quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Nota da Mancha Azul: Publico porque concordo



Publico abaixo, na integra, nota oficial da torcida organiza Mancha Azul.
Publico porque concordo totalmente com ela.


Nota Oficial

Caros interessados,

Como já é de conhecimento público e notório, a Torcida Mancha Azul instituiu nas últimas semanas a campanha contra a violência, Futebol sem violência – Faça parte dessa corrente. No entanto, conforme noticiado nos últimos dias por meio da imprensa, o respeitável Ministério Público de Santa Catarina, considerou como melhor solução, impor às principais Torcidas Organizadas do estado, punição de adentrar aos estádios identificadas. Trata-se de nova punição que já foi aplicada outras vezes, sem qualquer efeito prático eficaz que combata de fato a violência. A punição, mais uma vez, limita-se a vedar a entrada dos materiais das Torcidas Organizadas nos estádios.
Cabe informar que, desde que teve fim a última punição imposta, a Torcida Mancha Azul manteve-se isenta de qualquer confronto e tumulto a que tenha dado causa. Todos os eventos que por ventura tiverem tido a participação de integrantes da Torcida Mancha Azul, foram em legítima defesa e tal condição pode ser facilmente comprovada por meio de relatórios e boletins de ocorrência confeccionados pelas próprias autoridades.
Tal punição surge como resposta à pressão da imprensa e sociedade que anseiam pelo fim da violência. Resposta, no entanto, precoce e sem qualquer efeito prático. Ademais, retirar a identificação da Torcida Organizada, dificulta ainda mais o controle dos respectivos integrantes, tanto por parte da Polícia Militar, quanto para os próprios líderes de torcida.
Considerando o empenho e esforço da Torcida Mancha Azul nesta empreitada, a Diretoria Executiva da Torcida resolveu por bem externar e divulgar proposta feita às autoridades da Segurança Pública Catarinense no início de 2014.
Após reunião entre diretores da Torcida Mancha Azul à época, restou formulada proposta de Conferência entre as Torcidas Organizadas de Santa Catarina, mediada por autoridades estatais, com o fim de coibir e erradicar a violência.
Referida proposta foi apresentada, em meados de fevereiro de 2014, às autoridades representantes do Ministério Público de Santa Catarina e Polícia Militar de Santa Catarina, cujos receptores prometeram se empenhar na causa. 
Segue, abaixo, cópia da Proposta de Conferência apresentada às autoridades, com as explicações e detalhamentos necessários.

A Torcida Mancha Azul tentou aplicar exaustivamente nos últimos meses política de aproximação de integrantes da Torcida e autoridades da segurança pública, tentativas todas frustradas, sem qualquer retorno eficaz. Cabe salientar por fim, que a Torcida Mancha Azul não recebeu qualquer tipo de notificação ou citação oficial sobre a punição aplicada, pelo que permanecerá com suas atividades regulares dentro e fora dos estádios catarinenses. Sem mais para o momento, aproveita-se o ensejo para renovar os votos de estima e consideração para com aqueles que realmente têm interesse na resolução da causa.

Att,
Presidente Executivo
Torcida Mancha Azul

4 comentários:

Anônimo disse...

Punem a torcida, que faz festa, que agita, que canta, mas não prenderam o assassino, que que adianta?

Kk De Paula disse...

É isso aí!

fabricio disse...

sugestão à torcida mancha azul. vão todos de camisa branca aos jogos simbolizando paz e como forma de protesto.... repasse a informação please

Anônimo disse...

Carlos Avaiano
E parem com cantos de provocação ao rival.
Se lá eles cantam,daremos nós o exemplo,ou todo
esforço será em vão.
Lembrem-se,que camisa de qual quer cor, não fala ofensas, não joga pedra, não atira bomba.