sábado, 25 de junho de 2016

'Esquema tático' do Silas: empatar ou perder




Na sua luta pela permanência na série B, o Avaí 'conquistou' mais um empate diante do grande Tupi de Juiz de Fora que está entre os quatro... os 4 da zona que todos sabemos quem é o porteiro.
Nos resta agradecer ao Rômulo por balançar a rede novamente nos garantindo mais um empate juntamente com o São Renan, que defendeu uma bola que iria parar dentro de nosso gol no último minuto do segundo tempo. 
Lance do jogo: O gol que o William perdeu é coisa de outro planeta e com certeza, alguma planeta que não é redondo pertencente a alguma galáxia desconhecida. Indescritível!

Silas escalou mal o time, arrumou no segundo tempo o seu erro ao trocar Braga e Célio Santos por Caio César e Capa respectivamente. O Avaí começou a tocar melhor a bola no ataque,  mas quando teve que substituir Jajá, a pedido do jogador, colocou Alemão recuou o time e abriu mão de lutar pela vitória. Pelo não futebol que vem jogando, nos parece que o Avaí quer nos acostumar com essa falta de resultado positivo, com essa falta de qualidade em campo. Não vão conseguir!
Quem ficou feliz mesmo com o empate foi o Silas.
(Por que será que o cara que mudou o último jogo, o volante Menezes, não viajou? Por que? Silas levou Toshi, Tatá, 'Coelho-cruzamento com tartaruga' e não relacionou o cara que mostrou nas quatros linhas que entende do riscado e mais, com um banco lotado de 'atacantes' deixou William no jogo até o final, por que?)

 (Foto: Felipe Couri/tupifc.esp.br)



Nenhum comentário: