terça-feira, 2 de agosto de 2016

Brasil (de Pelotas): em 19 minutos amansou o Leão



Primeiro tempo:
Cinco minutos: Gol do Brasil (de Pelotas) falha do do zagueiro André Santos.
Seis minutos: Rômulo deixa William na cara do gol. Ele não faz.
17 minutos: Segundo Gol do Brasil (de Pelotas)  falha do volante Judson que não impediu a jogada e depois falha da defesa Avaiana que foi totalmente envolvida.
19 minutos: Terceiro Gol do Brasil (de Pelotas) Cobrança de escanteio, André Santos errou em bola e não cortou o cruzamento.
28 minutos: Pênalti em Rafinha. William cobrou, Eduardo Martini defendeu.
44 minutos: Rômulo fica na cara do gol, mas não marca.

Segundo tempo:
Silas volta com o mesmo time.
O Avaí não consegue nenhuma chance de gol.
19 minutos: Rafinha sai por lesão, entra Romarinho.
20 minutos: Silas substitui William, entra Tatá.
28 minutos: Silas tira D.Jardel e coloca Menezes, volante da base.
Nada mudou. O Avaí não deu um chute a gol durante todo o segundo tempo.
O Brasil jogou o segundo tempo sem ser ameaçado e segurou tranquilamente o resultado.

Capa na defesa é uma avenida; Alemão não sabe atacar; só temos um zagueiro e ele está para ser emprestado/vendido; nosso centro avante está acima do peso; não temos criação na meia cancha e Judson, que eu queria no lugar do Luan, no jogo de hoje só fez tomar o terceiro amarelo. Gabriel também tomou o terceiro.
Silas até hoje não conseguiu fazer o Avaí jogar, não mostrou nada esse ano, não está sabendo fazer esse elenco (limitado) render razoavelmente, e insiste com William em campo. William está sem condições físicas para jogar futebol. 
Nosso time também erra muito.

O Avaí se despede do primeiro turno sem conquistar nenhuma vitória fora de casa e
volta a campo no dia 20 de agosto para iniciar o returno em casa contra o Bahia.
Os jogadores estão de folga até a próxima segunda-feira.
Tá tudo, 'serto'!
A luta pela permanência continua em agosto. O Avaí precisa jogar muito mais do que vem jogando. Silas não está conseguindo fazer o time dele jogar.




2 comentários:

Franco Souza disse...

Entendo que todo o contexto avaiano é de dificuldades, dentro e fora do campo, mas dava para montar um time menos ruim. Na minha opinião, este é o pior elenco desde que o campeonato brasileiro passou a ser disputado em séries.

ney.lf disse...

A falta de dinheiro não pode ser alegada para não se qualificar o time quando se tem um elenco com quase 40 cabeças de bagres.
Troca quantidade por qualidade que a coisas certamente seriam diferentes mas, quantidade interessa a alguns, se é que me entendem...

Ney Lúcio Félix