quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Carta aos cegamente apaixonados


'Apaixonadamente':
Assim descrevo a linha textual desse blog em seu perfil.
E é exatamente movida totalmente pela paixão que escrevo o texto de hoje.
Se a paixão não fala alto nas horas tristes, nos momentos de melancolia em anos de vergonha, vai falar alto quando? Quando tudo está bem?
A lanterna na popa tem iluminado somente o ano passado e o recente ano 'novo'.
Pouco! A luz dirigida para o passado precisa iluminar mais longe.
Ir além daquilo que 2014 trouxe a tona e rasgou popa e proa da nau Avaiana.
O declínio do 'Titanic' de casco 2009 não tem seu início tão recente.
Num folego curto, entre 2008 e 2009, o Avaí veio a tona para respirar entre os grandes.
Sucumbiu sem folego puxado pelo redomoinho das vaidades, pelo distanciamento do seu torcedor. 
O grande pulmão que respirou impávido acabou dominado por  mãos e olhos enormes.
Antes do folego de dois anos vinha respirando por 'aparelhos' e se locomovendo com próteses, sem parar de sentir tonturas, sem deixar de cambalear.
Perdido em sua própria casa (vazia), deu poder a desconhecidos ao ser vencido por gritos de um poder ditatorial financeiro, que enquanto nos balancetes consta tudo que colocou pela porta da frente omitia,  com a anuência deliberativa de surdos cegos e mudos senhores, o que nos foi tirado pela porta dos fundos.

Ficar focado na vergonha das derrotas de 2013 e na pífia campanha do estadual desse ano; mirar no elenco e atirar contra alguns jogadores é continuar dando anuência velada a tudo e todos que nos impediram, de com o folego bienal, continuar respirando a glória do encontro que estava marcado desde a nossa fundação.
O Avaí é uma nau sem comando com uma lanterna na popa que ilumina pouco, e uma lanterna na proa completamente apagada.
A paixão da apaixonada berra que não dá pra esquecer o seu belo passado, mas a garra do Avaiano sabe que o futuro passa pelo dia de hoje e que o encontro continua marcado.
Apaixonado é esse texto.
Cegamente apaixonado.
Não vai ecoar, não vai alcançar nada além do coração dos cegamente apaixonados.

15 comentários:

Anônimo disse...

Dos últimos 16 jogos o Avaí perdeu 12!!! Essa campanha é assustadora... Ou alguém coloca as cartas na mesa, ou assistiremos a 13ª, 14ª, 15ª derrota na sequência.

Mas não podia ser diferente, os jogadores matam o clube em 2013 e como castigo são recontratados... Aí realmente não poderíamos colher diferente do que plantamos...

Abs.,

Ricardo

Anônimo disse...

Tudo que desejamos para os outros, tem retorno ou vem de volta. Pensem nisso. A era PPP, continua no lado de vocês. Desculpe.

Luís disse...

Perfeito, Kátia.

Não temos comando algum! O nosso "presidente" (que era vice na gestão passada e que disse não que não conhecia a realidade financeira do Avaí - como?!?!?!) tem no currículo as "férias" nas últimas rodadas da Série B do ano passado que culminaram com as "férias" antecipadas do jogadores em campo e uma das campanhas mais vexatórias do clube em estaduais. Várzea!!! Vergonha!!! O que Zunino e agora Macedo e suas intrépidas trupes fizeram e continuam fazendo com o Avaí é inadmissível. Você olha, hoje, as entrevistas daqueles que "comandam" o nosso clube e não consegue enxergar o espírito vencedor que necessariamente há de existir. Tudo ao som de "Vamo, vamo, Avaí!".
Teu texto é absolutamente perfeito ao expressar acerca do "poder ditatorial financeiro" que gritava aos quatro ventos tudo aquilo que "colocou pela porta da frente" sem ter a hombridade e a coragem - tudo com a anuência de sua intrépida trupe, dentre eles o atual "presidente" - de apontar "o que nos foi tirado pela porta dos fundos". Triste! Ano passado começou a aparecer aquilo que nos foi tirado pela porta dos fundos, começamos a colher o fruto da brilhante administração Zunino/Macedo, começamos o ano aprofundando ainda mais a colheita e tenho muito medo do que possa nos reservar o final dessa mesma colheita. Essa colheita, diga-se de passagem, cantada em verso e prosa por alguns puxa-sacos de plantão como a melhor da história do Avaí. Definitivamente esses não conhecem o Avaí. Acham que conhecem, papagaiam que conhecem, mas definitivamente não conhecem. Infelizmente o conto da carochinha contagiou nosso colégio eleitoral presente apenas em época de eleição (vide o quórum nas reuniões do Conselho que se seguiram) e aqueles que verdadeiramente amam o Avaí e sofrem por ele estão absolutamente estarrecidos com o nosso atual quadro que a incompetência administrativa construiu a passos largos durante doze anos.
Saudações Azurras!

Anônimo disse...

Parabéns a filial da tombense, primeiro a se classificar para o hexagonal, pakita vai botar a fantasia de cinderela e vai rebolar no carnaval, bvai a vergonha de SC.

Anônimo disse...

Enquanto tiver essa cacalhada do ano passado, será só sofrimento!!
Rumo a serie B do estadual! Alguém duvida??

Norton

Gilberto disse...

E esse Nilton Macedo se "matou" pra ganhar a eleição. O cara é desembargador aposentado, adora viajar para o Nordeste... Pelo amor de Deus, amigo, pede pra sair. Vai curtir os filhos, os netos, o Nordeste...

Já ia me esquecendo: ele não sabia do caos financeiro do Avaí. Bom, pelo menos uma qualidade é inegável: coerência. Ele chamou de "inestimável" o legado deixado pelo Zunino. Piada!

viviani disse...

Minha Nossa senhora da Ressacada que nos ajude, o que está faltando é uma bela de uma porrada na mesa de alguém que tem caráter, se é que existe.Do jeito que está não dá para continuar, depois não vão reclamar de manifestações dos apaixonados(torcida), quando começarem agir com a emoção ou até mesmo com a razão.
Falta de caráter de todos aqueles que se omitem diante do caos e daqueles que usam a liderança para puxar pra baixo a equipe, porque é igual num saco de batata, a podre estraga as demais.Quem não está satisfeito, que tenha o caráter de pedir para sair, agora fazer o que estão fazendo, é palhaçada.

Nadya Polli disse...


Belo texto amiga. Entendo a tua angustia. Mas fica complicado quando ,apenas, os soldados que estão na linha de frente lutam contra o inimigo enquanto os outros apenas observam . Na luta recente para mudar a realidade , os que queriam equilibrar a nau, foram derrotados pelos que faziam marola.m Sorte.

Anônimo disse...

O presidente vive indo e gosta do nordeste? Putz, vamos aumentar a divida para -100 milhoes e seremos um time com piores jogadores, estadio caindo, grama ruim, mau atendimento, porque e assim la no nordeste... So falta a porrada rolar solta na rua... Mas acho que isto nao, porque vai ter cada vez menos torcida...

Volta Leão!!!

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Katia se eu fosse vc não teria tanta certeza sobre M10 e CS88! Claro q não o unico problema! o problema no avai é um conjunto de coisas e entre eles esta M10 e CS88 A HISTÓRIA É NEBULOSA!!

Kk De Paula disse...

Se isso é verdade, mais descrédito ainda para essa diretoria que não resolve um problema entre seus "funcionários".

Anônimo disse...

O Bvai ta mal?? (novax) ~Pelo menos ganhamos na briga` kkkkk PATETICO!!

Pecado Capital disse...


Brincadeira á parte, a verdade é que sem planejamento de longo prazo de nada adiantará. O momento era de encolher e tratar de trabalhar a base que pode dar os frutos para o clube e fizeram totalmente o contrário. A hora é de arrumar a casa e não dar guarida aos medalhões.

Paulo Damian disse...

para os anonimos, e se com todos estes problemas, a ultima visita que o Avaí fez no estreito, saiu mais um CRÉÉÉÉÉUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!