quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Se fui pobre não me lembro


Primo Pobre, primo Rico (antigo programa de humor da TV Globo)

A aprovação pelo Conselho Deliberativo do Avaí, para os valores das mensalidades nos remete ao início desse ano. Com duas diferenças: 1) diferença nos valores de 5 reais a menos; 2) outra diferença, e essa extremamente significativa, 10 votos contrários aos valores estabelecidos pela comissão e pela diretoria. No início desse ano, quando houve o arrocho, foram somente 2 votos contra. Esse número de conselheiros que votaram contra na reunião de ontem é o fato positivo da reunião. Uma pena, que só tenham comparecido 30 de um universo de mais de 150 membros.

E os novos valores para as cadeiras inferiores? Sem comentário. Se eu comentar, vou dizer um palavrão. Mesmo porque os 5 reais que estão "tirando" das mensalidades em outros setores, já está compensado nesse aumento das cadeiras inferiores. Tiraram os cinco reais pela porta da frente e o introduziram sorrateiramente pela porta de trás. 
(Ainda bem que esse ano eu não faço mais parte do Conselho, cansei de vestir nariz de palhaço sentada naquela cadeira rodeada de cupinxas- excetuando os 10 que votaram contra.)
Nada que possa incentivar novos sócios e nada que satisfaça os sócios atuais. Ponto final.

Quanto ao preço dos ingressos o erro é o mesmo do início do ano. O qual chamei a atenção do conselho na reunião de janeiro desse ano. O ingresso para o estadual deve ser diferente em valores do ingresso para o brasileirão. E isso o Conselho não fez. Majorou o ingresso para arquibancada descoberta em 50 reais. Caríssimo para assistir jogos de um estadual com árbitros fracos e com somente 4 times, que verdadeiramente lutam pelo título.

Da reunião de janeiro de 2010 até a reunião de ontem,  foi possivel visualizar a resposta negativa do sócio e do torcedor que paga ingresso. Mas os membros do Conselho (excetuando os 10 que votaram contra) devem ter pensado:
- Se fui pobre não me lembro!

No início do ano, quando da reunião que majorou as mensalidades, eu me coloquei totalmente contrária aos valores. Esperniei, falei alto, expliquei as premissas que me levaram a concluir que a ressacada se esvaziaria.  Quando da votação, apenas dois votos contrários. Não fui ouvida, ou melhor, não acreditaram em mim. Me retirei do Conselho. Hoje sou sócia. Ao menos esse ano, mesmo sem o meu voto contra, o resultado da votação mostra claramente que 10 conselheiros foram sensíveis a muda Ressacada de 2010.

4 comentários:

Junior disse...

“InteleJUMÊNCIA” AVAIANA:

Sinceramente, criar uma COMISSÃO pra apresentar essas modestas alterações e algumas delas para PIOR, parece um engodo apenas para “lavar as mãos”.
Aliás, como diz um conhecido bordão: quando não se quer decidir nada, se cria uma comissão...

Aumentar o valor dos setores inferiores é de uma falta de bom senso, que beira, com o devido respeito, à burrice. Esses setores são DESCOBERTOS, como podem ter o mesmo valor dos cobertos? Mas não tem como separar, diriam.

Contudo, isso não é problema do torcedor nem foi criado por ele. É ESTRUTURAL, cuja única responsabilidade é do clube e foi executado por pela atual Diretoria. Não pensaram nisso antes?
E o que dizer dos ingressos a 80 e 50 reais?

A GANÂNCIA em relação ao torcedor é tamanha, que a lógica deles é, por certo, a seguinte: “se baixar o valor dos ingressos, teremos que baixar o valor das mensalidades, para poder ser vantajoso ser sócio. Ou seja, o ingresso continua alto, para poderem manter elevado o valor das mensalidades. Ou seja, á lógica da Diretoria é um “efeito cascata” ao contrário.

O TORCEDOR AVAIANO É APAIXONADO, AMA SEU TIME, MAS NÃO É BOBO!

Futebol é caro? É sim, e muito.

Mas a Diretoria, que mostre MAIS COMPETÊNCIA PARA CAPTAR RECURSOS E PATROCÍNIOS. É muito papo de licenciamento, mais de mil produtos.... e o resultado disso? O que será que prefere uma empresa que intencione patrocinar o Avaí: ver uma Ressacada” fria e vazia”, com seis, sete mil torcedores; ou a Ressacada lotada e vibrante, com milhares de torcedores estampando sua marca nas camisas?

Será que a soberba lhes subiu tanto a cabeça que realmente pensam terem sido “eles” (a Diretoria) os responsáveis por terem evitado a queda do time?

Meus caros, não precisa de muito QI para saber que a TORCIDA, A VERDADEIRA, LEVOU ESSE TIME NO COLO E É A PRINCIPAL, senão a única, RESPONSÁVEL por ter evitado o rebaixamento.

Quando o desespero bateu, a TORCIDA “JOGOU JUNTO” e SALVOU O TIME. Agora novamente é deixada de lado. Tiveram uma segunda chance.

Mas como diz o adágio popular: Errar é Humano, PERSISTIR NO ERRO É BURRICE!

Desculpem por ter me alongado
Um Feliz e Azul 2011 para todos!

Kk de Paula disse...

Concordo com tudo !
Não precisa pedir desculpa, teu texto está perfeito.

Peter K disse...

Caro amigo,
sou sócio do setor D (antigo B) desde janeiro/2008, nunca atrasei sequer uma mensalidade que fosse nesses três anos, e tenho interesse em fazer o pagamento anual. Mas pelo que se vê na tabela divulgada, ou eu escolho o desconto de 50% de aniversário, ou escolho o pagamento anual, ou seja, caso eu escolha o pagamento anual, não terei vantagem qualquer por ter pago 190 reais nos últimos 2 meses de 2010, enquanto os ingressos para todos os jogos no mesmo período custou 60 reais! Sendo sócio paguei mais de 3 vezes o valor dos ingressos nos meses de novembro e dezembro de 2010 e que vantagem eu ganhei em 2011? Nenhuma.

Kk de Paula disse...

Nenhuma!