sábado, 29 de julho de 2017

Palmeiras joga fácil e vence o Avaí

(Foto: Ale Cabral/AGIF)

Avaí com a postura de sempre: fechado jogando por uma bola.
Na Arena do Palmeiras não funcionou.
O time paulista soube jogar o jogo, tocou bem a bola e com um elenco bem acima do nosso venceu o jogo por 2 x 0.
Juan, que não vem jogando bem, tomou um amarelo e continuou reclamando com o fortão Daronco. Tomou o vermelho e deixou o nosso time na mão. Juan foi um abobado e Daronco um babaca. O maior prejudicado? O nosso time. Já sendo dominado com 11 em campo, com 10 o Palmeiras administrou o segundo tempo facilmente porque foi muito pouco ameaçado pelo Avaí.
Jogar com um time que sabe tocar a bola tendo em campo uma meia cancha limitada é preciso muita incompetência do adversário para não vencer o jogo. O Palmeira foi eficiente e venceu.
Nosso elenco é limitado. Falta qualidade na meia, Capa não está jogando bem a série A, Judson tem sido o cara que marca com mais qualidade e só.  É muito pouco para uma meia cancha que joga a série A. Quando tomamos um gol fica difícil reverter,  porque esse time não sabe sair para o jogo. Laterais limitados e meia cancha sem um camisa 10. 
Deu pena do Joel hoje. Dutra não repetiu as partidas anteriores.
Palmeiras venceu e não venceu de mais porque ficou administrando apenas o placar.

FICHA TÉCNICA 

PALMEIRAS 2 X 0 AVAÍ 
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP) 
Data-Hora: 29/7/2017 - 19h 
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS) 
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) 
Público/renda: 33.633 pagantes/R$ 2.139.243,95 
Cartões amarelos: Deyverson (PAL), Joel e Juan (AVA) 
Cartões vermelhos: Juan (AVA), aos 45'/1ºT 
Gols: Dudu (10'/1ºT) (1-0), Deyverson (34'/1ºT) (2-0) 

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Mina (Edu Dracena, aos 18'/2ºT), Luan e Egídio; Bruno Henrique, Jean e Guerra (Raphael Veiga, aos 26'/1ºT); Róger Guedes (Keno, aos 29'/2ºT), Dudu e Deyverson. Técnico: Cuca. 

AVAÍ: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Wellington Simião (Diego Tavares, aos 15'/2ºT), Juan e Pedro Castro; Junior Dutra (Maurinho, aos 29'/2ºT) e Joel (Rômulo, aos 35'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira. 

Nenhum comentário: