domingo, 18 de junho de 2017

Sem força ofensiva o Avaí perdeu novamente



Com o mesmo problema das partidas anteriores, o Avaí perdeu o jogo para o Vasco em decorrência de ausência de força ofensiva.
Capa novamente esteve mal na partida, não conseguiu descer ao ataque com qualidade e parou em todos os lances por erros seus na saída da defesa para o contra ataque. Leandro Silva também esteve apagado e Simião não repetiu o futebol que apresentou contra o Atlético MG e o Flamengo. Juan e Marquinhos até tentaram alguma coisa, mas o Avaí tem uma carência grande para completar qualquer jogada de ataque. Além do aproveitamento abaixo da crítica de jogadas pelas alas, até hoje não tivemos em campo um camisa 9. Rômulo vem atuando bem como um pivô, mas nem sempre, sozinho, vai conseguir vencer a defesa adversária.

Os jogadores que foram contratados ainda não mostraram nada que possa mudar o jogo Avaiano, com exceção do Juan, os demais como Pedro, Willians, Lucas Otávio e Diego Tavares estão devendo.
Jogando sem sua zaga titular o Avaí cometeu poucos erros na sua defesa, mas um erro só bastou para que o Vasco marcasse o gol da vitória no primeiro tempo. Leandro Silva falhou, Judson veio cobrir e falhou também, Airton mal posicionado na área e o goleiro que não saiu para abafar, permitiram o cruzamento na área feito por Nenê encontrar Pikachu, que marcou.

Claudinei colocou Willians (D. Tavares), Lourenço (Marquinhos) e Pedro (Simião) no decorrer do segundo tempo. Não mudou nada, ficou até pior. 
O Vasco jogou pouco e vence, o Avaí jogou quase nada e perdeu.

Foto: Paulo Fernandes - Vasco da Gama

Nenhum comentário: