sexta-feira, 31 de julho de 2009

Caio já está emplacado

Muito bom o sabor da vitória, pena que vamos ter que degustar rapidamente esse "prato", domingo já teremos pela frente o Corinthians. Vai ser um bom jogo, podem apostar. Silas na entrevista pós jogo já nos deixou antever que Marcus Winicíus, Fernando Bob e Caio entram no lugar dos ausentes por suspensão. Gosto do Caio e não digo isso pelo gol de ontem, gosto da movimentação desse jogador, da velocidade que ele impõem ao time, da vontade de jogar que é sempre muito visível na postura desse homem em campo. No jogo final contra a Chapecoense fiquei encantada com a atuação desse jogador, domingo em São Paulo ele tem tudo pra arrebentar, porque o que faltava para esse talentoso jogador não falta mais, um gol de placa. Agora que esse possante 'motor' avaiano já está 'emplacado' no coração de todos nós, pode circular livremente pelo Brasil, mostrando todo o seu futebol.
Nosso técnico sempre enfatiza "a importância do grupo" e essa psicologia se fará notar no jogo de domingo contra o Coringão, Silas é teimoso mas também muito esperto.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Em noite fria, chocolate quente

Comemorar, é isso que se faz quando se ganha um jogo de 4 x 0 de um time tão capacitado e que vinha bem no campeonato, comemorar colorindo ainda mais de azul a nossa linda ilha, amanhã é dia de desfilar novamente pelas ruas de todas as cidades, onde há avaianos, vestindo a camisa do Leão, estampando no rosto o famoso sorriso goleada.
Ferdinando realmente se firmou na time, Muriquí continua dando um show dentro de campo, Emerson hoje jogou muito bem, o time todo mostrou novamente que pode disputar com bravura e beleza, esse difícil campeonato, e o gol do Caio? Coloca uma placa né!!
Comemorar! Vamos deixar para o Silas toda a preocupação de resolver o que fazer com a falta do Ferdinando, do Léo Gago e do Muriquí para o jogo contra o Corinthians no próximo domingo.
Como a noite de hoje está muito fria, servimos para os baianos um chocolate quente, somos assim, não queremos ninguém "encarangado" na nossa casa.

A ordem é Vitória, vencer, vencer

Claro que esse dia lindo de sol deixa a nossa Ilha com a cor que todos nós amamos, azul.
Dia azul e noite azul ao menos no sul da ilha, esse azul que sempre transcende as condições climáticas tem nome e tom: Azul avaiano. Essa massa uniforme que estará hoje na Ressacada torcendo e vibrando em mais um jogo do brasileirão.
Vamos jogar daqui a pouco contra um bom time, veloz pelas laterais e incisivo no ataque, sendo assim, nossos "guerreiros" precisam munir-se de todas as "armas" técnicas, táticas e de força, muita força para segurar a artilharia adversária. Nosso homens de frente também devem estar dando dor de cabeça para os adversários, é batalha que será vencida no detalhe e na concentração. A nosso favor é que no front teremos milhares de vozes a empurrar nossos "guerreiros" sobre o inimigo, vamos defender e atacar com a nossa esquadra azurra e tornar a Ressacada um lugar onde só quem possa respirar sejam os nossos, vamos sufocar o adversário para que ao final da peleja a bandeira asteada a frente do nosso "forte", esteja tremulando ainda mais alto no mastro da classificação, "pois a ordem é Vitória, vencer, vencer!"

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Nosso Clube está bem planejado

Na reunião do Conselho Deliberativo de hoje, esteve presente o nosso Coordenador Técnico Moisés Candido, sempre muito centrado, nos disse que o Avaí busca reforços mas não adiantou nomes, apenas disse que serão jogadores que vem para multiplicar, não para somar. Sendo assim, podemos deduzir que os jogadores que o Avaí está mapeando são nomes que vem para jogar como titular. Enfatizou novamente o planejamento da direção para os próximos anos e nos deu a certeza de que o Clube está no caminho certo. Pediu total atenção para as categorias de base e que cada avaiano seja um olheiro do Clube, nossa região é pródiga em valores e a melhor maneira de um Clube como o nosso crescer, é revelar jogadores da base.
O planejamento desse ano está voltado para a nossa permanência na serie A, pés no chão e muito trabalho, assim vamos caminhando em terra firme, e fazendo nossa imagem ser respeitada em todo o Brasil. Mas o planejamento não para por aí, o Clube já tem todo o planejamento para o ano que vem, o cara é fera e tem também uma visão a longo prazo muito positiva para o nosso Avaí.

Conselho Deliberativo

Hoje estarei indo para a Ressacada participar da reunião do Conselho Deliberativo, em breve teremos eleições e pretendo me candidatar novamente para poder continuar participando de perto, trarei noticias depois da reunião para os sócios, que podem votar.
Participar do Conselho é uma aula, um aprendizado sobre como funciona o Clube e nos permite descobrir como é difícil administrá-lo, principalmente quando não se faz parte dos "grandes" e não se está na série A, tudo muito dificil, arrecadações mínimas, patrocínio baixo e um elenco para ser mantido e que deve vencer. Esse ano passamos a ter outra realidade, mas não pensem que as coisas ficaram fáceis, um Clube de Futebol gasta muito, tem muitas despesas e claro, a folha da Série A é sempre maior que a folha da Série B. Sendo assim, sempre é bom ter no comando pessoas idôneas e corretas, administradores de mãos limpas e estar no Conselho me permite ver de perto e conhecer bem os que dirigem o Clube, podem apostar que essa atual diretoria é de primeira e podem apostar que se tudo der certo, vou continuar Conselheira mas acima de tudo, sempre Avaiana.

terça-feira, 28 de julho de 2009

A nossa Banda


Por aqui desejamos continuar no balanço do nosso Elton, no ritmo da nossa "banda" sob a batuta do maestro Silas, com o vocal do nosso Marquinhos, o trio de becks vocais dando o tom (Rafael, Augusto e Emerson) e ouvindo o afinado coro azul da ressacada, porque pelo Brasil a dança e o ritmo são outros, os técnicos continuam caindo como pedras de dominó enfileiradas; o ritmo da venda de jogadores é acelerado e descompassado, deixando muita "banda" desfalcadas, são os clones dos Beatles, seus componentes estão separados, já o nosso Avaí está mais para os Rolling Stones, vem junto por essas estradas tocando um rock no climax, no limite máximo de cada componente, subindo na colocação da Billboard e se firmando como um "banda" capaz de emplacar muito sucesso, é só manter a pegada, a concentração, o ritmo e a disciplina tática, atrás vem um coro de azuis que não se cala nunca.
Quinta na Ressacada, vamos cantar com a nossa "banda" e subir na parada de sucessos.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

A Saga do Oeste - ano 2009 d.C

Esse video foi totalmente inspirado no post "Ódio que vem do Oeste", publicado por Rogério Cavallazzi no Blog Elite Azul e Branca.


video

Gaúchos e paranaenses: o vizinho agora é outro

Trailer do filme "O Vizinho", a cor mudou!
video

Fala Marquinhos

Marquinhos aponta mudança de esquema como trunfo do Avaí
(Gazeta Esportiva)

"No 4-4-2, acontecia até de jogarmos melhor que o adversário, mas não conseguíamos a vitória. Futebol é resultado e não adianta ficar querendo dar espetáculo. O Silas colocou o time no 3-5-2 e todo mundo está marcando, o que é importante e está dando resultado", analisou.
Nos últimos
jogos, o técnico formou o trio de zaga do time catarinense com Rafael, Augusto e Emerson. Por isso, Marquinhos acredita que a equipe se equilibrou.
"Muita gente ainda não conhece o Avaí e temos de aproveitar para somar pontos. Nós tivemos muita dificuldade para colocar o clube na primeira divisão e, agora, mostramos vontade de manter o time aqui. Estamos trabalhando para que não haja perigo de o Avaí cair. Aos poucos, vamos mostrando nossa força para almejar novos objetivos", finalizou.
É isso mesmo, "continuar trabalhando", porque daqui pra frente os times da Série A vão com certeza nos estudar para nos conhecer melhor, cabe a nós muita aplicação e atenção, no banco está nosso "maestro", que com certeza vai mover sua batuta de acordo com o adversário, o ritmo não pode cair é sempre no limite máximo dos nossos "músicos".

Prepara-te para cantar no coro azul

Mais um dia para mudarmos a cor desse inverno, dia de vestir a camisa do Avaí e desfilar nas ruas de Floripa, sorriso no rosto, passo firme e elegante, afinal estamos representando a Elite do futebol Brasileiro e claro, algumas paradinhas para aquele bate papo sobre futebol.
A segunda é cinza e fria, mas somos da primeira e nada como um colorido azul e branco para combinar com as nossas praias e o nosso céu ilhéu.
Essa semana é de concentração para quinta feira, uma batalha em nossas terras e como tal, vamos nos apresentar cedo e fardados na Ressacada, nosso inexpulgnável Q.G.
Claro que tô isibida, mas não sou "atolesmada" não, sei que a concentração deve ser sempre a mesma em todos os jogos, sei que ainda precisamos de mais "guerreiros" em nosso exército, mas sei também que encontramos a tática correta para a "guerra" desse ano e sinto novamente a raça vibrante de todos os homens que vestem a nossa camisa, por isso estamos vencendo.
Avaianos, nossa pele deve estar vestida de azul nesse início de semana pois na quinta a alma avaiana deve elevar nosso time para que ele jogue no seu limite máximo.
Pele azul, azul que será transportado por todo o nosso sangue, ritmando nosso coração e unificando nossa voz, um coro que começará no sul da ilha e se estenderá por todo o Brasil, quinta feira, não falte!

Sir William


Sir William o Cavaleiro da Redonda, a bola que "morre" na rede, o matador trobador de Excalibur, essa ilha magica que atualmente tem o nome de Florianópolis, Floripa a terra do Avaí. Sir William, aquele que não desiste nunca, o atacante fiel a seus escudeiros, fez a rede balançar duas vezes em terras vizinhas e nos permitiu mais uma vitória, no domingo após consagradora batalha de sábado, sentamos em nossas távolas redondas e comemoramos com almoços felizes a espada retirada da pedra, o cavaleiro de todos nós, somos todos o Rei Artur e confiamos nesse guerreiro moderno que vence batalhas atuais, essas que travamos em campos de todo o Brasil.

Sir William, nosso cavaleiro de nome inglês, mas com jeito e cara de manezinho, a torcida avaiana agradece a tua paixão e o teu comprometimento com as nossas cores.

domingo, 26 de julho de 2009

Os Elton's




Sou fã do Elton John, sua música chega de mansinho e de compasso em compasso torna-se uma balada robusta, envolvente e irresistível. O Elton avaiano vem me conquistando pela mesma qualidade do Elton inglês, entrou e está tocando o "piano" da lateral esquerda num compasso ritmado, constante em indas e vindas no tom correto, ataca com seu som sem desguarnecer a defesa, um vai e vem de cifras que em nada destoam dos outros componentes da sua "banda" mas sim reforçam todo o embalo do grupo.

Ontem no "concerto" na capital paranaense, essa "banda" ritmada pela batuta de seu maestro, tocou em ritmo forte, embalando seus fãs que viajaram somente para assistir o show em azul e branco sobre o verde gramado da Arena da Baixada.

Nesse embalo, quinta feira o "grupo" se apresenta novamente no Estádio da Ressacada, sua cidade natal, quem quiser assitir, dirija-se ao sul da Ilha de Santa Catarina, vista sua camisa azul e branca e embale-se com o embalo do Elton e seu banda.

sábado, 25 de julho de 2009

Vitória e torcida impecáveis


Mais uma boa apresentação do nosso time e como eu estava com uma torcida especial para que o William marcasse gol, estou muito feliz porque o nosso centroavante marcou dois, isso com certeza é muito importante para esse incansável guerreiro trombador.

Nossa torcida deu um show na fria Curitiba, colorindo de azul e branco um anoitecer chuvoso, sendo assim, a noite que era cinza, transformou-se em azul celeste com três gols do time que fez por merecer a vitória pois jogou para ganhar. Soube marcar bem, atacar com qualidade e explorar a ansiedade do time paranaense.

Depois de uma linda festa de aniversário em Blu, consegui chegar em Floripa a tempo de assistir esse jogo que carimba a nossa chegada na série A, agora com certeza vão nos olhar com outros olhos, isso é bom, mas vai fazer os caras nos estudarem mais, então é continuar jogando no limite máximo, temos qualidades sim, claro que ainda precisamos qualificar, a competição é longa mas novamente mostramos nossas garras, tem sim um Leão no Brasileirão e esse é o Avaí.

Grande vitória do nosso time. Maravilhosa torcida a nossa que aqueceu essa vizinha cidade sempre tão gelada.

Esperando pelo jogo

Estou em Blumenau para o aniversário de uma grande amiga, mas com certeza ligada no jogo de hoje contra o Atlético Paranaense, minhas expectativas são positivas, acredito que nosso time está preparado para disputar mais um grande jogo, embalado por vitórias, com a formação tática correta e bem escalado pelo Silas, aprendemos a joga a série A; com um elenco que necessita de muito pouco para estar totalmente pronto para toda essa sequência de jogos que ainda estão por vir, penso que contra os paranaenses podemos conquistar mais um bom resultado. Com certeza muitos dos nossos torcedores estarão no estádio hoje, colorindo de azul e branco a fria Curitiba, aquecendo com seus cantos a alma e o coração dos nosso jogadores.
Pretendo sim, ouvir o urro do Leão aqui em Blumenau e continuar festejando com os amigos além da festa da Miroca, se der tudo certo, a festa de sexta vai ter uma continuação na cor mais linda do mundo, a nossa, o nosso Azul, nesse sábado gelado vamos esquentar o brasileirão.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Tem telefone clonado na impressa

Espero que para o jogo de amanhã não tenha nenhum jogador gripado, porque se tiver vão ligar para o Vergílio Elísio e perguntar insistentemente no ar se não há perigo do jogador avaiano contaminar todos com a gripe suina. Que imprensa marron é essa, cada dia que passa os caras se superam, ficar vários minutos no ar cercando o Dr.Elísio com relação a conjuntivite do Marquinho é mesmo merecedor de um prêmio jornalístico, é matéria para o Fantástico: "Jogador atua com perigosa enfermidade: conjuntivite." Imagina se o Dr. Funchal diz que um jogador avaiano vai jogar gripado, credo vão ligar até para o Ministro da Saúde.
Suina lembra porco, quanto porcaria!
Mais uma dessas quem vai pegar o telefone sou, vou ligar para a Polícia Federal e dar queixa que na ilha tem telefone de imprensa clonado, eles só tem que descobrir se é com algum número do bairro estreito ou se é com o vizinho de baixo, DDD 051.

A batalha contra os vizinhos de cima

Agora vamos nos preparar para enfrentar os vizinhos de cima, será que esses também acham que aqui só tem surf ? Acredito que não, mas se for o caso, nada como um distração, um buraco na barreira pra gente lançar um novo míssel, não teremos o soldado Ferdinando mas Léo Gago sabe manejar essa arma letal tão bem quanto seu companheiro. Agora ainda podemos contar com um novo front, o sempre rápido e eficiente Muriquí, o trombador da grande área William e claro, nosso arma mais rápida, o endiabrado e veloz Roberto que é lançado contra as linha inimigas no momento crucial da batalha. A retaguarda azurra está sempre bem postada e pelas laterais Eltinho vem apresentando novas armas a cada subida para o ataque. Nosso General loiro voltou a desenhar estratégias que colocam os nosso soldados na cara do gol então, sábado é dia de mais uma batalha, de mais uma vez nosso Comandante escolher a estratégia correta para derrotar o inimigo que tenta avançar próximo de nossas terras.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Esfolamos, destrinchamos

Nós vencemos! O Urro foi ouvido em toda a ilha, a terra tremeu, o mar se agitou, as gargantas avaianas enrouqueceram, os gaúchos calaram, a Ressacada balançou e o céu se abriu em azul e branco, a noite se foi! Nós vencemos com um guerreiro a menos, nós vencemos com um torpedo certeiro de um soltado que encontrou seu espaço, nós vencemos na raça e com garra, esfolamos, destrinchamos, mordemos e lentamente, por noventa minutos, saboreamos a caça que o Leão deitou aos nossos pés, agora lambemos nossos lábios e como sobremesa temos o amanhã, vamos servi-lá vestindo a nossa camisa e mostrando nossos dentes num sorriso vencedor.

Lá vou eu

Estou indo para a Ressacada, no peito levo a força da torcida avaiana, a crença em uma vitória e a certeza de que nosso time saberá honrar a nossa camisa. A paixão me move nervosamente mas a alma azul me permite caminhar com segurança e orgulho, estou tomando o caminho que me leva a Ressacada, vou torcer ao lado de todos vocês, vou juntar minha voz a de vocês e vou estar em campo junto com os nossos guerreiros, na volta "conversamos".
Beijos azuis !

Hoje é dia de Ressacada

Hoje vamos para mais uma "luta" dessa longa "guerra" que é o campeonato brasileiro, hoje a ressacada vai ser pequena pois a torcida avaiana com certeza, vai lotar o estádio. Hoje é jogo para corações fortes, jogo que precisa de "pegada" nas quatro linhas, hoje é dia para os jogadores se multiplicarem, usem nossos corações ele estão com vocês.

Nunca vai ser fácil para nenhum time enfrentar o Grêmio e sua torcida apaixonada, diferenciada, mas nós avaianos somos amantes fiéis e vamos empurrar o Leão pra cima dos vizinhos gaúchos, alguns não tão vizinhos pois já são moradores da ilha, portanto, tem filhos manezinhos e podem apostar que muitos desses filhos já são torcedores avaianos. Vamos cantar, brincar, torcer e mais uma vez receber com educação a torcida do time adversário, sim o único adversário do Avaí é o time do Grêmio, não a sua torcida. Olhos, coração e alma no jogo, vamos buscar mais uma vitória e mostrar para todo o Brasil que viemos para ficar.

Vai pra cima deles, Leão! Imagem Blog do Torcedor

terça-feira, 21 de julho de 2009

Aos gremistas

Volto a escrever sobre o demente post do "jornalista" Castiel ontem no seu blog. Dei uma olhada na Comunidade do Grêmio no Orkut e fiquei assustada com a repercussão desse post. Os gremistas estão achando que esse senhor surtado é torcedor avaiano.

Gremistas, esse cara é tão gaúcho quanto vocês e torce pelo colorado, só escreve merda e teve a intenção tão somente de criar inimizade entre as duas torcidas, não mordam essa isca. Nós avaianos não vamos nos deixar fisgar por um anzol que tem como isca cocô. Nos jogos já realizados na nossa Ressacada, sempre soubemos receber com educação as torcidas adversárias e não vai ser diferente nessa quarta feira, saberemos respeitar a camisa do Grêmio, assim como já pedimos diversas vezes que esse "jornalista" respeite a nossa, ainda não fomos atendidos. Já enviei um e-mail para a Editoria de Esporte da RBS de Santa Catarina, onde peço a demissão desse profissional sem ética e sem juízo.

O jogo deve ser no campo e tudo que está fora dele, é somente torcedores apaixonados que na ressacada sempre souberam respeitar o escore alí dentro alcançado. Vamos cantar nossos cantos, nossos hinos, assim calaremos a voz demente desse "jornalista" inconsequente e sem escrúpulos.

A nossa história tem lugar

Ontem não pude ir a inauguração do espaço que conta a história dos nossos 85 anos, o nome escolhido não poderia ter sido outro Adolfinho, o nosso craque goleiro. Muito já escrevi sobre a importância de se contar todos os dias a história do Clube, da importância de isibir e reverênciar as pessoas que nos trouxeram até aqui, ao ano de 2009.

No mundo dos vivos só o homem tem história e faz história. Se voltarmos 50 anos atrás veremos que nosso mundo era outro; se fosse possível viajar no tempo e ver o homem daqui a 100 anos, ele também será outro assim como o mundo em que vive. Por isso a importância de se passar a diante a história que muitos avaianos "escreveram" com suas jogadas, ações e dedicação ao Avaí Fubebol Clube, eles nos qualificaram como o maior Clube de SC.

Quem conhece a sua história sabe valorizar cada conquista, cada dia desses 85 anos que está exposto nesse espaço dentro de um espaço maior de pura história, o Memorial Adolfinho mora dentro da Ressacada e como tal, ele e a Ressacada são nossos, são a nossa história em azul e branco. Obrigada, meu clube. Na noite de ontem tu te tornastes ainda maior. A nossa história agora tem lugar e logo, logo vai se tornar pequeno de tanto que ainda temos pra contar, "de encontro marcado com seus dias de glória!"
(A foto é do meu Pai, depois que escrevi esse post abri o meu e.mail e o Rafael Botelho tinha enviado pra mim, me arrepiei, não imaginei que o meu querido goleiro Jaime-Matagato, em 2009 se mudaria e moraria definitivamente dentro do Avaí)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Aos gargantas molhadas que vencem os secadores

video

Demite esse cara

Olhem só o que postou o Sr. Castiel em seu blog:

"Pensam que são argentinos. Coisa ridícula! É preciso fazer da Bombonera catarinense território avaiano somente. Aquela ridícula torcida gremista que acha que nasceu na Argentina e até canta em espanhol precisa ser abafada. Até porque seus cânticos são muito chatos. Já conhecidos como vuvuzelas tricolores, esta trupe é, disparada, o que tem de mais chato no futebol brasileiro.Quero uma vitória do Avaí não só dentro de campo. Mas fora dele."

Nesse post o cara se superou, um jornalista que chama uma torcida de "ridícula" deveria perder seu diploma; um jornalista que incita a violência entre torcidas deveria ser demitido e um jornalista que num post tão pequeno em tudo, consegue se contradizer pois diz, que a torcida do Grêmio é ridícula porque imita os argentinos mas chama a nossa Ressacada de "Bomboneira" como se fosse um elogio, deve ser internado, surtou!

O cara conseguiu desvirtuar tudo, leiam as manifestações do torcedores gremistas (estão nos comentários) desse post estúpido, os gaúchos estão achando que ele é torcedor do Avaí, um secador colorado que nunca nos fez bem.

Esse tal de "Futebol"

Diz a música "quem não gosta de samba bom sujeito não é, é ruim da cabeça ou doente do pé". Onde está a palavra "samba" poderiamos ter a palavra "futebol", sendo que precisariamos retirar o "doente do pé", porque pra gostar de futebol o cara não precisar ter um pé saudável, isso o apaixonado por esse esporte espera somente dos jogadores, pé bom.

Ontem foi comemorado o Dia do Futebol, esse jogo brasileiro onde todos são apenas e grandiosamente "torcedores". Um jogo colorido por cores de camisas oficiais ou mantos sagrados e pela linda diversidade de cores do nosso povo, esse fiel amante da bola na rede.

Um jogo onde em uma partida "se joga pra xuxu", em outras "se joga pra Burro" ou por "laranjas"; um jogo que dá nome a clássicos, como a compará-los as grandes sinfonias da música clássica; um jogo que em rápidos noventa minutos nos permite chorar, sorrir, esbravejar, cantar e comemorar. Noventa minutos de pura vida dentro das vidas, noventa minutos que podem se tranformar, como numa passe de mágica, em 10 ou 180 minutos, se estamos perdendo eles passam na velocidade estonteante de um janto, mas se estamos vencendo, eles se arrastam como uma tartaruga a percorrer o gramado. Futebol para o brasileiro é mais que um show, é ação de um Deus que nos mostra o quanto somos iguais, o Futebol é divino e por isso o louvamos com Hinos e Hino para os avaianos é um só: "Avaí, meu Avaí na Ilha és o Leão. Avaí meu Avaí tu já nasceste Campeão. Eu amo esse esporte! Imagem Avainet

domingo, 19 de julho de 2009

Clone 1 X 3 Leão

Foi na Toca do Leão que eu vi os Leões em campo, foi na ilha dos manezinhos que eu vi o retiro avaiano numa ilha distante. Jogando onde jogou e contra quem jogou, venceu o Leão azul e o nosso time mostrou que veio para ficar, mostrou que pode vencer fora, mostrou que o novo "velho" Silas amadureceu sim e nos fez retomar a posição de vitoriosos. Ver o jogo pertinho da Ressacada, com os amigos blogueiros vibrando e torcendo ao meu lado foi a melhor coisa que fiz nesse final de semana, cervejinha gelada e um churrasco de primeira, feito por mãos que trabalham pelo nosso time, o queridíssimo Pereirinha, tudo perfeito!

Jogamos bem, o Silas novamente mudou na hora certa e outra vez, o Roberto carimbou seu passaporte para ser o goleador que tanto pedimos em campo. Caio deu novo ritmo ao meio de campo e a zaga mesmo errando no gol do Sport, soube se recompor e Luiz Ricardo jogando como ala fez seu primeiro golJogamos pra vencer e vencemos, e quando estivemos atrás no placar, o "imponderável" agiu rapidamente e numa bola cruzada na área, tivemos nosso gol "sobrenatural de almeida", dai pra frente, só deu Avaí, só deu o verdadeiro Leão. O Leão que ignorou seus clones, que jogou pra vencer; não o Leão que ficou na beira do gramando buzinando no ouvido do bandeira, nem o Leão vermelho e preto, foi mesmo o Leão da Ilha formosa que voltou de Recife com uma vitória maíscula, uma vitória que com certeza, fará lotar a Ressacada na quarta contra o Grêmio.

Leão é um só e tem nome próprio, Avaí Futebol Clube; o resto é tudo clone. Foto by Jamira Furlani

O futebol pertence ao Torcedor

O que nos reserva o jogo de hoje? Essa expectativa que norteia todos os jogos de futebol, não importa quem jogue contra quem, é o "combustível" que alimenta nossa paixão. No futebol usamos a palavra "favorito"para expressar o time que deve vencer, mas essa qualidade fica só na gramática, quando os times entram em campo ela desaparece, como a nos avisar novamente: aqui nas quatro linhas, aqui nesse jogo o "favorito" fica no vestiário, não sobe as escadas. No futebol as quatro linhas pertencem ao impoderável de Nelson Rodrigues, que decide sim, todos os jogos. O imponderável atua dentro e fora de campo, ele decide quem vai poder jogar, que vento irá soprar, se o gramado estará seco ou molhado, que chute vai bater na trave, que goleiro vai falhar, que chute vai balançar a rede, se a rede não vai balançar naquele jogo, se a bola vai desviar, se o chute errado vai entrar e o chute certo mudará de direção.

O imponderável é irmão da expectativa, esses dois juntos fazem a paixão pelo futebol ser a maior e mais louca de todos os esportes, porque é aqui nesse jogo, que os dois entram juntos em campo, em mais nenhum outro, esse casal mora nas quatro linhas mas também passeia fora delas, por isso, a cada jogo nos torcedores nos preparamos para enfrentar tudo e todos e torcemos para que nossos jogadores também. A raça as vezes conquista esse "casal" e eles atuam a favor da camisa do time onde o suor escorre mais, muito mais.

Diante de tantos analistas esportivos, o jogo e tudo que o rodeia nos mostra que o futebol é mesmo um insensível brincalhão que machuca e acaricia a nossa alma apaixonada, o futebol pertence ao torcedor. Vamos torcer, hoje tem jogo!

sábado, 18 de julho de 2009

Vamos desbravar o Brasil

Domingo é dia de Muriquí, o nosso Leão feroz, o cara que desmonta defesas e descobre caminhos como um bandeirante enlouquecido, só é detido com falta o destemido bandeirante leão, Muriquí.
Ilha do Retiro? Que nada! Esse domingo terá as cores da Ilha de Santa Catarina, o rugido forte que vamos ouvir será o do nosso Leão, na pele azul dos guerreiros avaianos.

Já disse, abaixo a humildade, vamos pra cima deles, porque na Ilha quem manda somos nós, vamos jogar nosso jogo, lutar nossa luta, desfraldar nossa bandeira, seremos os bandeirantes vindos do sul, os desbravadores azuis desse lindo Brasil que quer, e precisar nos conhecer. Vai pra cima deles Leão, porque a ilha formosa e cheia de graça é a nossa casa e de ilha nós entendemos muito bem.

Abaixo a Humildade !

Claro que vamos sentir a falta do Marquinhos no jogo contra o Sport, ele é o nosso craque, ele tem o DNAzul como todos nós avaianos, o cara é diferenciado sim e temos que idolatrar o nosso ídolo, o Brasil de hoje tem craque gordinho, "velhinho" e estrangeiro, o nosso é nosso, é craque torcedor e como já disse Nelson Rodrigues: - Abaixo a humildade ! E o nosso craque Marquinhos Santos, nós permitiu arrancar do nosso peito a alma da derrota, hoje somos vencedores, somos o time que disputa o campeonato maior do Brasil e temos um craque sim, o craque avaiano que já decidiu e ainda vai decidir muitos jogos a nosso favor.
Vamos sentir falta dele, mas como ele já nos ensinou a deixar a humildade de lado, eu confio totalmente no jogador que estiver jogando em seu lugar, ele saberá vestir com orgulho a camisa avaiana e encarnar o espírito da raça de todos os craques avaianos. Confesso que gostaria que fosse o Caio, deixo novamente a humildade de lado e me intrometo na escalação, oras sou avaiana e estou disputando o Brasileirão, chega de ser pequena!
(a ilustração é do Gerson do Blog Avaixonados, eu robei e pronto e ainda adulterei)

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Como me tornei uma verdadeira Avaiana

Meu pai sempre foi aos jogos no Adolfo Konder, me levou poucas vezes, além de eu ser muito novinha ele era desses homens que filha mulher deve evitar alguns lugares, confesso que me frustrava, mas na época era o pensamento dele. Um pouco antes da inauguração da Ressacada meu pai chegou em casa com duas carteiras de sócios, um pra ele e outra pra mim. Nossa, com que alegria eu segurei aquela carteirinha que me permitia a partir daquele momento, ser uma verdadeira Avaiana.

No jogo de inauguração meu pai não pode ir, ele já estava um pouco doente então fui sozinha, arrumei uma carona com o vizinho e pela primeira vez na minha vida fui a um jogo do Avaí como sócia, como uma Avaiana de carteirinha. Depois desse jogo acredito que dá pra contar nos dedos os jogos que faltei. Paixão sem remédio pelo meu Clube, pela nossa torcida, pelo time de meu pai. Fomos alguns jogos juntos e em todos eles saiamos abraços da Ressacada, aprendi a ver os jogos com um goleiro ao meu lado, ponderado, respeitando seu time e seu adversário, um incentivador nato que nunca xingou os que vestiam a nossa camisa em campo.

Ser sócio do Avaí é se deixar apaixonar; é o sinal da fidelidade, essa pequena carteirinha é o símbolo maior da nossa história futebolística, com ela nas mãos podemos falar com o Clube e sobre o Clube, somos sócios e sendo sócios á história do Avaí está em nossas mãos. Faz o teste, segura na mão uma carteirinha de sócio do Avaí com o teu nome, a mudança é mágica, é transcendental, ela vai percorrer teu sangue, tua pele, tua alma e descobrirás no mesmo instante que o teu DNA é azul, é sim DNAzul.

Bob, o namorado da Barbie

"Quando o time vence, não há árbitro ruim, a imprensa não é estúpida, o jogo foi bom e os elogios são bem recebidos". (Coluna do Sr. Roberto Alves, ele diz que recebeu a frase de um torcedor)

Ora, ora, ora quanta estupidez em reproduzir essa frase, seja lá de quem for. Em vez de nos dar uma análise do jogo, essa frase "filosófica nós dá um versão desfigurada, porque mais importante e mais elucidativo do que o placar e a vitória , é o que ela nos deixa vislumbrar, é o que ela pode é deve fazer pelo nosso Clube na sequência do campeonato, essa análise a imprensa deveria fazer, ser capaz de detectar as mudanças táticas, a postura em campo, a movimentação individual de cada jogador, as substituições feitas durante a partida, a tática adversária e claro, o que ainda pode ser melhorado numa equipe que tenta se estrutar nesse dificil campeonato brasileiro, portanto quem reproduz uma frase dessa, quem faz questão de ocupar o espaço de uma coluna para disfarçadamente responder a uma colocação feita com coragem e sem subterfúgios pelo nosso presidente, é mesmo um profissional que faz parte de uma imprensa falida, ultrapassada e estúpida que "comanda" os meios de comunicação no nosso estado.

Críticas construtivas são bem vindas e o Dr. Zunino sempre teve uma postura corajosa e educada diante delas, nunca se valeu de personagens fictícios, de personas com máscara de torcedor para responder a severas críticas e ironias com que foi atingido durante esses anos na presidência do Avaí e fez mais, respondeu com trabalho, muito trabalho.

Presidente, manda desligar aquele elevador que serve o lado da imprensa ou então, que ele possa ser utilizado somente pelos sócios do Clube, esse merecem, os que vão pra lá somente encontrar defeitos que subam a pé as dependências do lindo estádio que o Senhor e toda diretoria estão concetrizando para todos os avaianos.

O Bob... vai dormir vinagre!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Memorial Azul e branco


No dia 20 de julho o nosso Avaí inaugura o Memorial dos Atletas, iniciativa que deve ser elogiada, porque a história de um Clube deve ser preservada e isibida sim, muitos que não estão mais entre nós, compuseram e tornaram possível ser quem somos hoje e os que ainda estão por aqui, nesse mundo azul, devem ser reconhecidos como nomes que merecem ser lembrados para sempre. São 85 anos de conquistas éticas, de crescimento patrimônial, de vitórias mágicas, de derrotas superadas e claro de avaianos que superam em número e fidelidade todas as torcidas de Santa Catarina. Sei que muitos trabalharam para tornar possível esse espaço, que será aberto para todos nós, mas cito a polivalente Jamira Furlani que trabalhou arduamente para a realização e a concretização desse Memorial Azul.

Vamos então reverenciar e preservar todos os atletas que vestiram com orgulho e raça essa camisa que tanto amamos, que eles souberam vestir suas peles suadas com as cores azul e branca durante os 85 anos desse Clube "que faz coisa", inspirador, apaixonante e sendo assim, habitado por loucos Avaixonados.

O novo velho Silas

Muitas vezes quando escolhemos um método de trabalho, uma didática ou mesmo um esquema e entramos de cabeça na realização de uma conquista profissional, esquecemos de respirar um pouco, parar e ver se o caminho que escolhemos é único, se não existe um outro mais seguro, ou mais curto, ou mais proveitoso e se não fizemos isso, se não tiramos um pouco a cabeça para fora do "redemoinho", acabamos nos tornando não eficientes mas sim teimosos. Ontem o trabalhador, o incansável "velho" Silas do Avaí fez isso, renovou a si mesmo quando mudou o Avaí, ontem Silas abriu um espaço para crescer ainda mais como um profissional. Que esse "velho" novo técnico avaiano nos faça crescer com ele, alicerçando estruturas firmes na Série A, o Avaí merece e Silas também.
E hoje avaianos? Que lindo dia de chuva hein! Um belo dia de pós vitória, hoje o azul da nossa alma torna impossível que esse dia seja cinza, hoje é um dia de chuva totalmente azul e meu DNAzul exige que eu sai vestida com as nossas cores.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O Leão voltou!

Silas hoje esteve perfeito, mudou na hora certa. Arbitragem sem nenhum erro. Zaga super bem postada. Eltinho bem na lateral. Marquinhos um leão que distribuiu e robou bolas juntamente com Léo Gago; Muriquí o mesmo de sempre, o melhor jogador do Avaí; William um trobador que segurou dois zagueiros goianos; Caio perfeito e Roberto o goleador que tanto pedimos.

Assim foi a nossa primeira vitória fora de casa, assim o vento voltou a sobrar a nosso favor, assim vimos novamente hoje os leões em campo, dividindo todas, fugando no cangote do adversário, assim esse nosso leão pode transformar seus adversários em "gatinhos". Vitória maíscula, com a nossa cara, com o nosso DNAzul, que estréia na rede com vitória.

Serra Dourada

Daqui a pouco começa o jogo no Serra Dourada, e tudo que peço é que o nosso time realmente tenha postura de uma imponente Serra, impondo-se além da paissagem e que a cor dourada, brilhe acima do nosso escudo azul e branco em sua estrela de time campeão.

Que o DNAzul seja encontrado na pele, no sangue e na alma dos jogadores que estarão defendendo as nossas cores, precisamos disso para vencer hoje.

Um muito obrigada e sobre o jogo de hoje

Primeiro quero agradecer a todos os blogueiros que estão divulgando esse meu novo espaço, esse espaço inteiramente azul, onde tento expressar meu sentimento de avaiana, onde todos os dias me dedico como carinho em postagens que tratam das coisas relacionadas ao Avaí. Espero sempre pela participação de todos, com críticas e sugestões e claro, elogios são bem vindos, afinal sou mulher e como tal, adoro ser paparicada. E agradecer a todos os que já estão como seguidores do Blog e aos leitores, por eles que sou apaixonada, eles me fizeram transcender e ir além de mim mesma, na pretenção de atender a todos.

Um agradecimento especial para o criador do Layout do DNAzul que tornou possível a realização desse novo espaço e que me deixou extremamente feliz, estou radiante como no dia em que ganhei a primeira bicicleta do meu pai.

Mas hoje nossas atenções se voltam para Goias, um jogo de pura expectativas: como vai se comportar o nosso time, como estará nossa "nova" zaga, quem estará jogando no meio, Roberto vai ser o nosso goleador? Estamos apreensivos, esse jogo pode nos dizer muita coisa, pode alavancar uma nova "era" nesse brasileiro, como pode sepultar algumas peças e aí com certeza, a mudança será essencial. Estou assim, mera expectadora sem perder a grande dose de torcedora, então é olho na telinha, vamos ver se o nosso Avaí faz coisa e que coisa fará em Góias.

Essa é pé quente

Enquanto isso... na fria cidade de Caxias do Sul, o time da minha querida amiga Nara, a gaúcha mais manezinha que eu conheço, vencia os Barbies por 2 x0. A Nara na ilha é torcedora do Avaí e sempre, sempre mesmo, que vai ao jogo comigo o Avaí vence. A terra natal dela é gelada mais os pezinhos da moça são quentes. Tanto que o ano passado ela esteve em todos os jogos do brasileiro e como vocês sabem, o Avaí não perdeu um jogo na Ressacada. Esse ano ela só foi no jogo contra o Fluminense, vencemos.

Eu sei, eu sei, tenho que levar a Nara em todos os jogos. Grande Nara, sempre com muita juventude e simpatia, valeu amiga, parabéns pela vitória do teu time e claro, te prepara porque no próximo jogo na ressacada te levo de qualquer jeito.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Sejam bem vindos à nova casa

Me apaixonei pela vida de blogueira, como uma adolescente que enrubesce diante da visão do seu primeiro amor, me sinto assim cada vez que abro o meu blog, como uma adolescente tremula de paixão. Ter vocês me lendo, como a despir a minha alma com seus olhos, é um convite para que eu permaneça jovem, é um afago diário em minha alto estima. Escrever pra vocês sobre o Avaí tem sido um aprendizado constante, nunca havia escrito para tantos, portanto, nesse dois anos sei que pisei na bola em alguns posts e que fiz gols em outros.

Hoje estou colocando na rede meu novo Blog, reformulado visualmente e com um novo nome, um nome que tem tudo a ver comigo, com meu pai, com o mestre Tullo Cavallazzi e com todos vocês, DNAzul. Assim sou eu, uma ruiva cinquentona com energia colorida por meu sangue azul, minha alma azul, minha pele azul, uma adolescente blogueira que se apaixonou perdidamente por todos vocês. Agora o Avaí pra mim não é só o meu Time, ele é cada um de vocês que estão na frente do computador lendo os meus escritos sem censura, sou uma escorpiana nata, uma fiel amante avaiana, sou uma de vocês, sou vocês.

Meu blog está aí, novinho em folha, a partir de hoje vamos juntos escrever com respeito e fidelidade sobre o incrível e polêmico mundo do futebol, vamos escrever sobre o Avaí Futebol Clube, o Clube que dá cor ao universo. Se você gostou do que viu, te convido clicar nesse quadradinho aí ao lado declarando pra todo mundo que você é meu avalista virtual, meu fiscal, enfim, um Seguidor do DNAzul. Será uma grande honra e uma responsabilidade prazeirosa.

Beijos azuis e um olhar para todos vocês.
Kátia de Paula - DNA totalmente Azul