em 2009, mas acho que isso não vai acontecer, diferente de 2009 e 2010 vejo hoje o Avai como pior time, nos outros anos tinhamos sempre 5 ou 6 times no mesmo nivel, nós estamos abaixo desses 5 ou 6 esse ano.

E que se pese o que tu colocou no post usando de exemplo o william é uma pena pois assim como nós torcedores sabemos do seu potencial, sabemos de tantos outros do elenco que também se escondem da bola.

Dinho 音楽、愛、平和と信仰 disse...

Fomos, vibramos, torcemos, mas, infelizmente (mais uma vez) não fomos correspondidos... Um time apático que não consegue vencer o fraco Bahia, em casa, vai vencer quem neste campeonato? É triste dizer isso, mas, infelismente é a realidade pela qual passamos. Continuamos sem zaga: Welton Felipe, Gustavo bastos só tem tamanho, continuam com os mesmos erros de marcação, tomando gols da mesma forma, uma vergonha! Nossos laterais disputam entre sí qual é o pior e nosso ataque (que um dia foi matador), além de estar fora de forma - fato - decaiu e muito em qualidade. Rafael Coelho e Willian estão devendo, e muito. Ah, as substiuições: Como sempre, sem surtir efeito algum! Vou continuar indo aos jogos, como sempre, mas, tá desanimador... Termino com a pergunta: O que ainda fazem no Avaí: Fábio Santos, Maurício Alves, Daniel (péssimo investimento), Romano... ???

Nidiane Oliveira disse...

Começo o meu comentário com uma frase que disse aqui com uns amigos de trabalho -> " Como sempre, ainda me resta uma gota de otimismo e vamos ganhar os dois jogos fora para dar alívio a nossa alma..."

Concordo com várias colocações aqui e para não ser repetitiva, destaco essa: o time está sem confiança e parece que sem palavras ou discurso para justificar as derrotas e empates, nós torcedores estamos sem qualquer esperança, não da pra visualizar o que esse time tem de bom ou o que ele pode produzir mais pra frente.

Individualmente falando, eu pouco crítica que sou, não consigo ver o que cada jogador tem de bom pra cooperar e aí fica difícil enxergar à frente a RETOMADA, mas enfim, sou avaiana e o meu time vai mal no campeonato, bom, agora é torcer pra que as coisas melhorem e "força na peruca".

NIDI

Gilberto disse...

A palavra da moda era planejamento.
Pois ontem alguns clubes jogaram com os jogadores que deveriam estar na seleção sub-20. Oscar do Internacional inclusive fez o gol do time colorado. Mas o Avaí não quis solicitar o Aleks? Por que?
No primeiro gol do Bahia o Felipe ficou no meio do caminho e no segundo, mesmo que o Aleks não pegasse o cabeceio, ao menos teria ido na bola. Faria diferença? Não sei.
Ontem à noite Cleverson correu pelos outros, Rafael Coelho no ataque foi quem demonstrou vontade e Pedro Ken mal escalado não rendeu tudo o que jogou nas últimas partidas.
Quanto ao nosso lateral direito ele era o terceiro ou quarto reserva no Inter, é isso? Pode até dar certo no Avaí, mas é apenas suposição.
E Gallo e parte da imprensa esportiva continuam achando que Robinho é o cara??? Eu realmente não entendo nada de futebol. E nem sou pago para entender mesmo!
Agora se é para ficar dando passes no fogo para os companheiros que jogue o Estrada que é muito mais qualificado no quesito passe.
E quanto aos gols que tomamos já passou da hora de pensarmos realmente em fazer uma linha de quatro zagueiros com um volante de proteção à frente. E talvez nem tenhamos zagueiros suficiente. E pensar que emprestamos um ótimo zagueiro da base, o Clayton (isso é planejamento!)
E como fizeram na semi-final final da Copa do Brasil a que ponto chegamos que o Avaí está sentindo a falta do Bruno e do Diogo Orlando ... (ontem do Batista)

Serjão Jr disse...

Em relaçao aos primeiro jogos, acho que estamos evoluindo. Alguns sao até esforçado, mas o time é fraco. Para alguns, Batista e Bruno foi desfalque. Se for, estamos na segundona. Comentarios perfeito. Inclusive voce tb esta decepcionada com o comportamento de William. Achei um absurdo aquela dele bater escanteio. William nao ganhou uma bola e anda se escondendo, perdendo ou entregando bolas sem lutar. Das duas uma, ou esta com algum problema ou esta de sacagem. Mas como esta nao pode ficar. Para sair dessa o Avai tem que contar nao com amizade, mas profissionalismo. William deve estar com a cabe no outro mundo. Oito jogos, alguns contra times mediocres e nenhum gol. Qual é a tua William?