segunda-feira, 12 de junho de 2017

Os 2'19'' reveladores do futebol brasileiro

02:19' reveladores

2'19'' (dois minutos e dezenove segundos): foi esse o tempo que durou o pseudo-jogo de ontem.
Da marcação do pênalti a sua 'desmarcação' o Brasil pode assistir o comando do jogo deixar o gramado da Ressacada e ser decidido externamente por uma interferência  midiática contra o time da casa. Assustadoramente lenta, pela velocidade da comunicação dos dias de hoje.
Foi nos negado analisar e escrever sobre a bola rolando nesse jogo, foi nos negado dar notas aos seus protagonistas, porque deles foi retirado o protagonismo.
Inaceitável morte do futebol. Decorrência cruel da morte já anunciada e executada dos torcedores nos estádio que a CBF e seus asseclas vem arquitetando a muitos anos. Fora tudo que é do futebol: o jogo jogado no gramado com seus erros e acertos; a torcida na arquibancada; a polêmica apaixonada sobre os lances; as bandeiras tremulando; a cerveja; a paixão.
Em dois minutos e dezenove segundos todo um trabalho de preparação física, de preparação técnica, de treinamentos foram jogados no lixo dos safados que vem administrando o futebol brasileiro. 
Dois minutos e dezenove segundos tragaram o domingo do torcedor que saiu da sua casa quase 3 horas antes do jogo para poder chegar na Ressacada com tranquilidade, que pagou pelo ingresso, que pagou pela gasolina do seu carro ou a passagem do ônibus, que optou por esse entretenimento para num domingo lindo de sol foi ver seu time jogar.
Dois minutos e dezenove segundo desnudaram mais um pouco dessa grande sacanagem que virou o nosso Brasil ao ser dirigido em seu futebol e sua politica por interferência externas a ética e a grandeza do povo brasileiro.
Como disse a mídia que manda (ops! que narrou) o jogo: 
- "Vai nos consultar de novo, vai nos consultar de novo".
Que triste!
(sabe quem vai pagar pela safadeza do jogo de ontem? O capitão-torcedor que disse tudo que todos nós gostaríamos de dizer sobre a turma do Mato Grosso que nos visitou ontem)

3 comentários:

Sergio Nativo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sergio Nativo disse...

É desolador ver isso que acontece no Brasil ultimamente, mas precisamente na política e no futebol.
Se realmente tivesse duvidas, que consultasse de imediato seu assistente, não quase três minutos depois. Pior a gente ainda saber que Avaí e Marquinhos que ousou se indignar com tudo isso vão ser punido Para sacanear ainda colocou na sumula que o Avaí demorou para entrar em campo. Quando ódio e sacanagem. PQP alem do arbitro. Esse corretor do celular é pacabá.

Kk De Paula disse...

ehehehehehe tá certo serjão, duas nabas: o árbitro e o corretor!