terça-feira, 29 de novembro de 2016

Somos todos 'Condás'



O arco se faz curvo para lançar sua flecha.
Essa flecha que se projetou velozmente primeiro em Santa Catarina e depois no Brasil, foi se elevando mais e se deixou ver pela América do Sul e hoje, o mundo conheceu a força do movimento de um Clube que tem no seu arco as mãos de toda uma cidade que soube abraçar o sonho do Índio: 
Fez novamente do Brasil o seu território. E fez mais, fez o mundo ter uma só bandeira, um só escudo, um só Clube e todos 'Condás'.
O  arco do índio Condá curvou curvando o mundo ao lançar sua flecha ao ritmo de sua alma, e fez os colonizadores ouviram o brado em pranto dos colonizados: 
"Quebrei a lança, lancei no espaço
Um grito, um desabafo
E o que me importa é não estar vencido
Minha vida, meus mortos, meus caminhos tortos,
Meu sangue latino, minha alma cativa." 
(trecho da música Sangue Latino de João Ricardo)


Um comentário:

Swonkie disse...

Olá :) Enviamos um convite para o teu email. Caso não tenhas lá recebido poderás aceder à nossa plataforma em https://swonkie.com
Contamos contigo? :)