sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Virada com urro de Leão

Quero primeiro engrandecer a nossa vitória.
Quero registrar o comprometimento do nosso time com o jogo, com a vontade de mostrar que tem sim, mais time que o América de Natal.
O segundo tempo que mostrou que Maria vê o jogo; que Marquinhos é craque mesmo; que temos dois bons laterais esquerdos e que Diego, mesmo escorregando e cometendo uma 'falha' no segundo gol americano, é um bom goleiro.
Dois gols do galego e um gol do 'Emerson' Maia (que volte a nossa camisa 4 artilheira, amém)

Mas preciso dizer também que Alê nos complicou muito novamente. Infantil e atabalhoado, sem qualidade no passe não deve mais ser opção ao Maria;
Jardel não viu a bola e isso ajudou a complicar ainda mais o nosso primeiro tempo.
(cá entre nós, não sei o que Jardel comeu em Natal, mas sei o que Alê anda comendo todos os dias... Arg!)

As mudanças corretas do técnico avaiano, tirando Alê e Jardel; a raça avaiana e a qualidade superior do nosso time nos permitiu a virada e isso deixa, definitivamente, o Avaí brigando pelo G4.
Que gramado ruim!
Que vitória boa!

Essa virada tem o nosso DNA. A raça avaiana.
2 x 3

Um comentário:

Carlos Eduardo Ludvig disse...

Como bem falou o Marquinhos, não podemos jogar tão mal como no primeiro tempo, fosse o América um time qualificado....
Outra, se o Maria quiser jogar com M10 e CS88 juntos ou separados, tem que botar alguém de velocidade e movimentação na frente (mais uma vez provado no jogo de hoje), não o pedreiro Beto (pedreiro sim, pois só faz parede). Precisamos melhorar, mas estamos no caminho!!!