sexta-feira, 27 de julho de 2018

Avaí deixa de vencer mais uma em casa

Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Avaí fez um bom primeiro tempo, mas não marcou.
Com mais qualidade na meia cancha com Moritz em campo, sempre que a bola passou por ele o Avaí conseguia criar jogadas para o ataque. Rodrigão, presente e participando das jogadas, infeliz perdeu as chances para marcar.
Guga era a outra única opção de saída para o ataque. Capa não apareceu bem nem na frente, nem na defesa.
Renato fechando muito pelo meio, caindo muito e sem vontade, não repediu suas partidas anteriores.
Romulo, pra azar dele, joga na ala do Capa. Um jogador que se levantasse a cabeça e pensasse um pouco...
No segundo tempo Geninho mexeu, e mexeu mal. Tirou Moritz (não deveria ter saído) e ao invés de colocar Marquinhos para continuar com qualidade na meia, optou por Getúlio. Tirou Rodrigão e colocou Beltrán. Quem deveria sair do jogo era Renato. Moritz, se não pediu pra sair deveria ter continuado na partida e Rodrigão também. Bagunçou tudo!
Não sei como o Guga aguentou o segundo tempo. O Avaí busca sempre ele e nesse jogo Renato disperso, não encostou no melhor jogador do Avaí que sem ninguém para tabelar, teve que cruzar todas para área. 
Beltrán teve uma chance, mas também não marcou.
Faltando 5 minutos para terminar o jogo e com a torcida chamando o nome do Marquinhos, Geninho colocou o nosso camisa 10. Pra jogar 9 minutos somando os acréscimos? Num jogo com muitas bolas paradas a nosso favor.
Judson conseguiu ser expulso nos acréscimos do jogo. 
Mais um partida sem vencer em casa diante de um time que não nos ameaçou.
"Tão de sacanagem!"

Nenhum comentário: