domingo, 3 de fevereiro de 2013

Balaio de gato não deixa o Leão jogar



O jogo Guarani x Avaí foi cancelado minutos antes do jogo.
Já passava das 12 horas quando o Guarani recebeu intimação do Ministério Público interditando o Renato Silveira (credo, tiveram a semana toda para notificar o Clube e dar tempo para que o mesmo pudesse se manifestar e/ou resolver os problemas que a juíza elencou no despacho).
'Parabéns' a todos os envolvidos.
Com certeza o prejudicado foi o nosso Clube
Quem vai pagar os prejuízos do Avaí?
Qual a nova data para esse jogo?

A torcida comprou ingresso e se deslocou até Palhoça.
Ficou no lado de fora esperando abertura dos portões.
Quinze minutos antes do início do jogo, a confirmação de que a partida estava cancelada.
Não  dá pra dizer quem errou mais.
Mas que a nossa Federação brinca com a gente, isso nós já sabemos a muito tempo.
Só não sabia que o Ministério Público também.
O país o futebol, o país do futebol, é tudo um balaio de gato.

3 comentários:

André Rodrigues disse...

Vamos ser justos desta vez, a culpa foi do Ministério Público e da juíza, o procurador por fazer um pedido baseado em duas mentiras e a juíza pela total falta de bom senso, pura sem noção, que parece não saber para que serve o direito... esta vai ficar no currículo dela... deveria ter teste de bom sendo para concurso de juiz...

Anônimo disse...

Por favor, antes de qquer comentário a respeito, se não tem o mínimo conhecimento jurídico, que procure se informar e/ou consultar alguém que o detém, pra não sair tanta besteira.
Isso serve tanto pro post, quanto pro comentário do colega André Rodrigues.
Em tempo: o blog é excelente! "Vamo" Avaí!

Kk De Paula disse...

Valeu, não tenho mesmo nenhum conhecimento jurídico. Mas deixar torcedores do lado de fora porque tudo foi feito no dia do jogo, é inaceitável.
Obrigada pelo elogio, isso me incentiva.
Abraços,