segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Emoção na gangorra: Que delírio!



Ser Torcedor é viver uma gangorra de emoções.
No ritmo do brinquedo, se vai pra cima e pra baixo em segundos e sempre e sempre.
Dela nunca se sai.
A emoção é real, mas o controle do movimento é pura ficção.
Lhe escapa a ação:
Acha que chuta, cabeceia, defende, ataca, cobra pênalti e escanteio, faz e defende o gol.
Em sendo assim, caríssimo torcedor, o jogo de sábado tem requintes de crueldade.
Ele, por motivos que todos conhecemos, se prolongou para além da Ressacada e será jogado em dois outros estádios sucessivamente;
Criou-se em nosso universo uma fileira de gangorras onde é necessário sentar em todas. 
Desde a ilha que se estende, paradoxalmente, até as terras do além mar.
Vamos 'jogar' aqui e acolá;
Torcer aqui e acolá.
O importante tanto aqui como lá?
É que a EMOÇÃO é verdadeira.
Que delírio!

Um comentário:

Giliardi Teixeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.