domingo, 9 de julho de 2017

Competência, bravura e sincronicidade: vitória!

Goleiro Douglas comemora defesa de pênalti batido por Edílson
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Competência, bravura e muita sincronicidade.
A vitória Avaiana em plena arena do Grêmio veio assim:
1) Competência do goleiro Douglas;
2) Bravura de todos que estiveram em campo;
3) sincronicidade entre a necessidade que exigiu as trocas que Claudinei fez.

A primeira troca veio desde o jogo contra o Botafogo: precisou Maurício cometer um falha crucial para que Claudinei se convencer do que a maioria já sabia. A troca dos goleiros fez toda a grande diferença nas três últimas partidas;
a segunda troca foi no jogo de hoje: a saída por lesão do Luan fez Claudinei colocar em campo Simião e ele não apenas abriu o placar, com um golaço,  como deixou a meia cancha avaiana mais qualificada e mais, Judson joga melhor sem Luan jogando ao seu lado;
depois Claudinei trocou Rômulo por Júnior Dutra e o segundo gol avaiano veio dos pés, novamente, de outro cara que saiu do banco e mais, com passe de outro que saiu do banco, Willians (entrou no lugar do Juan). Nova sincronicidade: mais um gol que contou com dois jogadores que vieram do banco.

Mas é impossível falar dessa vitória sem hiper valorizar a atuação magistral do goleiro Douglas.
Todo mundo sabe que o 'se' não joga, mas todo Avaiano sabe que 'se' Douglas não estivesse no gol no jogo de hoje, nos sofreríamos uma derrota em Porto Alegre. Goleiro que sabe se colocar, sabe sair do gol e hoje ainda soube antever como seria a batida do pênalti de Edílson.

O Grêmio teve uma média de 70% de posse de bola. Atacou o Avaí o tempo todo, mas quando a nossa boa defesa era envolvida, o ataque gremista não conseguiu nunca vencer o nosso arqueiro, nosso paredão, nosso guardião.

O Avaí de Claudinei entrou com uma proposta de jogo: empatar. Essa proposta estava dando certo porque Douglas estava em campo e essa proposta foi além do que Claudinei desejava porque Simião, devido a lesão de Luan, entrou e marcou o primeiro gol e Júnior Dutra também, pra definir a vitória a nosso favor.
Valeu a raça, a luta e a bravura dos jogadores; a excelência do arqueiro e os pés calibrados de Simião e Dutra.
Quinta feira é com a gente, 'camisas 12': Todos pra Ressacada! 

Nenhum comentário: